Ad Code


Canal Brasil exibe programação especial neste fim de semana em comemoração ao 24º aniversário

Divulgação

O Canal Brasil comemora 24 anos no dia 18 de setembro e para celebrar a data, preparou uma programação especial para o dia, exibindo durante todo o domingo nove filmes brasileiros de sucesso, todos coproduzidos pelo canal. Além disso, o Cinejornal traz entrevistas inéditas com diretores renomados falando sobre a relação deles com o Canal Brasil.
 
A programação festiva começa às 9h, com a exibição do Cinejornal. Na atração, a repórter Maria Clara Senra traz um bate-papo recheado de assuntos como cinema, cultura e entretenimento com quatro diretores reconhecidos no cinema brasileiro: Karim Aïnouz, Gustavo Pizzi, Tatiana Issa e Jefferson De.
 
Em seguida, começa a mostra de aniversário, às 9h30, com a exibição do filme “Bob Cuspe -- Nós Não Gostamos de Gente”, de César Cabral, que ganhou a Menção Honrosa de Melhor Longa Metragem de Animação e Melhor Trilha Sonora no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2022. Em seguida, às 11h, é a vez de “Primeiro Dia de Um Ano Qualquer”, de Domingos Oliveira, com Maitê Proença no elenco. Às 12h25, vai ao ar “Três Verões”, de Sandra Kogut, que liderou as pré-indicações nacionais ao Prêmio Platino 2021.
 
Às 14h, será exibido “Mussum, Um Filme do Cacildis”, de Susanna Lira, que conta a origem e história de um dos personagens mais icônicos da televisão brasileira. Às 15h15, “Rasga Coração”, de Jorge Furtado, com nomes como Drica Moraes, Chay Suede, Marco Ricca, entre outros, no elenco. Às 17h15, vai ao ar “Ferrugem”, de Aly Muritiba, o vencedor do 46º Festival de Gramado. Além do prêmio de Melhor Longa-Metragem Brasileiro, ganhou o Kikito nas categorias Melhor Roteiro (Jessica Candal e Aly Muritiba) e Melhor Desenho de Som (Alexandre Rogoski).
 
Às 18h55, é a vez de “Mãe Só Há Uma”, de Anna Muylaert, que recebeu em Berlim um dos troféus da 30ª edição do Teddy Awards, nome dado à mostra independente da Berlinale voltada às produções com temática LGBT. Na sequência, será exibido “Benzinho”, aclamado no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2019, no qual levou para casa seis estatuetas: melhor filme, direção, atriz, atriz coadjuvante e roteiro original. E, fechando a programação, às 21h55, “Piedade”, do diretor Cláudio Assis, com Fernanda Montenegro, Cauã Reymond, Gabriel Leone, entre outros nomes de peso no elenco.

Mostra Canal Brasil
9h - Cinejornal -- entrevista com os diretores Karim Aïnouz, Gustavo Pizzi, Tatiana Issa e Jefferson De.

09h30 -- “Bob Cuspe -- Nós Não Gostamos de Gente” (2020) (90´)
Direção: César Cabral 
Classificação: 16 anos 

Sinopse: O personagem dos quadrinhos Bob Cuspe vive num deserto pós-apocalíptico infestado por astros do pop que tentam lhe matar. O cenário onde a história se passa é um purgatório criado dentro da mente do cartunista Angeli.

11h00 -- “Primeiro Dia de Um Ano Qualquer” (2012) (81´)
Direção: Domingos Oliveira  
Classificação: 12 anos 

Sinopse: No primeiro dia do ano, muitos personagens se encontram em uma luxuosa casa de campo nos arredores do Rio de Janeiro. Do amanhecer até o fim da noite, todos enfrentam suas crises e limitações. Procurando um sentido para suas vidas, eles aproveitam esse encontro e chegam à conclusão que o mundo não vai acabar e a vida segue.
 
12h25 -- “Três Verões” (2019) (93)
Direção: Sandra Kogut  
Classificação: 12 anos 

Sinopse: A cada verão, entre Natal e Ano Novo, o casal Edgar e Marta recebe amigos e família na sua mansão espetacular à beira mar. Em 2015 tudo parece ir bem, mas em 2016 a mesma festa é cancelada. O que acontece com aqueles que gravitam em torno dos ricos e poderosos quando a vida deles desmorona? Através do olhar de uma empregada e de um velho patriarca, ambos vítimas do sonho neoliberal, vemos um retrato do Brasil contemporâneo.
 
14h00 -- “Mussum Um Filme do Cacildes” (2018) (75´)
Direção: Susanna Lira
Classificação: 10 anos 

Sinopse: A trajetória do humorista e sambista Antônio Carlos Bernado Gomes, o "Mussum", é contada de diferentes ângulos. São reveladas facetas mais sérias da figura que foi eternizada no imaginário popular brasileiro por sua participação no programa "Os Trapalhões". Por trás de sua persona humorística e debochada, Antônio Carlos mantinha uma rotina de responsabilidades com sua família, projetos e compromissos.

15h15 -- “Rasga Coração” (2017) (115´)
Direção: Jorge Furtado
Classificação: 14 anos 

Sinopse: Rasga Coração é uma adaptação da peça de Oduvaldo Vianna Filho e conta a história de Manguari Pistolão (Marco Ricca), militante anônimo que depois de quarenta anos de luta pelo que considera novo e revolucionário, vê o filho Luca (Chay Suede) acusá-lo de conservador, antiquado e anacrônico. Contando o dinheiro para fechar o mês, sofrendo com as dores de uma artrite crônica e num crescente conflito com o filho, Manguari passa em revista seu passado e se vê repetindo as mesmas atitudes de seu pai. A partir de uma relação entre pai e filho, o filme conta a história de um país partido.
 
17h15 -- “Ferrugem” (2019) (99´)
Direção: Aly Muritiba
Classificação: 14 anos 

Sinopse: Assim como a maioria das meninas adolescentes Tati (Tiffanny Dopke) ama compartilhar sua vida nas redes sociais. Porém, quando menos espera, ela vai ter que amadurecer e lidar com as consequências de seus atos, depois que algo que ela não queria que se tornasse público é divulgado no grupo do WhatsApp de sua turma de colégio.

18h55 -- “Mãe Só Há Uma”
Direção: Anna Muylaert
Classificação: 16 anos 

Sinopse: Pierre descobre que sua família não é biológica quando a polícia prende sua mãe. Confuso, ele vai atrás de seus parentes verdadeiros, que o conhecem como Felipe, e a nova realidade faz com que o rapaz encontre finalmente sua real identidade.

20h20 -- “Benzinho” (2018) (95´)
Direção: Gustavo Pizzi
Classificação: 12 anos 

Sinopse: O primogênito de uma família de classe média é convidado para jogar handebol na Alemanha e lança sua mãe (Karine Teles) em uma espiral de sentimentos pois, além de ajudar a problemática irmã (Adriana Esteves), lidar com as instabilidades do marido (Otávio Müller) e se desdobrar para dar atenção ao seus outros filhos, ela terá de enfrentar sua partida antes de estar preparada para tal.

21h55 -- Piedade (2019´) (98´)
Direção: Cláudio Assis
Classificação: 16 anos 

Sinopse: A rotina dos moradores da fictícia cidade de Piedade é abalada pela chegada de uma grande empresa petrolífera, que decide expulsar todos de suas casas e empreendimentos para ter melhor acesso aos recursos naturais.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code