Ad Code


Discovery Turbo e discovery+ estreiam a sexta temporada de ''Oficinaço''

Divulgação

Joe Martin dá vida nova a ferro velho no galpão da Joe Martin Customs, cenário e tema de OFICINAÇO (Iron Resurrection), série do Discovery Turbo que chega à sexta temporada no domingo, 2 de outubro, às 21h30. No mesmo dia estreia também no discovery+. A nova safra traz episódios que acompanham os trabalhos de Joe na restauração completa de automóveis em péssimas condições.

Ao lado dele está a esposa, Amanda, e a melhor amigo, Shag. Os três lideram uma equipe de mecânicos, eletricistas e funileiros que dão conta de restaurações complexas em todas as etapas. Desde a chegada dos modelos e esboços na prancheta de Joe, a escolhas para a nova lataria e decisões que renovarão os interiores, as lentes seguem os processos do começo ao fim.

Joe é apaixonado por carros e pelo desafio de construí-los. Quanto mais enferrujada a carcaça, maior parece ser o interesse dele em operar verdadeiros milagres da mecânica e funilaria.  A equipe de OFICINAÇO faz de tudo: recebe encomendas e o garimpa por tesouros escondidos e maltratados em garagens e quintais. Da barganha que faz parte da negociação desses carros aos percalços do processo e finalização dos projetos, Joe e seu time mostram o motivo da fama que carregam: são os ressuscitadores de ferro velho.

No episódio de estreia, um verdadeiro clássico chega à oficina: o Chevy Bel Air fabricado em 1957 está meio baqueado, embora Joe já tenha visto piores. Há pontos de ferrugem por toda a carroceria vermelha com rabo de peixe, mas Joe acredita ser possível restaurar todo o glamour dos anos 1950 sem grandes intervenções na pintura. No entanto, a parte mecânica precisa de atenção. O motor está bom, mas todo o resto, dos freios à estabilidade da direção, precisa ser revisado. O clássico seduz a equipe da oficina logo à primeira vista, mas, assim que os trabalhos começam e o chassi é revelado, o caso de amor sofre uma reviravolta. O chassi terá de ser trocado, o que aumenta consideravelmente o preço da restauração. Joe tenta negociar o chassi antigo para absorver parte dos custos.

Depois, uma caminhonete International de 1941 que já passou pela equipe de Joe há nove anos está de volta para uma manutenção geral. O hot rod vai passar por uma vistoria criteriosa e receber pintura customizada nas portas, com um logotipo que Joe desenvolve e executa especialmente para os clientes – a pintura é à mão livre, o que faz do International de 1941 um veículo totalmente personalizado, por dentro e por fora do capô.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code