Ad Code

Mundial Feminino de Vôlei começa nesta sexta-feira com mais de 50 jogos exclusivos nos canais sportv

Reprodução

Depois de bater na trave e conquistar o vice-campeonato nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2021 e na Liga das Nações, as meninas do Brasil partem para o maior desafio da temporada, o Mundial Feminino de Vôlei, competição mais importante da modalidade depois do torneio olímpico. A partir desta sexta-feira, dia 23, as seleções estarão na Holanda e na Polônia para a disputa da 19ª edição do torneio. Os canais sportv preparam uma grande cobertura para o evento e exibem mais de 50 jogos com exclusividade até o dia 15 de outubro. O Brasil dá início na caminhada em busca do título inédito neste sábado, dia 24, contra a República Tcheca. O sportv2 transmite a partida ao vivo, a partir das 15h30, com a narração de Luiz Carlos Jr., e os comentários de Fabi Alvim e da jogadora Paula Pequeno, bicampeã olímpica em Pequim-2008 e Londres-2012. 
 
Além do reforço de Paula Pequeno, as transmissões dos canais sportv durante a cobertura do Mundial Feminino terão os comentários de mais uma craque das quadras, que também subiu no lugar mais alto do pódio olímpico: a central Walewska, ouro em Pequim-2008. As duas chegam para emprestar suas experiências vividas nas quadras. Walewska e Paula Pequeno, que estreiam como comentaristas, juntam-se à equipe que já conta com nomes como Fabi Alvim, Carlão, Nalbert e Marco Freitas.
 
A cobertura multiplataforma do Mundial Feminino segue no ge, com conteúdos especiais e entrevistas exclusivas com as brasileiras Kisy, Carol Gattaz e o técnico José Roberto Guimarães. Ainda esquentando o clima para a competição, o portal disponibiliza um perfil da italiana Paola Egonu, considerada uma das melhores atletas da atualidade; e um infográfico com informações detalhadas da capitã brasileira Gabi, apontada como a melhor jogadora do mundo. Durante o torneio, a cobertura segue com tabela de classificação e os resultados das partidas atualizados, matérias diárias, além do tempo real dos jogos do Brasil. 
 
Diferentemente do Campeonato Mundial Masculino, na primeira fase do torneio feminino, as seleções estão divididas em quatro grupos de seis, e todas se enfrentam dentro do grupo em turno único. A equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães, vice-campeã nas edições de 1994, 2006 e 2010, está no grupo D da competição e encara, além da República Tcheca, as seleções da China, Japão, Colômbia e Argentina. Dezesseis equipes – as quatro primeiras de cada grupo - se classificam para a segunda fase, que novamente divide as seleções em dois grupos, em que seguem para a fase seguinte as quatro melhores em cada um deles. A partir das quartas de final, os jogos são eliminatórios até as finais, que acontecem na cidade holandesa de Apeldoorn. 
 
Segundo episódio da série ‘Sem Bloqueio’
 
Vai ao ar nesta sexta-feira, dia 23, às 22h30, o segundo episódio da série ‘Sem Bloqueio’, que mergulha ainda mais nas histórias de bastidores e no dia a dia da seleção feminina. Após a boa campanha na primeira semana de disputas da Liga das Nações, a delegação retorna ao país e o técnico José Roberto Guimarães anuncia a chegada da ponteira Gabi, a nova capitã da equipe e maior papa-títulos do mundo do vôlei no ciclo 2022. Destaque ainda para o momento de afirmação das novatas Julia Bergman, Kisy e Diana, e para os retornos da oposta Rosamaria e do calor humano, já que as partidas da segunda etapa da competição foram disputadas na capital Brasília, com o apoio da torcida. 
 
MUNDIAL FEMININO DE VÔLEI
 
Primeira fase: ao vivo no sportv2
 
SAB – 24/9 – 15h30 - Brasil x República Tcheca 
SEG – 26/9 – 13h30 - Brasil x Argentina
QUA – 28/9 – 10h - Brasil x Colômbia
SEX – 30/9 – 9h15 - Brasil x Japão
SAB – 1/10 – 9h - Brasil x China

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code