Ad Code


No Dia Mundial da Amazônia (5/9), o Roda Viva entrevista o líder indígena Beto Marubo

Reprodução

Nesta segunda-feira (5/9), Dia Mundial da Amazônia, o Roda Viva entrevista Beto Marubo, integrante da Univaja - União dos Povos Indígenas do Vale do Javari -, que era amigo e trabalhava ao lado do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, assassinados brutalmente no início de junho deste ano. Apresentado por Vera Magalhães, o programa vai ao ar na TV Cultura, a partir das 22h, e nas redes sociais da emissora.

O líder indígena, que luta pela proteção de 16 grupos isolados no Vale do Javari, denuncia o abandono da Funai e de seus servidores pelo Governo Federal. Culpa o estado brasileiro pelos assassinatos do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira, seus amigos na luta em defesa dos povos da floresta. Também acusa as autoridades pela falta de fiscalização, desmatamento, garimpo ilegal e aumento da criminalidade na região.
 
Ele critica a falta de projetos políticos em defesa da floresta amazônica e demarcação das terras indígenas. Beto Maburo fundou com Bruno Pereira a ONG dedicada a índios isolados da região e na véspera do crime também foi ameaçado junto ao amigo.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code