Ad Code


Séries ''Colônia'' e ''Anjo Loiro com Sangue no Cabelo'' retornam à grade do Canal Brasil

Divulgação

O Canal Brasil traz de volta à grade a partir da próxima segunda, dia 26, as séries ''Colônia'' e ''Anjo Loiro com Sangue no Cabelo'', que estrearam no canal em 2021. As produções serão reexibidas em sequência, a partir das 22h15, sempre às segundas-feiras.

Inspirada no livro “Holocausto Brasileiro”, de Daneila Arbex, “Colônia” é dirigida por André Ristum e relata a realidade de um hospício brasileiro dos anos 1970. Andréia Horta dá vida à protagonista Elisa que, como tantos outros, é vítima de uma internação injustificada. A trama acompanha o dia a dia da personagem e sua batalha pela sobrevivência enquanto precisa lidar com uma teia infinita de aflição e agressões.


Já “Anjo Loiro com Sangue no Cabelo”, de Felipe Bragança, acompanha a história da atriz de pouco sucesso na carreira, Sônia (Juliana Schalch), que é atormentada pelas lembranças da mãe que desapareceu ainda quando era criança. De repente, ao conhecer um antigo amigo de seu pai e dono de uma emissora de TV, consegue a chance de participar de uma grande novela e se tornar uma estrela. Porém, mesmo com o salto na carreira, Sônia continua fixada no mistério sobre o desaparecimento de sua mãe. 

Canal Brasil - ''Colônia'' e ''Anjo Loiro com Sangue nos Cabelos''

COLÔNIA
Horário: Segunda, 26/09, às 22h15
Reapresentação: Sexta, 30/09, às 5h30
Classificação: 16 anos

Sinopse: A série original do Canal Brasil retrata a história do hospício Colônia, que existiu por quase um século, a partir da trajetória de Elisa, vítima de uma internação injustificada.

ANJO LOIRO COM SANGUE NO CABELO
Horário: Segunda, 26/09, às 23h30
Reapresentação: Quinta, 29/09, às 5h; e sexta, 30/09, às 21h45
Classificação: 16 anos

Sinopse: Sônia, uma jovem atriz, volta ao Rio de Janeiro depois da notícia da morte de seu pai e descobre que herdou um velho cinema em ruínas no centro da cidade. A partir daí, Sônia começa a investigar o passado de sua mãe, uma famosa atriz do cinema brasileiro, desaparecida no final dos anos 80.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code