WSL anuncia lançamento de conteúdos exclusivos sobre a década de ouro do surfe brasileiro

Foto: Divulgação

A WSL Brasil anunciou, nesta terça-feira (27), uma nova série de conteúdos para as redes sociais. Intitulado como 'Década de Ouro', o material abordará tudo que aconteceu durante a supremacia do surfe brasileiro nos últimos 10 anos, tanto dentro como fora d'água.

Há 10 anos, as vitórias brasileiras no cenário internacional de surfe eram raras. O Brasil, por muito tempo, era visto como o azarão, com poucas estrelas em ascensão. No entanto, em dezembro de 2014, Gabriel Medina quebrou essa barreira ao tornar-se o primeiro brasileiro a conquistar o título mundial no World Surf League Championship Tour, o circuito profissional da modalidade. Desde então, nas últimas nove temporadas, o país garantiu sete títulos, com três de Medina, dois de Filipe Toledo, um de Ítalo Ferreira e um de Adriano de Souza.

A narrativa também reconhece o papel de atletas emblemáticos do passado que, por mais não tenham sido campeões, foram importantes fontes de inspiração para a geração que passou a conquistar o topo do mundo do surfe a partir de 2014. Nomes como Rico de Souza, Brigitte Mayer e Victor Ribas estão entre os homenageados.

A proposta da WSL é de repercutir um conteúdo linear que apresentará eventos e conquistas históricas. Com uma pausa para destacar Saquarema, o tema se concentrará nos momentos emblemáticos de cada ano. Também haverá uma retrospectiva com ênfase em produções comparativas, evidenciando a grandiosidade dos títulos da "Brazilian Storm", como ficou conhecida a dinastia dos atletas brasileiros.

"Estamos tratando de um período histórico, de inúmeros feitos e conquistas dos brasileiros, mas sem esquecer também daqueles que vieram antes e também fazem parte deste marco para a modalidade. Tenho certeza que esta produção envolverá o nosso público. Mais do que uma celebração de títulos, a ‘Década de Ouro' é um mergulho na cultura e na evolução do surfe brasileiro", ressalta Ivan Martinho, presidente da WSL na América Latina.

Além das produções nas redes sociais, a WSL planeja desenvolver diversas iniciativas ao longo do ano para celebrar a década de sucesso do surfe brasileiro. A organização também está preparando outros tipos de conteúdo sobre a história do surfe nacional, que deverão ser divulgados com mais detalhes em breve.

O surfe está conquistando cada vez mais espaço no cenário nacional. Com a produção de conteúdo em diversas plataformas e o desempenho dos surfistas brasileiros, os canais em português da WSL atingiram uma marca significativa, ultrapassando 1 milhão de seguidores nas principais redes sociais. Essa expansão desempenha papel crucial na visibilidade global dos eventos da Liga realizados no Brasil. No Vivo Rio Pro de 2023, por exemplo, houve um impacto de mais de R$97 milhões gerados para Saquarema, e uma impressionante marca de 118 milhões de impressões nas mídias digitais. Além disso, a transmissão por streaming acumulou mais de 1.8 milhão de horas assistidas, destacando o crescente interesse e engajamento do público.

O Universo da TV

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato