Elenco e equipe celebram a pré-estreia da série Original Globoplay 'O Jogo que Mudou a História'

Foto: Reginaldo Teixeira  

Adrenalina, tensão, emoção e muita ação permeiam a trama da série Original Globoplay 'O Jogo que Mudou a História', novidade a partir de 13 de junho no catálogo. Na noite desta terça, dia 11, o criador e produtor José Junior, o diretor geral Heitor Dhalia e nomes do elenco como Babu Santana, Jonathan Azevedo, Vanessa Giácomo, Raphael Logam, Ravel Andrade, Alli Willow, Bukassa Kabengele, Pedro Wagner, João Fernandes, Samuel Melo, Fabrício Assis e Jailson Silva se reuniram em um cinema na zona sul do Rio de Janeiro, para conferir a pré-estreia da superprodução. A cada quinta, dois episódios inéditos chegam à plataforma.
 
Ambientada no Rio de Janeiro e inspirada em facções reais, a obra volta às décadas de 1970 e 1980 para contar como tudo começou. São três as favelas em que a trama se desenvolve, as fictícias ‘Padre Nosso’, ‘Parada Geral’ e ‘Morro da Promessa’, e o público vai poder acompanhar como uma guerra de dentro do presídio de Ilha Grande, outro cenário em destaque, se estende por todos elas e invade até mesmo o campo de futebol com uma fatídica partida. Diferentes tramas se entrelaçam e a trajetória dos múltiplos personagens, heróis e anti-heróis, oscila em conflitos internos e externos.
 
“Fiz questão de ouvir os protagonistas que fazem e que vivem essas histórias. Para mim, é um orgulho tremendo trazer pontos de vista muito de dentro. Nós buscamos contar episódios que todo mundo acha que sabe, mas, de fato, não conhece na sua magnitude”, enaltece José Junior. Diretor geral da produção, Heitor Dhalia complementou refletindo sobre a importância da série. “'O Jogo que Mudou a História' abarca um momento importante da história do Brasil, dos anos 1970 até a redemocratização. Nos revela muito do país que vivemos hoje ainda, problemas que estavam ali continuam aqui, mais complexos”.
 
Com 10 episódios, a superprodução é uma nova parceria do Globoplay com a AfroReggae Audiovisual, responsável também pelas séries de sucesso ‘Arcanjo Renegado’, ‘A Divisão’ e ‘Betinho: No Fio da Navalha’. Com criação e produção de José Junior; direção geral de Heitor Dhalia; direção de Heitor Dhalia, Matias Mariani e Claudio Borrelli; redação final de José Junior e Gabriel Maria; e roteiro de José Junior, Gabriel Maria, Clara Meirelles, Bruno Passeri, Manaíra Carneiro e Bruno Paes Manso. A produção é da AfroReggae Audiovisual e da Paranoid.
  
Conheça os personagens de ‘O Jogo que Mudou a História’
 
Ilha Grande
 
Hoffman (Babu Santana): é um dos líderes da “Turma do Fundão”, a futura “Falange Vermelha”, composta por presos políticos e assaltantes de banco. Como o próprio ator descreve, Hoffman tem carisma, é um cara bravo, bronco, do embate físico. Tem os aliados dele, os dominados e seus rivais. E, em meio a toda essa atmosfera de tensão, estabelece um convívio de muito respeito, medo e amizade com os outros presos.
 
Rosevan (Bukassa Kabengele): mais conhecido como Mestre, é um dos presos mais articulados e estrategistas de Ilha Grande. Profundamente respeitado pelos demais detentos, como seu apelido demonstra, está cansado do crime. Sonha em voltar a morar com sua esposa, Jacqueline (Tatiana Tiburcio), e os filhos, para recomeçar a vida.
 
Chico da Cavanha (Rômulo Braga): um dos chefes da “Turma do Fundão”, é uma lenda no crime e tem anos de cadeia. Junto de Hoffman (Babu Santana) e China (Eduardo Dorneles), forma o trio de presos mais violentos do grupo, não deixando de lado seu bom humor. Devotado à sua mulher, Daniella (Kizi Vaz), e a seus três filhos, entre eles, Chiquinho (Nicollas Paixão).
 
Egídio (Ravel Andrade): um jovem sem histórico criminoso, preso depois de atropelar a filha de um general. O universo do presídio é muito distante da sua vida de classe média carioca e a cadeia vai transformá-lo em outra pessoa. Claudia Mauro e Julio Levy interpretam os pais do personagem.
 
Belmiro (Jailson Silva): um ex-policial que cumpre pena há duas décadas e tem um passado marcado por truculência. Nesses anos todos, jamais alguém da família lhe prestou uma visita. Falta pouco para ele conquistar liberdade e seu primeiro desejo é refazer sua vida, depois de reencontrar o irmão, Amarildo (Pedro Wagner), e a filha que mal teve tempo de conviver, Lilian (Talita Younan).
 
Jesus Pedra (Raphael Logam): carcereiro iniciante, nem imagina o que lhe aguarda no novo emprego. Formado recentemente, é esforçado e quer entender como pode colaborar para o dia a dia na cadeia de Ilha Grande ser um ambiente de paz. A realidade, no entanto, se mostra assustadora e tem de tudo para impactar sua personalidade. 
 
Irmã Emily (Alli Willow): dentro de um cenário masculino tomado por contradições, surge uma potência feminina. A freira não mede esforços para auxiliar e defender os direitos dos presos. Idealista, além de ensinar a ler e escrever, quer ajudar na modernização e humanização dos presídios com base nos modelos internacionais. Tenta sempre manter um diálogo amistoso para evitar extremos.
 
Seu Hélio (Otavio Muller): com uma participação especial na trama, o personagem é referência no local. Preso político muito ouvido e respeitado pelos assaltantes de banco com quem divide a ala da “Turma do Fundão”, decide apostar com a própria vida em uma greve de fome contra o sistema. É fundamental para a criação da futura “Falange Vermelha”.
 
João Ignácio (Álamo Facó): assim como Seu Hélio, é subversivo, como são chamados os presos políticos. Diferente do companheiro, tem embate constante com os demais detentos da ala. Entre as curiosidades, o personagem é pai de outro que o próprio ator interpretou: o jornalista Ronaldo Leitão, da série ‘Arcanjo Renegado’.
 
Sampaio (Rogério Blank): o presídio tem como diretor o violento major da polícia, que faz parte do sistema há quase trinta anos. Seu método de trabalho é o respeito através da violência.
 
Itamar (Marcio Borges): chefe de segurança do presídio, é um homem sofrido que tem o trabalho como foco principal. É lá o lugar onde tem autoridade e extravasa sua energia usando a violência. Acredita em uma cadeia mais aberta aos esquemas e negociações com o crime e ambiciona subir ao posto de diretor.
 
Xavier (Breno de Filippo): integra o grupo de agentes penitenciários do local. Morador de Ilha Grande, é ganancioso e tem como principal função ajudar na captura de presos fugitivos. Com seu jeito quieto, tem a confiança de Sampaio (Rogério Blank) e Itamar (Marcio Borges).
 
Nôgo (Sergio Laurentino): faz parte da cúpula do Fundão e é um dos mais fiéis companheiros de Chico da Cavanha (Rômulo Braga).
 
China (Eduardo Dorneles): um dos integrantes da “Turma do Fundão”.
 
Naíba (Ivson Rainero): rival da ala do Fundão, comanda com perversidade a “Falange Jacaré".
 
Jacqueline (Tatiana Tiburcio): casada com Rosevan/Mestre (Bukassa Kabengele), cuida sozinha dos dois filhos e vira advogada para lutar pela liberdade do marido. Se esforça para não esmorecer, mas as seguidas condenações de Mestre abalam suas convicções.
 
Daniella (Kizi Vaz): esposa de Chico da Cavanha (Rômulo Braga), é apaixonada pelo parceiro e presença certa nos dias de visita na prisão, na companhia dos três filhos. Faz o possível para impor um limite e evitar que a trajetória conturbada dele interfira na criação do trio.
 
Chiquinho (Nicollas Paixão): filho mais velho de Daniella (Kizi Vaz) e Chico da Cavanha (Rômulo Braga), ajuda a mãe a cuidar dos dois irmãos na ausência do pai.
 
Lucimara (Juliane Araújo): companheira de Jesus Pedra (Raphael Logam). Sua trajetória também muda com a entrada do parceiro como carcereiro em Ilha Grande. A rotina e a relação dos dois se transformam.
  
‘Padre Nosso’
 
Amarildo (Pedro Wagner): líder comunitário da favela fictícia ‘Padre Nosso’. Disposto a fazer de tudo para manter a paz e afastar a violência, mantém uma relação de respeito com os bandidos locais. Em casa, seu núcleo familiar é formado por Marta (Vanessa Giácomo), com quem é casado; o filho João (Leo Bahia), mais conhecido como Baleia, goleiro do time de futebol da comunidade; a sobrinha e filha de criação Lilian (Talita Younan); e Binho (João Fernandes), seu neto. Um reencontro dele com seu irmão, Belmiro (Jailson Silva), promete reviravoltas em sua vida.
 
Marta (Vanessa Giácomo): a matriarca da família nunca abandona a sua força, mesmo quando a rotina e a convivência não são das melhores. Assim como o marido, Amarildo (Pedro Wagner), considera a sobrinha Lilian (Talita Younan) como filha.
 
Lilian (Talita Younan): forte e determinada, a jovem é professora e dá aula no colégio de seu sobrinho, Binho (João Fernandes). Mantém um namoro com Gegê (Samuel Melo), que é da favela vizinha, ‘Parada Geral’. Lilian é filha biológica de Belmiro (Jailson Silva), mas evita uma reaproximação, já que não têm vínculos afetivos com ele e considera Amarildo (Pedro Wagner) seu verdadeiro pai.
 
Baleia (Leo Bahia): o melhor goleiro que o time de ‘Padre Nosso’ já teve. Esforçado e gentil, batalha nas feiras com a mãe. É o pai de Binho (João Fernandes), e cria o filho com a ajuda dos pais, Marta (Vanessa Giácomo) e Amarildo (Pedro Wagner), desde que perdeu a esposa.
 
Binho (João Fernandes): o adolescente é apaixonado por cavalos e já faz alguns bicos cuidando dos animais que existem na favela. Cresceu acompanhando a avó, Marta (Vanessa Giácomo), nas missas. Forma um trio inseparável com Ivete (Giulia Tavares) e Renatinho (Fabrício Assis), moradores de ‘Parada Geral’. Os três vivem o início de uma rivalidade entre as duas comunidades.
 
Zé Perverso (Diego Raymond): chefe do tráfico em ‘Padre Nosso’. Apesar de ser o criminoso mais temido da favela, respeita muito a liderança de Amarildo (Pedro Wagner) na associação de moradores.
  
‘Parada Geral’
 
Renatinho (Fabrício Assis): melhor amigo de Ivete (Giulia Tavares) e Binho (João Fernandes). Mora com sua mãe, Valéria (Ana Isabela Godinho), e seu tio, Gegê (Samuel Melo). Seu pai é Claudinho da Prata (Gilson da Maia), chefe do tráfico, com quem mantém uma relação amistosa, mas pouco afetiva. Renatinho frequenta um terreiro de umbanda com a sua mãe.
 
Gegê (Samuel Melo): arranca elogios por onde passa, seja por sua beleza ou pelo desempenho dentro de campo. O artilheiro habilidoso do time de futebol de ‘Parada Geral’ sonha em atuar em clubes cariocas. Gegê pratica pequenos furtos para ajudar nas contas e, apesar de ser apaixonado pela namorada, Lilian (Talita Younan), tem amantes por onde passa.
 
Valéria (Ana Isabela Godinho): é o pilar da casa. Luta pela felicidade da família e se preocupa com o filho e o irmão, temendo que se envolvam com o mundo do crime, assim como o pai de Renatinho (Fabrício Assis), o Claudinho da Prata (Gilson da Maia).
 
Claudinho da Prata (Gilson da Maia): comanda o tráfico na fictícia favela. Ausente e sem vínculos afetivos com o filho, só aparece para dar dinheiro para o jovem.
 
Ivete (Giulia Tavares): sempre junto com Binho (João Fernandes) e Renatinho (Fabrício Assis), a adolescente faz parte da nova geração de ‘Parada Geral’. 
 
Rui do Boi (Patrick Bruno): líder da associação de moradores da comunidade, é menos engajado politicamente e com valores morais bem diferentes de Amarildo (Pedro Wagner). Não enxerga a participação dos criminosos como um problema na favela, nem se opõe à venda de entorpecentes.
  
‘Morro da Promessa’
 
Gilsinho (Jonathan Azevedo): líder do tráfico, é ovacionado pela população do ‘Morro da Promessa’ e vira uma figura conhecida dentro e fora das prisões de toda a cidade. Dono de um pensamento estratégico e com sua afeição pelos moradores, se transforma em uma figura mítica. O filho de Dona Cida (Elizia Gomes) e Seu Antonio (Wilson Rabelo) tem como sua maior preocupação a qualidade de vida na favela.
 
Janaína (Maha Sati): namorada de Gilsinho.  
 
Periquito (Leonardo Xavier): parceiro fiel de Gilsinho na liderança do tráfico no ‘Morro da Promessa’.
 
Jerônimo (Xando Graça): dono da gravadora ‘Jero Records’, comprada por Gilsinho na intenção de dar oportunidade para músicos da favela e encontrar um caminho para o dinheiro de seus negócios.
  
Participações especiais
 
Belchior (Julio Andrade): delegado que vira juiz de futebol para apitar uma final de campeonato entre os times das favelas fictícias ‘Padre Nosso’ e ‘Parada Geral’. A emblemática sequência dá nome à série.
 
Bruno (Lucio Mauro Filho): o produtor musical trabalha na gravadora comprada por Gilsinho (Jonathan Azevedo) e começa a divulgar novos artistas do ‘Morro da Promessa’.
 
Pereira de Souza (Pretinho da Serrinha): um dos músicos que recebe ajuda de Gilsinho (Jonathan Azevedo) a divulgar sua arte.
 
Aílton (André Mattos): dono de um frigorífico que desenvolve uma parceria com Gilsinho (Jonathan Azevedo).
 
Homero (Marcelo Serrado): assessor do governador, participa de uma sequência de pura adrenalina, durante um longo confronto policial.
 
Coronel Macieira (Jimmy London): o músico e ator entra em cena no mesmo embate.
 
Roberta (Natália Lage): a detetive de ‘A Divisão’ está de volta, 10 anos antes dos acontecimentos da série de origem da personagem.
 
Tenente Gabriel (Leonardo Brício): o personagem de ‘Arcanjo Renegado’ também aparece em outro momento de sua vida: o início da trajetória na polícia.
 
Sargento Afonso (Marcello Melo): conhecido pelo público em ‘Arcanjo Renegado’, o policial marca presença na série em outro crossover entre as tramas.
 
Cafu, Djalminha, Paulo Nunes e Odvan: jogadores do time de ‘Padre Nosso’.
  
Adílio: interpreta o técnico do time de ‘Padre Nosso’.
 
Carlos Germano: goleiro de ‘Parada Geral’.
 
Grafite, Michel Bastos, Ramires, Steve Wonder e Jacinto (Demerson D'alvaro): jogadores do time de ‘Parada Geral’. 
 
Clique aqui para conhecer a página especial do gshow sobre ‘O Jogo que Mudou a História’.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato