SescTV exibe a série ''Cartas Para...'', que traz a literatura para a televisão

Foto: Divulgação

A série narra, em seis episódios, as trajetórias, experiências e visões de mundo de três escritoras baianas de diferentes origens étnicas e sociais através de uma dinâmica de escrita e leitura de cartas e poemas. 

Maria Maya Pataxó, Lívia Natália e Raiça Bonfim apresentam suas trajetórias em uma produção que explora diversas questões da presença da mulher na literatura. Cartas Para... estreia no SescTV no dia 4 de julho, quinta, às 20h30 e também fica disponível sob demanda a partir desta data em sesctv.org.br/cartaspara.

Cada episódio acompanha o envio e recebimento de uma carta, escrita por uma das personagens e direcionada à outra, em que abordam os temas O Tempo, A Voz, O Masculino, O Feminino, O Corpo e O Futuro. 

Através dos textos, elas revelam memórias e experiências marcantes em suas vidas enquanto tratam temas relevantes ligados ao universo literário e à representatividade feminina. Os poemas levados pelas autoras para as telas são apresentados junto aos contextos, temas e experiências nos quais foram inspirados, tornando mais acessíveis e atraentes para um público que, em geral, não costuma ler poesias. 

No primeiro episódio, “O Tempo”, as três discorrem sobre o tema e Raiça recebe uma carta de Lívia Natália, que fala das memórias e poemas que escreveu sobre sua mãe. Em seguida, ela escreve uma carta para Maria Maya Pataxó, sobre o tema que será tratado no episódio seguinte, “A Voz”, e assim vão chegando os outros episódios.

As escritoras

As escritoras baianas que participam deste documentário apresentam distintas origens sociais, econômicas e culturais. Raiça, vinda de uma família branca, de classe média e do interior da Bahia, é mestre em artes cênicas pela Universidade Federal da Bahia, atriz, poeta, produtora e escritora da Gameleira Artes Integradas.

Lívia é uma mulher negra, doutora em literatura e professora titular da Universidade Federal da Bahia; uma artista empenhada em representar em sua obra o ponto de vista da mulher negra periférica.

Indígena da etnia, Maya Pataxó é escritora indígena da tribo Pataxó Hãâhâhãe na cidade de Pau Brasil e é a primeira professora da aldeia, que ensinou não só a compreensão da leitura para a tribo da qual faz parte como também valores para luta e conquistas do espaço indígena.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato