Filme e série viabilizados pelo Curta! são finalistas no Prêmio Grande Otelo

Cena do documentário 'Belchior – Apenas Um Coração Selvagem'. (Crédito: Divulgação/Curta!)

Depois de passar por três dos mais importantes festivais do país — É Tudo Verdade, Festival do Rio e In-Edit Brasil —, o filme ''Belchior – Apenas Um Coração Selvagem'' foi anunciado, nesta sexta-feira, como um dos cinco finalistas da categoria "Melhor Longa-Metragem Documentário" do Prêmio Grande Otelo, antes conhecido como Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O documentário, dirigido por Camilo Cavalcanti e Natália Dias, foi viabilizado pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e estreou em fevereiro no canal. No quesito "Melhor Série Brasileira de Documentário, de Produção Independente, para TV Aberta, TV Paga ou Streaming", também há, entre os cinco concorrentes ao prêmio, uma produção feita com financiamento do FSA para o Curta!: a série "Diretores de Arte", de Flávio Ramos Tambellini, estreada em outubro do ano passado no canal e disponível no CurtaOn - Clube de Documentários, pelo Prime Video Channels, da Amazon, na Claro TV+ e no site oficial da plataforma (CurtaOn.com.br).

O cantor e compositor Belchior, falecido em 2017, é o tema do documentário “Belchior – Apenas Um Coração Selvagem”, que conta com a participação do ator Silvero Pereira recitando trechos das letras das canções compostas pelo artista cearense, como “Sujeito de Sorte”. O filme é composto por um rico material de arquivo, principalmente por entrevistas e apresentações musicais, além de imagens que ajudam a ilustrar as lembranças e as reflexões que vêm à tona nos depoimentos. Juntas, essas imagens se costuram em uma narrativa que conta a história de vida de Antônio Carlos Belchior. Fala de sua formação em medicina, de sua mudança para São Paulo, investindo na possibilidade de ser músico profissional e de sua relação com o sucesso e com a opinião pública - que ora o considerava um ‘sex symbol’, ora um rebelde. Entre as músicas apresentadas ao longo do documentário, estão clássicos como “Apenas Um Rapaz Latino-Americano”, “Alucinação”, “Galos, Noites e Quintais”, “Medo de Avião”, “Paralelas” e, entre as últimas cenas do filme, “Tudo Outra Vez”, que, de forma autobiográfica e emocionante, resume a trajetória do artista contada até ali.
 
A série “Diretores de Arte”, dirigida por Flávio Ramos Tambellini, debate o lugar dos profissionais da direção de arte no cinema e traz, a cada episódio, um diretor ou diretora de arte de grande relevância para o cinema brasileiro e latino-americano. Eles contam sobre suas trajetórias, processos criativos, influências e sobre a relação que constroem com outros membros da equipe de produção de um filme — como diretores, fotógrafos e figurinistas — para sua concepção visual. Dividida em dez episódios, a série entrecorta os depoimentos dos diretores de arte com cenas de filmes dos quais participaram.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato