TV por Assinatura fechou 2015 com uma queda de 2,8%, a primeira desde 2002



As operadoras de TV por assinatura perderam, no ano de 2015, um total de 535 mil assinantes, ou uma queda de 2,8%, fechando dezembro com 19,05 milhões de acessos, 0,6% menos que em novembro e -2,4% em relação a dezembro de 2014,  segundo dados da Anatel divulgados nesta sexta, 29. A queda anual acabou sendo menor do que o acumulado dos últimos 12 meses registrados em novembro porque dezembro foi um pouco menos ruim para o mercado (perda de 113 mil acessos, contra uma perda de 235 mil acessos que havia sido registrada no ano anterior, e porque o mês de novembro de 2014 havia sido especialmente ruim para o mercado, e agora este mês deixa de entrar na conta de variação anual. De qualquer maneira, foi o primeiro ano em que o mercado de TV por assinatura perdeu base desde 2002.

Em números absolutos, foram 117.312 desligamentos em relação a novembro, ou 468.328 cancelamentos sobre um ano antes.

A empresa que mais perdeu clientes no ano foi a Telecom Americas (que reúne Claro e NET), que desligou 273.612 acessos. Em seguida veio a Sky, com 199.308 cancelamentos ao longo de 2015. A Oi também registrou saldo negativo de 78.338 acessos. A Telefônica, já contando a incorporação da GVT, registrou crescimento na base de 136.247 acessos.

Apesar dessas flutuações, em participação de mercado pouco mudou. A Telecom Americas se manteve na liderança do mercado, com fatia 51,96%. A segunda posição é da Sky, com 28,58% dos acesso de TV paga no país. Em terceiro fica a Telefônica, como 9,39%, e em quarto, a Oi, com 6,13%.

O mês de dezembro foi positivo para as operadoras Net, que cresceu 28,8 mil clientes, para 7,165 milhões de acessos; para a Sky, que voltou a crescer em dezembro, acumulando 31,17 mil novos assinantes e chegando a 5,44 milhões de assinantes; e Oi, que cresceu 1,4 mil clientes e totalizou 1,168 milhão de assinantes. Quem mais perdeu base foi a Claro HDTV, que viu uma erosão de 113 mil clientes em dezembro, fechando o mês e o ano com 2,732 milhões de assinantes. Com isso, o grupo América Móvil (que inclui a Net) perdeu 92 mil assinantes no mês, totalizando 9,9 milhões de assinantes de TV paga.

SAIBA MAIS:

Desempenho anual

A Net foi a operadora que mais cresceu em 2015. A expansão da operadora, segundo dados da Anatel, foi de 365 mil clientes, ou 5,3%. Já a Claro HDTV foi a que mais perdeu base no ano, com 650 mil assinantes a menos (uma queda de quase 20%). A Sky perdeu quase 200 mil assinantes em 2015 no Brasil, com uma retração de 3,6%, e a Oi perdeu 134 mil clientes, com uma queda de 10,4%. A GVT (hoje Vivo TV) cresceu 13,7%, ou 121 mil clientes, e a Vivo TV cresceu cerca de 2%, ou 15,22 mil clientes.

Tecnologias

Quanto às tecnologias usadas, o satélite (usado por Claro, Oi, Sky e Telefônica) foi o que teve maior quantidade de abandonos. Os acessos do tipo caíram 1,13% entre novembro e dezembro. No ano, o tombo foi de 6,95%, com perda de 829.990 acessos em relação a dezembro de 2014.

A fibra (FTTH) cresceu em todos os meses, mas ainda se mostra pouco presente em relação às demais tecnologias. No ano, ganhou 75.752 mil acessos, expandindo-se em 79,7%. O cabo, usado principalmente pela NET, continuou sendo bastante usado, apresentando também crescimento. Ganhou 288.252 ao longo de 2015, uma melhora de 3,86%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 29, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Tabela de perdas e ganhos:


Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.