Quase 20% dos consumidores vão trocar TV paga por Netflix e TV aberta


Assinantes devem trocar TV paga por serviços mais baratos como Netflix. (Reprodução)
Segundo um estudo realizado pela CVA Solutions revela que os consumidores não estão satisfeitos com os serviços de TV por assinatura. Tanto é assim que 75,9% dos entrevistados dizem que mudariam de marca se fosse mais simples, especialmente em busca de menores custos, e 11,5% informam que já cancelaram a assinatura para usar apenas Netflix e TV aberta. E 4,8% dizem que nos próximos seis meses pretendem cancelar sua TV por assinatura e continuar apenas com Netflix. 

O relatório mostra que existe, sim, uma concorrência direta dos serviços online como o Netflix. Perguntados sobre qual a maneira que costumam assistir filmes, 32,8% dos entrevistados responderam que o fazem pelo Netflix (via internet). Na semana passada, a ABTA lançou uma pesquisa de mercado onde diz que TV paga não é um serviço que possa ser caracterizado como supérfluo.

O estudo sobre TV por Assinatura da CVA Solutions ouviu 4.502 pessoas que citaram Claro TV, CTBC-ALGAR, GVT, NET, Oi, Sky e Vivo TV (TVA ou Telefonica).  A média de gasto mensal com TV por Assinatura caiu de 140,00, em 2015, para R$139,00.

Recomendação e Migração

Em recomendação líquida,  o estudo aponta que a Sky tem um índice de 24,2%, seguida pela GVT/Vivo, pela Algar, e pela NET. Em uma possível migração, dos 75,9% de consumidores que dizem que mudariam de marca se fosse fácil e descomplicado, a GVT/Vivo seria beneficiada com um aumento de 3,8% pontos percentuais em seu market share.

Em Valor Percebido (custo-benefício percebido pelos clientes) a Sky continua a primeira colocada, com índice 1,04, seguida pela GVT/Vivo e Claro. A operadora que detém a maior Força da Marca (a atração menos rejeição perante clientes e não clientes) em TV por Assinatura também é a Sky (com 29,9%). Na segunda colocação está a Net, seguida por GVT/Vivo.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.