TV paga fecha setembro positivo ganhando mais de 20 mil novos assinantes


TV paga fecha setembro com saldo positivo. (Divulgação)
A base da TV paga avançou 0,13% em setembro, de acordo com dados da Anatel divulgados na quarta-feira, 9. No total, foram 18,957 milhões de acessos, com adição de 23.878 assinantes um aumento de 0,13% comparado a agosto, ou quase 51 mil adições líquidas. Em ano que vai sendo marcado por flutuações na base e que no acumulado ainda registra a perda de 156,1 mil assinantes. O avanço não foi maior por conta da queda dos acessos de cabo (0,31%) no período, totalizando 7,843 milhões. Aliás, esse é o fato curioso: a operação de cabo da Net Serviços, que até hoje havia passado incólume pela retração do mercado de TV paga, apresentou uma pequena queda, de menos de 1 mil assinantes, fechando em 7,287 milhões de clientes. O crescimento do grupo América Móvil, em setembro, foi puxado pela operação de DTH da Claro TV,  que cresceu 16 mil clientes, para 2,59 milhões de assinantes. As operações da Blue ainda são computadas de maneira separada pela Anatel, apesar de pertencerem ao grupo. Se elas entrarem na conta (são todas operações de cabo), o grupo mexicano cresceu ainda mais 8 mil clientes na tecnologia. Assim, o grupo América Móvil chegou a 9,99 milhões de clientes de TV paga.

Ainda assim, a tecnologia de satélite (DTH) continuou como a mais popular e ainda obteve o maior crescimento: 43,5 mil adições, ou 0,40%, total de 10,894 milhões de acessos. A tecnologia por fibra aumentou 2,48% (total de 212 mil acessos).

A variação do número de assinantes em 2016 (sempre em relação ao mês anterior):

• Janeiro: -56.251
• Fevereiro: -66.637
• Março: -35.629
• Abril: -43.529
• Maio: -3.729
• Junho: +5.649
• Julho: +44.646
• Agosto: -21.512
• Setembro: +23.878

Em relação ao mês anterior os números ficaram estáveis, crescimento de 0,1%. No entanto, em relação à setembro de 2015, a base de assinantes apresentou retração de cerca de 3%, queda de 557.838 assinantes. O serviço está presenta nos lares em 27%.

A maior parte da queda foi de responsabilidade dos pequenos provedores, categorizados na Anatel como "outros". Foram 30,3 mil desligamentos no mês (queda de 8,55%), totalizando 323,9 mil acessos. A líder de mercado, a América Móvil (Claro, Embratel e Net). totalizou 9,878 milhões de acessos, aumento de 0,16%. Já a segunda maior, a Sky, obteve avanço de 0,26% e totalizou 5,337 milhões de acessos. A Telefônica ficou praticamente estagnada no mês com avanço de 0,02%, total de 1,762 milhão de acessos. Por sua vez, a Oi aumentou em 1,34% sua base, somando 1,259 milhão de acessos.

Entre os provedores, os mexicanos da Telecom Americas (Net/Claro/Embratel) lideram com 52,1% dos assinantes, seguidos pela Sky, com 28,15%; a Telefônica, com 9,3% e a Oi, com 6,6%.

Em comparação de agosto a setembro, a Claro hdtv ganhou 16,459 mil novos assinantes (2,59 milhões), já sua irmão NET perdeu 718 mil assinantes (7,287 milhões), e a Sky ganhou 13.926 mil novos assinantes (5,33 milhões), a Oi TV ganhou 16,608 mil novos assinantes (1,259 milhão), e a Telefônica fechou com um pequena adição de 427 novos assinantes. (1,762 milhões)  Os pequenos operadores perderam, somados, 3 mil clientes e hoje representam uma base de 502 mil assinantes.

Olhando-se os números sob a óptica anual, no entanto, vê-se que o setor ainda não conseguiu superar a forte retração vista em 2015. Comparando-se os dados de setembro deste ano com o mesmo mês um ano atrás, o saldo de acessos ainda é negativo em 2,86%. Ou seja, 557,8 mil assinantes cancelaram seus serviços de TV.

Grupo2015-092016-082016-09Saldo MensalVariação Mensal (%)Saldo AnualVariação Anual (%)
ALGAR (CTBC TELECOM)108.721100.461100.090-371-0,37-8.631-7,94
BLUE156.307109.595117.5357.9407,24-38.772-24,81
CABO50.32150.95650.783-173-0,344620,92
NOSSATV130.443127.269127.4161470,12-3.027-2,32
OI1.170.5381.242.4161.259.02416.6081,3488.4867,56
Outras391.220354.253323.947-30.306-8,55-67.273-17,20
SKY/AT&T5.537.9565.323.6105.337.53613.9260,26-200.420-3,62
TELECOM AMERICAS10.133.0979.862.8359.878.51515.6800,16-254.582-2,51
TELEFÔNICA1.836.9941.762.4861.762.9134270,02-74.081-4,03
TOTAL19.515.59718.933.88118.957.75923.8780,13-557.838-2,86

Claro, que opera principalmente com a marca Net, e AT&T (Sky) perderam a maioria dos acessos. A Claro desligou 254 mil clientes em um ano, enquanto a Sky, 200 mil. Das quatros maiores empresas a operar TV paga no país, apenas a Oi ampliou sua base, fechando 88,4 mil novos contratos desde setembro de 2015. A Telefônica perdeu 74 mil acessos. Nada mudou, no entanto, em termos de liderança e concentração de mercado, com Claro e Sky abocanhando mais de 80% do mercado.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.