Home Top Ad

Canal Brasil - Destaques da programação de 11 a 17 de dezembro

Share:

Destaques da programação Canal Brasil. (Imagem/Divulgação)
Conheça os destaques da programação do Canal Brasil de 11 a 17 de dezembro.

SEGUNDA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO

 “DUNAS DO BARATO” (2017) (5 X 25’)
- Episódio: As Musas e Os Poetas
- Horário: Segunda, às 18h
- Reestreia - Reprise
- Classificação: 12 anos

Sinopse: Dividido em cinco episódios, o programa dirigido por Olivio Petit promove uma volta ao passado por meio de imagens e depoimentos para relembrar o Píer de Ipanema, desmontado em 1975, e que propiciou o encontro de uma turma de artistas, poetas e revolucionários durante quatro anos, enquanto o Brasil vivia sob a Ditadura Militar. 

A construção, projetada para erguer um emissário que levaria o esgoto da cidade ao mar, propiciou também o surgimento de ondas perfeitas para surfistas e dunas que impediam a visão de pedestres no asfalto.

Neste episódio: No episódio de estreia da série, personalidades resgatam a história das musas e dos poetas que surgiram nas areias de Ipanema, no Rio de Janeiro, em 1970.  

“ESPELHO” – APRESENTAÇÃO LÁZARO RAMOS
- Episódio: Fábio Carvalho
- Horário: Segunda, às 21h30
- 12ª temporada - Reprise
- Classificação: Livre

Sinopse: A 12ª temporada da atração comandada e criada pelo apresentador, ator, diretor e escritor Lázaro Ramos traz novidades e abertura repaginada. “Quando o ‘Espelho’ surgiu, em 2005, pretendíamos levantar a autoestima negra e debatê-la, o que é bem diferente de reduzir a discussão ao racismo”, analisa o anfitrião. “Com o passar dos anos, compreendemos que poderíamos conversar sobre qualquer tema. O tempo nos fez agregar mais gente, porém, o que nunca mudou é a nossa procura incansável em trazer convidados que tenham ideias diversas e que abordem questões urgentes para a sociedade”, explica Lázaro sobre o programa, que já ultrapassou a marca de 300 entrevistados em sua trajetória.

Um dos destaques do novo ano é a interatividade: os convidados recebem perguntas enviadas pelo Twitter. “Estas participações inúmeras vezes mudam o rumo da conversa. E ressaltam nosso motriz em realizar entrevistas relevantes sobre comportamento e cultura”, resume Lázaro.

Neste episódio: Fábio Carvalho defende a importância do resgate de suas raízes e identidade cultural. Músico e produtor, o convidado fala sobre os diferentes projetos socioculturais que desenvolve.

FAIXA DA MEIA-NOITE: “ELETROGORDO” 
- Episódio: Nestor Bertolino
- Horário: Segunda, à 0h05 
- Nova temporada - Inédito
- Classificação: 14 anos

Sinopse: Vocalista da banda punk Ratos de Porão, João Gordo fez história nos palcos com suas letras anárquicas e apresentações agressivas, e se aventurou no mundo da televisão, como anfitrião em programas cômicos, como talk shows politicamente incorretos. Sob direção de André Barcinski - o apresentador conduz a segunda temporada de sua atração no Canal Brasil num cenário que é uma oficina de eletrodomésticos velhos. Seus entrevistados também freqüentadores.

Neste episódio: Conhecido pelos trabalhos em programas humorísticos, Nestor Bertolino fala sobre sua carreira na TV e participações marcantes, como o anão diabo no programa “O Estranho Mundo de Zé do Caixão”.

TERÇA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO

DUNAS DO BARATO
Episódio: A Obra E Os Pioneiros
Horário: Terça, às 18h
Classificação: 12 anos

Sinopse: Dividido em cinco episódios, o programa promove uma volta ao passado por meio de imagens e depoimentos para relembrar o Píer de Ipanema, desmontado em 1975, e que propiciou o encontro de uma turma de artistas, poetas e revolucionários durante quatro anos, enquanto o Brasil vivia sob a Ditadura Militar. 

A construção, projetada para erguer um emissário que levaria o esgoto da cidade ao mar, propiciou também o surgimento de ondas perfeitas para surfistas e dunas que impediam a visão de pedestres no asfalto.

Neste episódio: Da construção do píer ao primeiro campeonato de surf sediado no local, o episódio resgata a história do surgimento das dunas de Ipanema e a chegada dos seus primeiros frequentadores.

“BIPOLAR SHOW”
- Episódio: Marcos Veras
- Horário: Terça, às 21h30
- 3ª temporada - Inédito
- Classificação: 14 anos

- Sinopse: Uma nova temporada crua e essencial, diretamente das ruínas do Cassino da Urca e do campus da UFRJ.

Neste episódio: "Fazer monólogo é muito solitário". Michel Melamed e Marcos Veras compartilham o gosto pouco saudável por café e ensinam uma importante palavra da língua portuguesa a um estudante francês.

FAIXA DA MEIA-NOITE: “TRANSANDO COM LAERTE” 
- Episódio: MC Linn da Quebrada
- Horário: Terça, à 0h
- Nova temporada - Reprise
- Classificação: 12 anos

Sinopse: Laerte Coutinho é uma das mais irreverentes e provocantes figuras da cultura brasileira. A cartunista transgênero é referência artística quando o assunto é criar personagens politicamente incorretos e de humor ácido, desenvolvidos em pequenas frases. Saindo do mundo das tirinhas e embarcando ao universo da televisão, a chargista retorna ao Canal Brasil para investigar temas contemporâneos a partir de entrevistas com os mais diversos convidados, entre atores, músicos e companheiros de profissão.

Neste episódio: Laerte recebe a cantora MC Linn da Quebrada para um bate-papo sobre liberdade de expressão, sexualidade e experimentações corporais.

QUARTA-FEIRA, 13 DE DEZEMBRO

DUNAS DO BARATO
- Episódio: A Arte Faz a Moda
- Horário: Quarta, às 18h
- Classificação: 12 anos

Sinopse: Dividido em cinco episódios, o programa promove uma volta ao passado por meio de imagens e depoimentos para relembrar o Píer de Ipanema, desmontado em 1975, e que propiciou o encontro de uma turma de artistas, poetas e revolucionários durante quatro anos, enquanto o Brasil vivia sob a Ditadura Militar. 
A construção, projetada para erguer um emissário que levaria o esgoto da cidade ao mar, propiciou também o surgimento de ondas perfeitas para surfistas e dunas que impediam a visão de pedestres no asfalto.

Neste episódio: O episódio destaca como as artes plásticas ganharam espaço na década de 1970, influenciando o vestuário dos frequentadores de Ipanema e se tornando referência de moda jovem.

“A ARTE DO ENCONTRO”
- Episódio: Carolina Jabor
- Horário: Quarta, às 21h30
- Nova temporada - Inédito
- Classificação: Livre

Sinopse: Após 13 episódios comandados por Tony Ramos, Bárbara Paz assume o lugar do ator no programa “A Arte do Encontro”, do Canal Brasil. A passagem de bastão acontece na quarta-feira, dia 25, às 21h30, quando a atriz realiza uma entrevista com o próprio Tony. 

Assim como seu antecessor, Barbara recebe convidados para um encontro intimista, onde há apenas os envolvidos e uma pequena mesa. Bárbara abre uma conversa em torno de histórias de vida, infância e família, entremeadas por trajetórias profissionais. Entre as entrevistas, a apresentadora faz leituras de trechos de livros relacionados à personalidade participante. 

Depois de entrevistar Tony Ramos, é a vez de Selton Mello. Ao longo dos episódios dirigidos por Felipe Nepomuceno e Walter Carvalho, há participações de Pedro Bial, Antonio Pitanga, Mariana Lima, Bráulio Tavares, Michel Melamed, Chico Diaz, entre outros.

Neste episódio: Bárbara Paz recebe a cineasta Carolina Jabor. Juntas, realizam leitura dramatizada de “O Princípio de Arquimedes”, de Josep Maria Miró, inspiração de “Aos Teus Olhos”, último trabalho da diretora.
.
FAIXA DA MEIA-NOITE: “PORNOLÂNDIA”
- Episódio: Amor, amizade, sexo e Chico Cesar
- Horário: Quarta, à 0h05 
- Nova temporada - Reprise
- Classificação: 16 anos 

Sinopse: Na nova temporada, a musa da pornochanchada Nicole Puzzi reúne convidados de diversos ramos dentro do universo do entretenimento adulto. A direção é de Roy Rufião, conhecido por produzir filmes eróticos nada convencionais.

Neste episódio: Nicole Puzzi recebe Chico César para um bate-papo sobre música e poesia. Cantor e escritor, o convidado mostra seu trabalho e fala sobre a relação das suas obras com a temática erótica.

QUINTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO

DUNAS DO BARATO
Episódio: Explosão Cênica
Horário: Quarta, às 18h
Classificação: 12 anos

Sinopse: Dividido em cinco episódios, o programa promove uma volta ao passado por meio de imagens e depoimentos para relembrar o Píer de Ipanema, desmontado em 1975, e que propiciou o encontro de uma turma de artistas, poetas e revolucionários durante quatro anos, enquanto o Brasil vivia sob a Ditadura Militar. 

A construção, projetada para erguer um emissário que levaria o esgoto da cidade ao mar, propiciou também o surgimento de ondas perfeitas para surfistas e dunas que impediam a visão de pedestres no asfalto.

Neste episódio: O episódio destaca a expansão do cinema e teatro na cena cultural carioca dos anos 1970. Da liberdade audiovisual ao engajamento dos grupos teatrais, a juventude influenciou diversas formas de expressão.

“O PAÍS DO CINEMA” 
- Episódio: Canastra Suja
- Horário: Quinta, às 21h30
- 2ª temporada - Inédito
- Classificação: 14 anos

Sinopse: Na segunda temporada, Fabiula Nascimento volta à função de apresentadora conversando com realizadores do cinema nacional sobre clássicos e filmes recém-lançados. Mas agora, conta ela, o papo será bem menos técnico do que no primeiro ano. “Nosso filho cresceu. A primeira experiência é sempre no escuro, não sabíamos como o público ia receber, como eu me sairia. Foi uma tentativa de todos nós e foi difícil porque era uma temporada bastante técnica, com pouquíssimos atores. Agora, fomos mais para o processo de feitura do filme, para a memória emotiva”, explica Fabiula.

São 26 episódios dirigidos por Marcello Ludwig Maia e Gigi Soares. Fabiula recebeu seus entrevistados num estúdio dentro da Fundição Progresso na Lapa, Rio. O cenário, elaborado por Batman Zavarese, faz projeções com uma leitura própria sobre cada filme. A trilha sonora é de Jorge Du Peixe, vocalista da banda Nação Zumbi.

Neste episódio: Fabiula Nascimento recebe o cineasta Caio Sóh e o ator Pedro Nercessian para um bate-papo sobre o filme “Canastra Suja”.

FAIXA DA MEIA-NOITE: “NASI NOITE ADENTRO” 
- Episódio: A Loja De Discos
- Horário: Quinta, à 0h 
- Nova temporada - Inédito
- Classificação: 14 anos

Sinopse: Os mistérios, segredos e personagens mais excêntricos da noite paulistana estão de volta ao Canal Brasil. Na nova temporada do programa comandado pelo vocalista do Ira!, o público acompanha as aventuras do anfitrião por lugares ainda mais inusitados da maior metrópole da América Latina.

Neste episódio: Luiz Calanca é o dono da emblemática loja de discos “Baratos Afins”. O convidado fala sobre sua gravadora homônima, marco da cena independente, e como virou um traficante em uma música de Eric Burdon

SEXTA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO

“FORA DE QUADRO” (2015) 
Episódio: 3
Horário: Sexta, às 15h30
Reestreia - Reprise
Classificação: 16 anos

Sinopse: Série de comédia retrata os bastidores nada glamorosos de uma produtora de cinema, a partir das histórias de quem faz a magia acontecer do outro lado das câmeras. 

Neste episódio: O ex-noivo de Lica aparece na Babel Cinematográfica, e Adri fica com ciúmes da chegada do rapaz. A cozinheira Belkis vai fazer de tudo para convencer Mumu a levá-la à praia.

“WERNER E OS MORTOS” (2017) 
Episódio: Match Point
Horário: Sexta, às 16h
Reestreia - Reprise
Classificação: 14 anos

Sinopse: Werner (Adriano Basegio) consegue falar com os mortos após o falecimento de sua esposa e começa a fazer missões para as almas penadas em troca de favores pessoais. 

Neste episódio: Desconfiada de uma possível injustiça, uma juíza procura Werner para investigar um famoso caso de assassinato que julgou antes de morrer.

“INSÔNIA” (2016) 
Episódio: Ivan O Terrível - Retrato de um Canalha
Horário: Sexta, às 16h30
Reestreia - Reprise
Classificação: 14 anos

Sinopse: Em uma mistura de suspense e comédia, a série narra a saga de transformação de um pacato jornalista em um vampiro. 

Neste episódio: Ivan começa a ganhar destaque na redação e assume um cargo de confiança. Desconfiado da situação, Leon relembra a saga profissional do colega de trabalho canalha.

“DÉCIMO ANDAR” (2016) 
Episódio: Velho pra Gandalf
Horário: Sexta , às 17h
Reestreia - Reprise
Classificação: 14 anos

Sinopse: O cotidiano repleto de humor e bizarrices de uma grande e burocrática empresa. 

Neste episódio: Com baixo orçamento, Jorginho tem dificuldades para fechar o elenco do seu remake. Lully descobre que irá trabalhar com uma agência de marketing agressivo na campanha da cerveja da empresa.

DUNAS DO BARATO
Episódio: O Som e O Fim
Horário: Sexta, às 18h
Classificação: 12 anos

Sinopse: Dividido em cinco episódios, o programa promove uma volta ao passado por meio de imagens e depoimentos para relembrar o Píer de Ipanema, desmontado em 1975, e que propiciou o encontro de uma turma de artistas, poetas e revolucionários durante quatro anos, enquanto o Brasil vivia sob a Ditadura Militar. 

A construção, projetada para erguer um emissário que levaria o esgoto da cidade ao mar, propiciou também o surgimento de ondas perfeitas para surfistas e dunas que impediam a visão de pedestres no asfalto.

Neste episódio: O episódio resgata a explosão criativa vivida no cenário musical após a efetivação da censura. Os entrevistados relembram o último verão no píer e falam sobre os frutos dessa geração.

“O SOM DO VINIL”
- Episódio: Bossa Negra, Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda
- Horário: Sexta, às 21h30
- 11ª temporada - Reprise
- Classificação: Livre 

Sinopse: Charles Gavin continua, no décimo-primeiro ano da série, sua investigação sobre a história da música nacional. Sob direção de Gabriela Gastal, Gavin entrevista algumas das mais importantes personalidades do ramo para lembrar curiosidades e bastidores de discos fundamentais da história do cancioneiro brasileiro. 
Neste episódio: Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda falam sobre o disco “Bossa Negra”, lançado em 2014. Os músicos relembram o surgimento do projeto, suas principais inspirações e a repercussão do trabalho.

FAIXA DA MEIA-NOITE: “302” 
- Episódio: Monik
- Horário: Sexta, à 0h 
- Nova temporada - Inédito
- Classificação: 14 anos

Sinopse: Fotógrafo consagrado pelo olhar perspicaz e retratos impactantes em preto e branco, Jorge Bispo traz novamente para o Canal Brasil, em sua quarta temporada, um de seus projetos mais ousados. Em seu próprio apartamento ele recebe 26 mulheres comuns que toparam tirar a roupa à frente de sua câmera. Longe dos rígidos padrões de beleza estabelecidos pelas celebridades por ele já clicadas, cujas fotos estamparam capas das principais publicações do país, Bispo traz à tela uma iniciativa artística e minimalista. 

Neste episódio: A mineira Monik tem 29 anos. A convidada fala sobre as dificuldades na infância em função da depressão e do suicídio de sua mãe, a luta para não seguir no mesmo caminho e a força que encontra em seu filho.

“AMOR DE 4” (2017) 
Episódio: Aberta a Temporada de Caça
Horário: Sexta, à 0h15 
Reestreia – Reprise
Classificação: 16 anos

Sinopse: Um complexo jogo de sedução entre dois casais jovens e bonitos, reunidos em uma casa de veraneio. 

Neste episódio: Alain chega de viagem e descobre que, na sua ausência, Elisa e Miguel passaram dois dias sozinhos. Flávia volta para casa e resolve reatar com Miguel.

“FIM DO MUNDO” (2016) 
Episódio: O Dia Em Que Céu Casou
Horário: Sexta, à 0h45
Reestreia – Reprise
Classificação: 16 anos

Sinopse: Após uma série de infortúnios na cidade grande, mãe e filho precisam recomeçar a vida no interior, onde as leis obedecem a questionáveis verdades. 

Neste episódio: Quando chega o dia do casamento de Céu, todos se mobilizam em torno da festa. Cristiano tenta desvendar os segredos que cercam sua família, mas é surpreendido pelas provocações de Joaninha.

SÁBADO, 16 DE DEZEMBRO

ANIMA MUNDI BRASIL (2017) 
- Horário: Sábado, às 21h30
- Classificação: 16 anos
- Episódio: A Água que nos Transforma
- Sétima temporada – Inédito

Sinopse: Sob a curadoria de Aida Queiroz, César Coelho, Marcos Magalhães e Léa Zagury – esta última também responsável pela direção do programa –, as animações escolhidas mostram o que há de mais belo, moderno e interessante sendo produzido pela nova geração de talentos nos últimos anos. 

Transitando entre o stop motion, a animação em 2D e 3D, animação de bonecos e rotoscopia, desenho direto na película e técnicas mistas, a série busca desvendar as diferentes abordagens da arte animada, suas mais diversas estéticas e formatos de produção. Com base no melhor do acervo do festival Anima Mundi, cada episódio do programa gira em torno de uma temática específica. “Seres Extraordinários”, “A Vida em um Sopro”, “Momentos Insólitos” e “Desafiando o Destino” são alguns dos temas abordados nesta temporada, que traz 36 curtas-metragens de animação.

Neste episódio: A água é o tema central do episódio, que traz dois curtas-metragens: "Tango", dirigido por Pedro Gingo e Francisco Gusso, e "Animais", de Guilherme Alvernaz, ambos de 2016.

TANGO (2016) (12’)
Direção: Francisco Gusso e Pedro Giongo 

Sinopse: Em um vilarejo distante, uma batata mística anuncia o recomeço de um novo ciclo. Após uma longa estiagem a população se mobiliza para o tradicional ritual de sacrifício de Tango no centro da cidade. Durante a festa as águas do Rio Aiatak retornam e junto com ele a vida que resiste ate a chegada de uma nova anunciação. Inspirado no conto "Um Artista da Fome", de Franz Kafka, "Tango" e um mergulho na natureza humana e Em suas contradições.

ANIMAIS (2017) (12’)
Direção: Guilherme Alvernaz

Sinopse: Em meio a um ambiente devastado, figuras humanas se movem como animais em busca da sobrevivência. Nessa jornada, macacos, elefantes e leões se cruzam num experimento visual de animação.

DOMINGO, 3 DE DEZEMBRO

“INVENTORES DO BRASIL”
- Episódio: Juscelino Kubitschek
- Horário: Domingo, às 21h30
- Reprise
- Classificação: Livre

Sinopse: A história de um país é escrita por aqueles que, ao longo dos tempos, lutaram por seus ideais e defenderam aquilo que acreditavam contribuir para o futuro de uma sociedade. São cinco séculos de um Brasil marcado pela pluralidade, que é resultado da mistura de cada brasileiro, seja ele índio, descendente de colonos portugueses, de africanos que foram escravizados ou de imigrantes. “Inventores do Brasil”, série com apresentação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso perfila 19 desses brasileiros que caminharam promovendo mudanças. A atração tem direção de Bruno Barreto e roteiro do próprio Fernando Henrique, ao lado de Elio Gaspari.

Neste episódio: Eternizado pela expressão “50 anos em 5”, Juscelino Kubitschek e sua campanha pela modernização do Brasil são tema do episódio.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.