Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaques de 11 a 17 de dezembro

Share:

Filmes de Destaques da programação do Canal Brasil. (Imagem/Divulgação)
Conheça os filmes que estão em destaques na programação do Canal Brasil de 11 a 17 de dezembro.

SEGUNDA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO

“É TUDO VERDADE”: JOVEM AOS 50  (2016) (120’)
- Apresentação: Amir Labaki
- Horário: Segunda, dia 11, às 22h.
- Classificação: 12 anos
Direção: Sérgio Baldassarini Júnior

Sinopse: O documentário parte de uma extensa pesquisa de discos, filmes e imagens de arquivos da televisão brasileira para contar como foi o início do chamado “iê-iê-iê” – expressão em português retirada do “yeah-yeah-yeah” de She Loves You, um dos primeiros sucessos de The Beatles, conjunto seminal para o rock no mundo e, consequentemente, para a Jovem Guarda. A narração do diretor guia o espectador pelos detalhes da história antes do surgimento do programa comandado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa, lembrando trabalhos de bandas como Golden Boys, The Clevers, The Fevers e Renato e Seus Blue Caps, entre outras. Como os lançamentos internacionais demoravam a chegar ao Brasil à época, artistas nacionais se consagraram produzindo versões em português de clássicos americanos e europeus.

A produção reúne depoimentos de mais de 50 cantores e compositores brasileiros que fizeram sucesso na época. Erasmo fala sobre a inspiração para suas principais canções, e Wanderléa comenta a empolgação de participar de um movimento tão novo. Os integrantes da banda The Jordans resgatam uma fita antiga de um memorável encontro com os famosos rapazes de Liverpool, e Caetano lembra a passeata contra a guitarra elétrica comandada por Elis Regina e Gilberto Gil – apesar do baiano ter usado o instrumento para se apresentar ao lado de Rita Lee e Arnaldo Baptista, membros de Os Mutantes. Há ainda o resgate da figura polêmica de Carlos Imperial, e a rivalidade criada entre Ronnie Von e Roberto Carlos, concorrentes em emissoras de televisão distintas. Tudo reunido em uma obra indispensável para os amantes do rock nacional.

TERÇA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO

REAL BELEZA (2015) (84’)
- Horário: Terça, dia 12, às 22h
- Classificação: 14 anos
- Direção: Jorge Furtado

Sinopse:  A história de João, um fotógrafo que procura potenciais candidatas a modelo em cidades do interior do Rio Grande do Sul. João, depois de muitos testes, encontra uma jovem de rara beleza, Maria. Ela não aparece para a segunda etapa dos testes e João parte em sua procura. João conhece Anita, mãe de Maria, que lhe informa que o pai (Pedro) não quer que a menina abandone os estudos. Pedro e Maria viajaram, João decide esperar seu regresso, está determinado a fazer novos testes com a jovem, vê nela um grande potencial. Enquanto espera, João se apaixona por Anita. Pedro e Maria voltam para casa. Pedro é trinta anos mais velho que Anita e está praticamente cego. João faz uma nova sessão de testes com Maria e confirma a proposta: Maria é a escolhida, vai assinar um contrato com a agência, iniciar uma carreira. João, apaixonado por Anita, que levar a mãe, junto com a filha.

QUARTA-FEIRA, 13 DE DEZEMBRO

GONZAGA – DE PAI PRA FILHO (2012) (120’)
- Horário: Quarta, dia 13, às 22h
- Classificação: 12 anos
- Direção: Breno Silveira

Sinopse: Um pai e um filho, dois artistas, dois sucessos. Um do sertão nordestino, o outro carioca do Morro de São Carlos; um de direita, o outro de esquerda. Encontros, desencontros e uma trilha sonora que emocionou o Brasil. Esta é a história de Luiz Gonzaga e Gonzaguinha, e de um amor que venceu o medo e o preconceito e resistiu à distância e ao esquecimento.

QUINTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO

TRAMPOLIM DO FORTE (2010) (90’)
- Horário: Quinta, dia 14, às 22h 
- Classificação: 16 anos
- Direção: João Rodrigo Mattos

Sinopse: O Trampolim do Forte é o mágico local onde, através dos saltos, Déo (Lúcio Lima) e Felizardo (Adailson dos Santos) buscam a força necessária para enfrentar a sua dura realidade.

SEXTA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO

“CINEMÃO”: O PALHAÇO (2011) (88’)
- Horário: Sexta, dia 15, às 22h
- Classificação: 10 anos
- Direção: Selton Mello

Sinopse: Benjamim (Selton Mello) trabalha no Circo Esperança com seu pai Valdemar (Paulo José), com quem forma a dupla de palhaços Pangaré & Puro Sangue. Benjamim sai em busca de uma linda garota por quem ficou interessado. No caminho, o circense colhe desilusão e revê seus conceitos, além de cruzar com as mais insólitas figuras. É o caso do delegado mal-humorado (Moacyr Franco), do sertanejo Juca Bigode (Jackson Antunes), da prostituta Tonha (Fabiana Karla), do inusitado funcionário público (Ferrugem) e dos hilários mecânicos Beto e Deto (ambos interpretados por Tonico Pereira). Em tempos de tecnologia avançada e com os sofisticados efeitos visuais, o diretor optou por revelar o cotidiano simples, pobre e difícil do circo. Não o mundo das grandes companhias, mas a pequena trupe do interior do país, que tem dificuldades financeiras e burocráticas, mas sobrevive graças ao sentimento de união entre os artistas e o amor pelo que se faz.

SÁBADO, 16 DE DEZEMBRO

O SILÊNCIO DO CÉU (2016) (103’)
- Horário: Sábado, dia 16, às 22h
- Classificação: 16 anos
- Direção: Marco Dutra

Sinopse: Em seu filme mais recente, o cineasta apresenta logo nas primeiras tomadas o acontecimento responsável pelo trauma dos protagonistas, e trabalha com o suspense após o abalo. Na sequência inicial, Mario (Leonardo Sbaraglia) está chegando em casa quando se depara com um crime bárbaro. Pela janela, ele vê a esposa, Diana (Carolina Dieckmann), sendo violentada sexualmente por dois homens, que a ameaçam com uma faca no pescoço e cobrem sua boca de forma a evitar os gritos da vítima. A partir desse momento, o filme desenrola os imbróglios da relação de um casal em eterna negligência de seus problemas.

O abuso é o ponto de partida da narrativa, que se dedica posteriormente a observar como os cônjuges lidam com o caso. Aos poucos, o espectador conhece a história do casal, entende como a brasileira mudou-se para Montevidéu para acompanhar o marido, nota seu trabalho em um ateliê de moda com Elisa (Paula Cohen) e sua forma de cuidar dos dois filhos gerados pelo relacionamento, e também se depara com os dilemas que dissecam as características de ambos os personagens.

DOMINGO, 17 DE DEZEMBRO

“CONE SUL”: ZONA SUR (2010) (108’)
- Horário: Domingo, dia 17, às 22h
- Classificação: 16 anos
Inédito e exclusivo
- Direção: Juan Carlos Valdivia

Sinopse: A obra é inteiramente rodada em uma casa de alto luxo da zona sul da La Paz, capital boliviana, uma área nobre da cidade. A residência é comandada com mão de ferro por Carola (Ninón Del Castillo), uma mulher da alta sociedade local, sempre preocupada em manter a aparências de ser a matriarca de uma família perfeita. Elegante, bonita e exigente, a socialite cria os três filhos com alguma distinção, sendo sempre mais dura com Bernarda (Mariana Vargas) e utilizando um tom mais brando com Patricio (Juan Pablo Koria) e com o pequeno Andy (Nicolas Fernandez). O domicílio também é moradia de Wilson (Pascual Loayza) e Marcelina (Viviana Condori), dois funcionários indígenas de origem Aymará prontos a servir os rígidos padrões de qualidade da chefe no cotidiano repleto de eventos entre amigos ricos e poderosos.

O premiado roteiro discorre sobre uma série de conflitos de classes, abordando temas como decadência financeira, xenofobia e relações trabalhistas abusivas. Mesmo com grande parte da população descendente de tribos nativas, os indígenas são, até os dias atuais, considerados uma espécie menos evoluída e sofrem com posições subalternas no mercado. A família ainda guarda os costumes nobres do passado, mas vê a ascensão da classe trabalhadora como uma ameaça ao seu secular poder. Todas as questões são trabalhadas pela direção em planos-sequências longos e majoritariamente circulares, de forma a mostrar não apenas no conteúdo, mas também no campo da estética e fotografia, o dia a dia de uma família que acredita ser o centro de um mundo que gira ao seu O filme película conquistou as láureas de melhor direção e roteiro – além de indicação ao grande prêmio do júri – no Festival de Sundance (Estados Unidos). O filme conquistou as láureas de melhor direção e roteiro – além de indicação ao grande prêmio do júri – no Festival de Sundance (Estados Unidos).




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.