Home Top Ad

Telecine Cult exibe o "Especial Antoine Doinel" neste sábado

Share:

As aventuras de Antoine Doinel. (Imagem/Divulgação)
Uma das maiores marcas de François Truffaut é o personagem Antoine Doinel, alter ego do próprio cineasta, que está em diversos de seus filmes, de variadas épocas. Neste sábado, 16 de dezembro, a partir das 17h30, o Telecine Cult convida o público a embarcar nas aventuras de Doinel, com uma maratona de quatro produções - os longas Os Incompreendidos, Domicílio Conjugal e O Amor em Fuga, e o curta-metragem Antoine e Colette, também disponíveis no Telecine Play.

O especial começa com o primeiro longa de Truffaut como diretor: Os Incompreendidos. Já em sua estreia, ele foi premiado no Festival de Cannes. Interpretado por Jean-Pierre Léaud, o jovem parisiense Antoine Doinel é um filho negligenciado pela mãe, Gilberte (Claire Maurier), e pelo padrasto, Julien (Albert Rémy), e vive mentindo para ocultar suas fugas da escola. Depois de períodos conturbados com a família, Antoine decide sair de casa e passa a viver de pequenos roubos. Na sequência, às 19h20, vai ao ar o curta Antoine e Colette, com a segunda aparição de Doinel. Amadurecido, o rapaz se despede do passado delinquente e começa a trabalhar numa loja de discos. Ele toma mais juízo ainda quando conhece Colette (Marie-France Pisier), por quem se apaixona. Quando ele percebe que a moça o vê apenas como amigo, tudo muda entre eles.

Às 20h05, Jean-Pierre Léaud dá vida, mais uma vez, a Antoine Doinel em Domicílio Conjugal, que aborda o casamento do personagem com Christine Darbon (Claude Jade). Enquanto ele trabalha tingindo flores, a esposa dá aulas particulares de violino. Christine espera seu primeiro filho e, quando está próximo de seu nascimento, Antoine decide procurar um emprego melhor para sustentar a família, que está aumentando. Mas junto com o novo serviço vem a tentação: ele conhece a exótica Kyoko (Hiroko), com quem tem um caso que põe em risco sua união com Christine.

Os conflitos entre o casal continuam no longa O Amor em Fuga, destaque da programação às 22h. Com mais de 30 anos, Antoine Doinel é recém-divorciado e faz uma retrospectiva de sua vida amorosa, desde sua primeira paixão: Colette (Marie-France Pisier). Premiado no César por sua trilha sonora, o longa também foi destaque no Festival de Berlim ao ser indicado ao Urso de Ouro.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.