Home Top Ad

FOX Sports seleciona as três narradoras vencedoras do projeto 'Narra Quem Sabe'

Share:

FOX Sports escolhe as três narradoras vencedoras do projeto ‘Narra Quem Sabe’. (Imagem: Reprodução)
Liderado pela jornalista Vanessa Riche, o projeto 'Narra Quem Sabe' chegou ao fim neste sábado, 12 de maio, e definiu as três narradoras que entram para o time FOX Sports da cobertura da Copa do Mundo da Rússia: Isabelly Morais, Manuela Avena e Renata Silveira. O trio vai entrar para a história: pela primeira vez, uma mulher vai narrar um jogo do evento na TV brasileira. Ao todo, a emissora vai transmitir os 64 jogos do torneio, nos canais FOX Sports e FOX Sports 2, com programas ao vivo, diretamente da Rússia e do Brasil.

Cerca de 45 dias após o pontapé inicial do processo seletivo, iniciado em fevereiro, seis meninas disputavam as últimas vagas. Na edição de sábado, as meninas assistiram junto com Vanessa Riche os principais momentos do treinamento - como a visita à sede da CBF no Rio, para conhecer o técnico da seleção brasileira Tite -, reviveram suas conversas com os Talentos FOX Sports e receberam a notícia ao vivo pela apresentadora.

Com apenas 20 anos, Isabelly Morais é a narradora mais jovem da casa. No fim de 2017, se tornou a primeira mulher a narrar uma partida de futebol em Belo Horizonte, pela Rádio Inconfidência. A partir disso, a mineira começou a participar cada vez mais de debates sobre futebol em programas esportivos. Muito feliz com o resultado final, Isabelly quer alçar voos mais altos, fazendo sua voz sair de Minas Gerais para correr o país todo.

"Já tinha uma experiência em rádio, mas é completamente diferente o que vivemos em TV. Por mais que o rádio tenha me preparado muito bem para enfrentar diversas situações que passamos durante esse período na FOX, o tom da narração de TV é outra. Essa é minha primeira oportunidade e logo com narração, na Copa. Todo mundo que ama futebol sonha em trabalhar com uma Copa e eu vou ter essa chance com 20 anos!", ressaltou Isabelly, radiante com o resultado.

Formada em publicidade, com pós-graduação em Gestão Esportiva, Manuela Avena não pensava em trabalhar diretamente com futebol até bem pouco tempo atrás. Sem poder comparecer ao palco durante o anúncio final do projeto, a baiana de 29 recebeu a notícia de uma forma peculiar. Ela estava no interior de Petrolina, Pernambuco, para celebrar o casamento de sua irmã, marcado coincidentemente para o mesmo dia da final. Através de um link e com a ajuda da repórter da FOX Sports Carol Patatt, a finalista acompanhou a decisão direto da cerimônia.

"Foi muito interessante a vibração de todo mundo com o casamento e com o resultado, foi inesquecível. Minha irmã e toda família estavam muito felizes! Foram duas coisas maravilhosas ao mesmo tempo, dois sonhos realizados. Comemoramos do início ao fim, não poderia ter sido de uma melhor forma", contou Manuela. A baiana completa: "Aprendi muito profissionalmente e, também, pessoalmente, durante o processo. Nunca tinha narrado, tive que criar uma Manuela narradora, que eu achava legal em cima da minha personalidade. Sei que tem muita resistência do mercado quanto a uma mulher narrando, então queria que fosse o melhor possível para o telespectador", afirma a vencedora.

O trio fica completo com Renata Silveira, que carrega na bagagem a experiência de já ter narrado um jogo de Copa do Mundo pela Rádio Globo. Ciente da oportunidade única de fazer a narração do principal torneio de futebol do mundo, a carioca nunca baixou a cabeça. Formada em educação física e com pós-graduação em jornalismo esportivo, Renata contou quer ver o projeto crescendo cada vez mais.

"Esse processo da FOX foi muito bom porque tivemos um treinamento do início ao fim: preparação com ponto, treinamento direto do estádio, papo com os Talentos FOX Sports. Todo esse apoio nos ajudou muito!", comenta Renata. "Estou estudando bastante. Temos que nos preparar muito porque é uma responsabilidade enorme. De início, o público vai nos ver com dúvida, mas temos que dar o nosso melhor para provar que somos capazes de fazer um trabalho bom, para que isso se propague e se perpetue. Acredito que essa iniciativa da FOX Sports vai fazer com que outras mulheres passem a ver a narração como uma forma de profissão. Quando você não vê ninguém como referência, você nem imagina fazer aquilo", diz a carioca.  

Para o Talento FOX Sports, João Guilherme, o narrador é o elemento que traz a emoção além do que o telespectador está vendo, maior do que o futebol já proporciona normalmente. "Imagina você em um estádio, com milhares de pessoas, com uma narração no seu ouvido. Você fica ainda mais emocionado do que quando está apenas vendo o gol", afirmou.

Outro talento da emissora, Nivaldo Prieto, ficou feliz em ver mulheres chegando em um espaço ainda dominado por homens. "Se você pegar todos os narradores da FOX Sports, eles têm estilos diferentes. Cada um preenche um requisito daquilo que o telespectador, que está em casa, quer de um narrador. Elas vêm para fazer parte desse time e trazer coisas novas. Ao longo desses anos, vi pouquíssimas mulheres trabalhando como narradoras, mas, agora, temos um time aqui com a gente", analisou Nivaldo.



Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.