Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 30 de julho a 05 de agosto

Share:

(Imagem/Divulgação)
Conheça os filmes em destaque na programação do Canal Brasil de 30 de julho a 05 de agosto.

O Fabuloso Zé Rodrix (2017)(82’)
Horário: SEGUNDA, DIA 30, ÀS 22H
INÉDITO E EXCLUSIVO
Apresentação: Amir Labaki
Direção: Léo Côrtes
Classificação: 12 anos

É difícil imaginar um campo no qual Zé Rodrix não tenha se destacado. Autor e instrumentista, formou um trio brilhante ao lado de Luiz Sá e Guttemberg Guarabyra, assinou canções épicas como Casa no Campo, eternizada na voz de Elis Regina, capitaneou o folk do rock rural e começou um flerte entre a MPB e o punk. O músico compôs jingles de sucesso na publicidade, escreveu o livro Diário de um Construtor do Tempo, conquistou um Kikito no Festival de Gramado pela trilha sonora de Batman e Robin (1993) e assinou a direção musical dos espetáculos teatrais Não Fuja da Raia e Nas Raias da Loucura, estrelados por Claudia Raia e dirigidos por Silvio de Abreu. O cineasta Léo Côrtes adapta para o cinema a biografia homônima escrita por Toninho Vaz.

O documentário costura memórias de quem conviveu com esse plural artista da nossa história. Os depoimentos reforçam a genialidade dessa figura ímpar, autodidata e fluente em diversas línguas e habilidoso em instrumentos de técnicas distintas como piano, acordeão, flauta, bateria, saxofone, trompete e violão. Imagens de acervo remontam a carreira do compositor, lembrando sua participação com o grupo Momento4uatro ao lado de Edu Lobo, Marília Medalha e o Quarteto Novo no 3º Festival da Música Brasileira, a apresentação com Elis Regina no Festival da Canção de Juiz de Fora ao som de Casa de Campo, considerada expoente do rock rural, sua colaboração nos arranjos de Secos & Molhados, disco de estreia do conjunto homônimo, e a aproximação com o punk no grupo Joelho de Porco.

Aos teus olhos (2018)(75’)
Horário: TERÇA, DIA 31, ÀS 22H
INÉDITO e EXCLUSIVO
Direção: Carolina Jabor
Classificação: 16 anos

Rubens (Daniel de Oliveira) é um professor de natação de uma turma infantil em um tradicional clube de esportes. O protagonista é amado pelos alunos devido ao seu jeito extrovertido e simpático com todos, querido por Ana (Malu Galli), diretora da associação, e conta com a confiança dos pais dos pequenos membros de sua equipe. Toda a segurança de seu trabalho, no entanto, é posta em xeque quando Alex (Luiz Felipe Melo), um de seus pupilos, o acusa de ter lhe beijado à força. Indignada com o suposto assédio sofrido pelo filho, a mãe do guri divulga a denúncia em um grupo de uma rede social formado pelos pais dos demais membros da turma. Automaticamente, sem qualquer prova do acontecido além da palavra do menino, tem início o linchamento virtual do professor, com protestos veementes e agressivos de todos.

Real beleza (2015)(84’)
Horário: QUARTA, DIA 01, ÀS 22H
Direção: Jorge Furtado
Classificação: 14 anos

João (Vladimir Brichta) é um fotógrafo decadente, procurando uma nova modelo para relançar a sua carreira. Ele parte para o sul do Brasil, onde fotografa dezenas de adolescentes, até se encantar com a beleza de Maria (Vitória Strada), que deseja transformar em modelo internacional. Mas Pedro (Francisco Cuoco), o pai da garota, se opõe à carreira profissional da filha. Durante uma viagem de Pedro, João tem um caso amoroso com Anita (Adriana Esteves), mãe de Maria.

Divinas Divas (2017)(110’)
Horário: QUINTA, DIA 02, ÀS 13H30
Direção: Leandra Leal
Classificação: 14 anos

A coprodução do Canal Brasil, eleita pelo público do Festival do Rio como melhor documentário, resgata a história da primeira geração de artistas travestis a fazer sucesso na agitada cena cultural do Rio de Janeiro. Aos 17 anos, Leandra Leal fazia pesquisa para viver nova personagem e descobriu uma história familiar ainda inédita. Seu avô foi pioneiro ao abrir o próprio palco, o Teatro Rival, há mais de cinco décadas para um show protagonizado por homens vestidos de mulher. Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios marcaram época com um espetáculo transgressor, quebrando paradigmas e enfrentando o regime militar. Em sua estreia na direção, a atriz traz o reencontro das Divinas Divas, em um filme repleto de histórias deliciosas sobre a carreira dessas icônicas artistas da contracultura.

A Busca (2017)(97’)
Horário: SEXTA, DIA 03, ÀS 22H
Direção: Luciano Moura
Classificação: 12 anos

Theo (Wagner Moura) e Branca (Mariana Lima) passam por uma grave crise no relacionamento e relutam contra um iminente processo de divórcio. A separação dos pais é responsável pelo comportamento arisco e agressivo de Pedro (Brás Antunes), um adolescente de 14 anos revoltado com a situação familiar. Uma nova briga entre os protagonistas leva o rapaz a tomar uma medida extrema e, desesperado, ele foge de casa dizendo que iria passar o fim de semana com um colega de turma. O sumiço do jovem insere marido e mulher em uma angustiante saga de poucas pistas sobre o paradeiro do garoto.

Orfeu (1998)(100’)
Horário: SÁBADO, DIA 28, ÀS 22H
Direção: Cacá Diegues
Classificação: 14 anos

Baseado na peça de Vinícius de Morais, o filme conta a história de um jovem líder de Escola de Samba, principal poeta e compositor, Orfeu (Toni Garrido) que se apaixona por Eurídice (Patrícia França), recém-chegada de uma pequena cidade na floresta amazônica. Assim divide sua atenção: entre os quatro dias de carnaval e Eurídice, até que ela é vítima de traficantes de drogas que dominam a área em que mora. O exemplo de Orfeu, de sua arte e de sua paixão, serve de instrumento de vitória na luta de sua comunidade contra a violência cotidiana.

As más intenções (2011)(110’)
Horário: DOMINGO, DIA 05, ÀS 22H
Direção: Rosario Garcia-Montero
Classificação: 10 anos

A diretora Rosario Garcia-Montero era apenas uma criança no início da década de 1980 quando o grupo terrorista Sendero Luminoso surgiu no Peru e começou a espalhar uma onda de ataques violentos pelo país. A pouca idade impediu a cineasta de assimilar a situação real, condição compreendida apenas com a chegada da maturidade.

Cayetana de los Heros (Fatima Buntinx) é uma menina de oito anos, filha de pais separados e membros da burguesia rica de Lima, capital do Peru. Ela demonstra um comportamento estranho e atípico para sua idade, sempre com tiradas de cunho depressivo e comicidade duvidável, e possui interesse especial pelos heróis de guerra de seu país, como Túpac Amaru. Precisando de atenção depois de anos de negligência dos pais e de viver basicamente sob os cuidados dos empregados da casa, a pequena traça um plano: morrer no dia do nascimento de seu novo irmão, de forma a entrar para a memória da nação como seus ídolos.

QTH (2016)(94’)
Horário: DOMINGO, DIA 29, ÀS 22H
Direção: Alex Tossenberger
Classificação: 12 anos

O cineasta Alex Tossenberger joga luz a um episódio ainda obscuro e negligenciado pela sétima arte de seu país, A Guerra das Malvinas, acompanhando o moroso cotidiano de oficiais à espera do iminente confronto. A direção posta suas câmeras em uma base militar localizada no Canal Beagle, um estreito entre as ilhas e o arquipélago da Terra do Fogo, na ponta do continente sul-americano. Dois jovens fuzileiros (Gonzalo López Jatib e Juan Manuel Barrera) são alocados no posto comando por um oficial não comissionado (Osqui Guzmán) e um cabo (Jorge Sesán). Sem nunca terem disparado um tiro sequer no treinamento, os soldados devem apenas controlar o tráfego marinho dos poucos barcos a passar pela região, perguntando aos comandantes seu QTH – código internacional militar referente a posição de latitude e longitude. O cotidiano, tanto no trabalho, quanto nos muitos momentos de folga, é moroso, e os quatro solitários habitantes da região vivem o medo e a expectativa de um conflito próximo.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.