Home Top Ad

SporTV e Globoesporte.com batem recorde histórico de audiência com Copa do Mundo 2018

Share:

(Imagem/Divulgação)
Não foi desta vez que o Brasil conquistou o hexacampeonato, mas, para SporTV e Globoesporte.com, o Mundial da Rússia trouxe grandes vitórias: esta foi a Copa de maior audiência no país. A liderança do SporTV foi constante na TV Paga, do início do dia, ao fim, durante todo o período do Mundial.

“Foi a primeira vez em que a mesma equipe trabalhou para Globo, SporTV e globoesporte.com. Produzimos 600 horas de conteúdo para as três plataformas.  Talvez tenha sido a Copa que fomos mais eficientes e criativos”, afirma Renato Ribeiro, diretor de Conteúdo da área de Esportes do Grupo Globo.

SporTV bateu seu recorde histórico, registrando crescimento de 68% em relação à Copa de 2014. Foi o canal mais assistido da PayTV no período, tanto total do dia, quanto horário nobre. Foram 18,8 milhões de telespectadores atingidos pelas transmissões dos jogos, e 33 milhões alcançados com a programação da Rede SporTV. Até mesmo entre mulheres, e entre jovens de 12 a 18 anos, o canal foi líder com as transmissões.

Troca de Passes e Seleção SporTV, programas que foram exibidos após o último jogo de cada dia, foram líderes absolutos em audiência entre todos os canais da PayTV, durante o período, atingindo mais de 18 milhões de pessoas de pessoas.

Globoesporte.com também quebrou seu recorde histórico com transmissões ao vivo. Durante o período da Copa, foram 8,7 milhões de usuários por dia, passando pela plataforma. Crescimento de aproximadamente 2 milhões, em relação aos outros dias do ano. Destaque para a disputa pelas oitavas de final entre Colômbia x Inglaterra, decidida nos pênaltis, atraiu 1,3 milhão de pessoas.

Esta foi, definitivamente, uma Copa de complemento entre as mídias. Enquanto os cinco Jogos da Seleção Brasileira foram os mais assistidos na TV, no Digital com Globoesporte.com e SporTV Play, o Top 5 não inclui Brasil, e, sim, outras partidas, com destaque para seleções da Argentina e Bélgica, em dias de semana, horário comercial.

“Foi um resultado maravilhoso. Além das transmissões ao vivo, foi importante a forma como falamos da Copa com linguagens diferentes. A Central da Copa, na Globo, e o Zona Mista, no Sportv, foram boas maneiras de se falar de Copa de outra maneira para outros públicos”, conclui Renato.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.