Home Top Ad

No Mundo da Bola recebe o experiente técnico gaúcho Valdir Espinosa neste domingo na TV Brasil

Share:

(Imagem/Divulgação TV Brasil)
O programa esportivo No Mundo da Bola debate a delicada situação dos treinadores no futebol nacional que são demitidos com poucos jogos no comando de um time. Para discutir a polêmica questão, o apresentador Sergio du Bocage e o comentarista Márcio Guedes entrevistam o experiente técnico gaúcho Valdir Espinosa neste domingo (27), ao vivo, às 21h, na TV Brasil.

A tradicional mesa redonda veiculada pela emissora pública aborda o tema na pesquisa do dia. Demitir o técnico é a melhor opção para melhor o desempenho time? Os torcedores podem participar mandando sua opinião através de mensagem pelo WhatsApp (21) 97148-9270.

A atração esportiva revela que até o final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2018 foram demitidos 19 técnicos, uma média de um por rodada. O recorde negativo foi há três anos, em 2015, quando ocorreram 32 dispensas.

A produção mostra, ainda, que entre os cinco primeiros colocados na tabela de classificação – São Paulo, Internacional, Flamengo, Grêmio e Palmeiras - nenhum dos clubes trocou de treinador até agora. O No Mundo da Bola destaca que alguns deles, inclusive, têm comandantes pouco experientes como o caso de Maurício Barbieri, jovem de apenas 36 anos e mais novo que alguns atletas do elenco rubro-negro.

A chegada de medalhões pode influenciar no ânimo e performance das equipes? O veterano campeão mundial Luiz Felipe Scolari voltou ao Palmeiras e deu nova cara ao time paulista que, agora, já ocupa o quinto lugar na competição nacional.

Outros temas do bate-papo

Além da condição dos técnicos no país, o No Mundo da Bola também mostra os gols e discute os resultados dos jogos das primeiras rodadas do returno da série A do Campeonato Brasileiro. Também acompanha a série B da competição.

O programa também traça um panorama sobre a situação dos clubes brasileiros nas competições internacionais como Sul-Americana e Taça Libertadores da América.

A convocação da seleção brasileira pelo técnico Tite com diversos jogadores de clubes brasileiros envolvidos nas semifinais da Copa do Brasil no início de setembro também será repercutida pelos comentaristas.

Três dos quatro times classificados para as fases decisivas do torneio têm pelo menos um jogador que deve desfalcar suas equipes para representar a amarelinha no primeiro teste da seleção após a Copa do Mundo em amistosos nos Estados Unidos. As diretorias de Flamengo, Cruzeiro e Corinthians tentam convencer a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a dispensar seus atletas da segunda partida. O Palmeiras não teve jogadores chamados por Tite.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.