Home Top Ad

Quarta temporada de 60 Dias Infiltrados na Prisão estreia no A&E

Share:

(Imagem/Divulgação A&E)
A partir de 24 de agosto ás 20h, sexta-feira, o A&E apresenta a quarta temporada da série de sucesso 60 Dias Infiltrados na Prisão (60 Days In). Neste audacioso experimento social, um grupo de inocentes permanece por vontade própria durante dois meses em uma prisão de segurança máxima, oferecendo ao telespectador um olhar autêntico sobre o que é viver em uma cadeia.

Pelo segundo ano consecutivo, a série se passa na penitenciária do condado de Fulton, em Atlanta, uma das mais perigosas dos Estados Unidos, onde a violência, o consumo de drogas e as gangues correm de forma desenfreada. Com identidades falsas e secretas, oito participantes se infiltrarão na cadeia, se juntando a um nono integrante, Nate, que participou da terceira temporada. Ali, se farão passar por presos, viverão as privações do cárcere sem que os oficiais e os demais internos saibam quem são e por que estão lá.

Os participantes, que vão mergulhar fundo no mundo dos detentos durante dois meses, são: Alan Oliver, um policial que pretende mudar a percepção atual dos norte-americanos sobre os agentes da lei; Andrew Fellows, um professor mórmon que quer expandir seu universo e fazer companhia para o pai, Matt, também voluntário nesta edição; Angele, uma jovem escritora que busca entender o que seus amigos e familiares viveram dentro da cadeia; Emmanuel, um nigeriano formado em Sociologia e Biologia, e que atua na área de Saúde Pública; Jaclin, ex-usuária de drogas; Johnny, ex-integrante de gangue; Matt, mestre em artes marciais e ex-capelão de uma prisão estadual; Stephanie, técnica em Farmácia, uma das únicas de sua família ter sido presa e a completar o Ensino Médio; e Nate, que já participou da terceira temporada, é ex-militar e agente da Marinha.

Esses novos voluntários têm a tarefa de descobrir a maior quantidade possível de informações sobre o funcionamento interno da cadeia, e repassá-las ao chefe da instituição, o coronel Mark Adger, um dos únicos funcionários da prisão que sabe sobre esse experimento. Segundo Adger, 20% dos 2.500 internos fazem parte de gangues, como uma forma de se encaixar no sistema. O desafio de 60 Dias Infiltrados na Prisão é obter uma compreensão mais profunda do sistema de justiça penal para ajudar a promover mudanças dentro da penitenciária.

A temporada terá uma mudança inesperada quando um dos participantes revela a verdade sobre os prisioneiros infiltrados, alterando o objetivo da série. Por esse motivo, Adger teve que finalizar as gravações da temporada antecipadamente, uma vez que a atitude desse participante comprometeu a segurança dos outros infiltrados.

No episódio de estreia, um especial com duas horas de duração, O começo do fim, dois dos participantes já estão na prisão e outros três entram para a segunda fase. Esta nova etapa acaba com as expectativas dos envolvidos, reabre velhas feridas e ameaça colocar todo mundo em perigo.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.