Home Top Ad

Samba na Gamboa da TV Brasil celebra uma década com novo visual a partir desta sexta

Share:

(Imagem/Divulgação TV Brasil)
A TV Brasil estreia a sétima temporada do Samba na Gamboa nesta sexta (24), às 21h45. A produção musical alcança a marca de dez anos na telinha, atualiza sua identidade visual e reforça a missão de inventariar o melhor do samba e da MPB. O cantor e compositor Diogo Nogueira, apresentador do programa, também festeja uma década de carreira.

A nova leva de atrações inéditas reúne ícones da música brasileira. O bamba Martinho da Vila é homenageado na estreia da temporada. Anfitrião e convidado falam sobre os 80 anos do músico e sua importante trajetória no samba. Entre uma história e uma risada, entoam sucessos do experiente artista que marcaram época no gênero como "Canta, canta minha gente", "Ex-amor" e "Disritmia".

Ao combinar música e bate-papo informal, o programa da TV Brasil construiu um formato que levanta o astral do telespectador. "O Samba na Gamboa é um bate papo gostoso, uma conversa de botequim, descontraído, em que a gente conversa e canta samba. Quer coisa melhor?", explica Diogo Nogueira.

Para marcar uma década de sucesso, a produção da emissora pública inova com um cenário original e reformula a cara do Samba na Gamboa sem esquecer a identidade que é a marca do programa: a espontaneidade das rodas de samba. A atração é realizada pela TV Brasil em parceria com a produtora Giros.

Artistas consagrados e talentos da nova geração presentes na sétima temporada

Nesta sétima temporada, em 21 edições de 52 minutos, o sambista Diogo Nogueira recebe nomes aclamados e artistas em início de carreira de várias vertentes da música nacional. A nova geração está representada por jovens talentos que estão conquistado espaço como Arlindinho, Juninho Thybau, Mingo Silva e Nego Álvaro, entre tantos outros.

Já a turma com a bagagem de anos na estrada reúne astros como Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Sombrinha, Tereza Cristina, Roberta Sá, Antonio Carlos e Jocafi, Xande de Pilares, Pretinho da Serrinha e Nilze Carvalho, além dos grupos Fundo de Quintal, Amigos do Pagode 90 e Casuarina.

Produzido pela TV Brasil em parceria com a Giros, o Samba na Gamboa tem direção geral de Belisário França. A banda que acompanha Diogo Nogueira no programa é formada por Alceu Maia (produção musical e cavaquinho), Cacau de Castro (surdo), Carlinhos de Castro (pandeiro), Daniel Félix (percussão), Victor Neto (sopros) e Wallace Peres (violão sete cordas).

No ar toda sexta-feira, às 21h45, o Samba na Gamboa também pode ser acompanhado pela TV Brasil nas madrugadas de sexta para sábado, às 4h45, e aos sábados, às 18h30. As edições do programa também ficam disponíveis no site da TV Brasil. O serviço de vídeo sob demanda pode ser acessado no endereço: http://tvbrasil.ebc.com.br/sambanagamboa.

Histórico de encontros na atração com personalidades da música nacional

Era final de 2008 quando um jovem e ainda pouco conhecido Diogo Nogueira assumiu o compromisso de comandar o Samba na Gamboa, a então nova série musical da TV Brasil. A ideia era combinar papo descontraído com apresentações marcantes de astros e novatos.

De lá pra cá, o jovem talento da nova geração, filho do saudoso João Nogueira, conduziu 202 episódios e recebeu cerca de 400 artistas dos mais variados estilos e regiões do país. A atração revela, através da versatilidade desse gênero tão popular, a onipresença do samba na produção musical brasileira.

Símbolo máximo dessa representatividade, as rodas do Samba na Gamboa já promoveram histórias das mais saborosas e encontros tão inusitados como o de Marcelo D2 e Monarco, Adriana Calcanhotto e Jards Macalé, Gabriel O Pensador e Mr. Catra.

Provando que o gênero não está restrito à carioquice da Gamboa, Diogo Nogueira e sua banda já gravaram programas em São Paulo e festejaram gêneros musicais dos quatro cantos do país. Com esse histórico de respeito, a atração da TV Brasil olha pra frente e pede passagem para seguir sua proposta de reverenciar a riqueza do cancioneiro nacional.

Pelos palcos do Samba na Gamboa passaram grandes medalhões da música brasileira como Caetano Veloso, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Alcione, Beth Carvalho, Noca da Portela, João Bosco, Jorge Benjor, Elza Soares e Zeca Pagodinho e talentos em ascensão como Roberta Sá, Mart’nália e Teresa Cristina, hoje também consagradas.

Graças a sua longevidade, a produção da emissora pública também é responsável por fazer últimos registros de grandes bambas que se foram, como Dona Ivone Lara, Walter Alfaiate, Emílio Santiago, Jair Rodrigues e Luiz Melodia.

Capitaneado por Diogo Nogueira, sambista símbolo da renovação do gênero, o Samba na Gamboa estreia a sétima temporada seguindo a sua vocação de unir astros e músicos em ascensão para noitadas de muito samba e boas histórias.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.