Home Top Ad

No Mundo da Bola discute futebol-arte e preservação histórica neste domingo na TV Brasil

Share:

(Imagem/Divulgação TV Brasil)
O programa esportivo No Mundo da Bola reflete sobre o futebol-arte e a história do esporte na edição deste domingo (9), ao vivo, às 21h, na TV Brasil. Na pauta da tradicional mesa redonda estão ainda os amistosos da seleção brasileira, a rodada do Campeonato Brasileiro e os prêmios de melhor jogador e técnico do ano da Fifa.

Para conversar sobre esses assuntos, o apresentador Sergio du Bocage e o comentarista Márcio Guedes recebem o jornalista inglês Tim Vickery, correspondente da BBC no país, e o experiente jornalista e historiador Antonio Carlos Napoleão que atua na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os convidados conversam sobre o Museu da Seleção Brasileira, espaço moderno e tecnológico com telões interativos que traçam a história do futebol canarinho e fica na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

A partir da tragédia com o Museu Nacional no último domingo, os participantes da mesa redonda destacam a importância de se valorizar a história, investir nos museus e preservar itens que ajudam a contar o passado e o presente.

A seleção brasileira faz dois amistosos no mês de setembro nos Estados Unidos. São as primeiras partidas do elenco treinado pelo técnico Tite após a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Os comentaristas destacam os convocados e a expectativa para a nova etapa que inclui a Copa América em 2019 no Brasil.

Apesar de ter jogadores com técnica indiscutível na equipe, como o craque Neymar, a seleção nacional não conseguiu o hexacampeonato na Rússia. O último título mundial do Brasil foi há 16 anos na Copa de 2002. Os comentaristas discutem se tática, força e velocidade valem mais que o futebol-arte.

A pesquisa do dia questiona exatamente se o futebol-arte virou peça de museu. Os torcedores podem participar mandando sua opinião através de mensagem pelo WhatsApp (21) 97148-9270.

Melhores do Mundo da Fifa

Ainda nesse tema, o No Mundo da Bola aborda os finalistas dos prêmios de melhor técnico, jogador e jogadora de futebol na temporada. Entre os treinadores, o badalado Pep Guardiola que comanda o Manchester City ficou de fora. Os franceses Didier Deschamps, técnico da seleção campeã mundial deste ano, e Zinedine Zidane, que recentemente deixou o Real Madrid, disputam com Zlatko Dalic, treinador que levou a Croácia ao vice-campeonato na Copa.

A lista final dos atletas masculinos também trouxe surpresa. O argentino Lionel Messi também não está entre os três melhores jogadores do Mundo pela primeira vez desde 2006. A Fifa anunciou que a decisão segue entre o português Cristiano Ronaldo, o croata Luka Modric e o egípcio Mohamed Salah.

Entre as mulheres, a brasileira Marta concorre mais uma vez entre as três finalistas ao título de melhor jogadora da temporada. A camisa 10 da seleção brasileira avança na disputa pelo prêmio. Marta foi vencedora cinco vezes e finalista em 14 oportunidades.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.