Home Top Ad

Sambista Wilson Moreira é homenageado no Recordar é TV da TV Brasil

Share:

(Imagem/Divulgação TV Brasil)
Morto na semana passada, o cantor e compositor Wilson Moreira é o homenageado do programa Recordar é TV, que vai ao ar amanhã, dia 11, às 22h45, na TV Brasil. O Recordar é TV resgata trechos de programas  exibidos na antiga TV Educativa, hoje TV Brasil, como “A Vida é um show”; “Vai passar”, atração comandada por Fernando Lobo e J.A. Medeiros; e "Saravá, tio samba", apresentado pelo parceiro Nei Lopes. 

 Natural de Realengo, subúrbio carioca, Wilson Moreira fez uma parceria de mais de quatro décadas com o amigo e também sambista Nei Lopes. Juntos, eles escreveram mais de 400 músicas que foram gravadas por artistas como Alcione, Beth Carvalho, Jair Rodrigues, Martinho da Vila, Dona Ivone Lara, Moacyr Luz e Elza Soares. Criações da dupla fizeram sucesso com Clara Nunes (“Coisa da Antiga”, 1977), Beth Carvalho (“Goiabada Cascão”, 1978), Alcione (“Gostoso Veneno”, 1979), entre outros. 

 Além de Nei Lopes, Wilson também teve outros parceiros como Zeca Pagodinho, com quem criou “Judia de Mim” e “Quintal do Céu”. Wilson Moreira deixou um disco com músicas inéditas pronto, “Tá com Medo, Tabaréu?”, com direção musical de Paulão 7 Cordas. O disco foi viabilizado por uma campanha de arrecadação na internet.

 Wilson Moreira, que ganhou a vida como agente penitenciário, foi um dos fundadores da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel, no fim dos anos 1960. Anos mais tarde, ingressou na Portela e ajudou a "erguer" o Clube do Samba e do Grêmio Recreativo de Arte Negra e Samba Quilombos. Wilson era amigo de grandes nomes do samba, como Nelson Cavaquinho, Candeia e Nelson Sargento. 

 Wilson Moreira tinha câncer na próstata havia dez anos e não resistiu a problemas renais. Morreu aos 81 anos, na quinta-feira passada, no Rio de Janeiro. 




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.