Home Top Ad

A&E - Destaques da programação de 12 a 18 de novembro

Share:

Imagem/Divulgação A&E
Conheça os destaques da programação do canal A&E de 12 a 18 de novembro. O canal estreia a terceira temporada da produção original Até Que a Morte Nos Separe (12), o longa brasileiro O Som ao Redor (13) e o especial O Massacre de Jonestown (18).

O canal apresenta ainda episódio inéditos de Vidas Interrompidas (em novo dia e horário), NCIS: New Orleans e As Filhas da Poligamia.

ESTREIA - 12/11, segunda-feira, 20h

A&E estreia a nova temporada da série nacional Até Que a Morte nos Separe

Até Que a Morte Nos Separe uma das séries brasileiras de maior sucesso do A&E está de volta em sua terceira temporada. Uma coprodução com a Prodigo Films, a série aborda, a cada episódio, a investigação de um crime passional, que aconteceu no Brasil de 2004 a 2012. Em comum, os crimes têm uma linha tênue entre paixão e ódio; e os casos apresentados, em sua maioria feminicídios, foram julgados no tribunal e testam os limites da compreensão humana.

Inspirados nos filmes e seriados policiais dos anos 50 e 60, como se houvesse um detetive à frente das investigações, os episódios apresentam as versões dos dois lados, com depoimentos de familiares, amigos, psiquiatras forenses, juristas, advogados, promotores, detetives, jornalistas e psicólogos. A narração ficou a cargo do músico e ator Paulo Miklos, ex-integrante da banda Titãs.

O episódio de estreia, Dia dos Namorados macabro, conta a história do casal formado pela jornalista Beatriz de Oliveira Rodrigues e o empresário Luiz Henrique Sanfelice. Para a sociedade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, o casal era considerado perfeito. Ricos, bonitos e bem-sucedidos, os dois eram cheios de amigos, pais de um menino saudável e desfrutavam uma vida tranquila e confortável. Mas, quando completaram doze anos de casamento, o corpo de Beatriz apareceu carbonizado dentro do carro do marido. Quem poderia ter cometido tamanha barbárie? E por que? Classificação indicativa: 16 anos

NOVO DIA E HORÁRIO - 12/11, segunda-feira, 21h

No episódio inédito de Vidas Interrompidas, investigação resulta em uma descoberta macabra

Vidas Interrompidas (Snapped), série do A&E, agora em novo dia e horário, analisa casos de mulheres que empunharam uma arma como uma saída “fácil” para seus problemas, pelos mais diferentes motivos, como ciúmes, ganância de abocanhar um bom seguro de vida ou o cansaço carregado por anos de violência doméstica.

Em formato de documentário, cada episódio conta a história de uma mulher acusada de homicídio e mostra que, mesmo aquela que nunca seria considerada como suspeita do menor delito pode, sim, ser capaz de matar.

No ar desde 2004, Vidas Interrompidas apresenta entrevistas com pessoas envolvidas com os casos, incluindo oficiais de justiça, advogados, jornalistas, amigos e membros das famílias das vítimas e da mulher suspeita, e, muitas vezes, depoimentos da própria acusada ou assassina confessa.

Em Rose Chase, o misterioso desaparecimento de um pai muito jovem desencadeia várias suspeitas na família e uma série de revelações que terminam em uma descoberta macabra. Que tipo de segredos ele ocultou? Seu passado encoberto retornou para reivindicar uma dívida? CI: 14 anos

ESTREIA – 13/11, terça-feira, 18h30

A&E estreia o premiado filme nacional O Som ao Redor, dirigido por Kleber Mendonça Filho

Nesta terça-feira, o A&E apresenta o inédito O Som ao Redor, longa vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, em 2014, por melhor roteiro adaptado, e de mais 30 prêmios, em festivais nacionais e internacionais.

Na trama, uma empresa particular é contratada para fazer a segurança de uma rua de classe média de Recife (PE) e dar um pouco de tranquilidade aos seus moradores. No entanto, a iniciativa toma um rumo inesperado e, para alguns, a presença dos guardas cria mais tensão do que alívio. Em paralelo, Bia (Maeve Jinkings, Aquarius), casada e mãe de duas crianças, tem de lidar com o barulhento cachorro de seu vizinho. CI: 16 anos

14/11, quarta-feira, 21h35

A equipe de NCIS: New Orleans investiga o assassinato de um comandante da Marinha, em episódio inédito

Na quarta temporada de NCIS: New Orleans, série exclusiva do A&E, o agente Dwayne Pride (Scott Bakula) e sua equipe deverão enfrentar uma série de eventos adversos para manterem-se firmes na luta contra o crime na cidade de New Orleans.

No final da terceira temporada, cansado da corrupção do prefeito Douglas Hamilton, o agente Pride o sequestrou, para confrontá-lo e fazer com que confessasse seus delitos. Assim, conseguiu revelar a rede de corrupção do político, acabando com seus planos e com a impunidade. No entanto, essa atitude trará consequências: suspenso por tempo indeterminado, Pride não poderá desempenhar suas tarefas de agente oficial da lei, o que dará a seu companheiro LaSalle (Lucas Black) uma oportunidade para brilhar, assumindo a liderança da equipe.

La Salle ainda terá de lidar com assuntos pessoais, isto é, seu relacionamento com Sonja Percy (Shalita Grant), e os sentimentos mútuos que nutrem um pelo outro, e que superam uma amizade.

A equipe de NCIS: New Orleans é formada por Pride; seu colega e amigo, o agente Christopher LaSalle; a agente especial Tammy Gregorio (Vanessa Ferlito), uma ex-agente do FBI que se juntou ao time na última temporada; a ex-agente da ATF Sonja Percy; o oficial forense Sebastaian Lund (Rob Kerlovich), um cientista brilhante que deixou o laboratório e depois de muito treinamento tornou-se um agente. Dando suporte a toda a equipe, a doutora forense Loretta Wade (C.H.H. Pounder), que é tão excêntrica quanto inteligente; e o investigador especialista em informática Patton Plame (Daryl ‘Chill’ Mitchell), um hacker animado e talentoso.

No inédito desta quarta, Caça ao tesouro, a equipe investiga o assassinato de um comandante da Marinha que estava procurando por uma flor de lis confeccionada em mármore e ouro durante o festival anual do Dia do Contrabando Pirata. Alguém mais estava atrás dela? CI: 14 anos

15/11, quinta-feira, 15h55

Esta semana, em As Filhas da Poligamia, Shanell e Kollene ajudam uma jovem que está sendo espionada

Algumas pessoas nascem em uma cultura de poligamia e se veem sem opção de abdicar desse tipo de vida. A única alternativa acaba sendo fugir da família. A série documental As Filhas da Poligamia (Escaping Polygamy), exclusiva do A&E, revela o mundo da poligamia por meio de três mulheres que decidiram escapar de uma das maiores seitas dessa prática dos Estados Unidos, conhecida como Clã Kingston.

Dez anos após a fuga, elas se propuseram a ajudar outros jovens, mulheres e meninos, a se libertarem dos abusos desse estilo de vida em que também se propaga a doutrina do incesto e casamento entre parentes. Em cada episódio, de uma hora de duração, três irmãs ajudam amigos e estranhos que se encontram em várias etapas para abandonar a poligamia – alguns somente reconhecem a necessidade de sair, outros buscam ativamente uma fuga e muitos lutam para se adaptar às duras realidades desse mundo.

As três jovens irmãs, Jessica, Shanell e Andrea abandonaram valentemente o Clã Kingston, um dos grupos fundamentalistas mais fortes dentro do mundo da poligamia, localizado em Salt Lake City, Utah, e que soma mais de 200 meio-irmãos frutos desse tipo de relacionamento. O grupo, também conhecido como A Ordem, é atualmente liderado pelo próprio pai das irmãs, Daniel Kingston, que ostenta várias esposas.

No episódio inédito Rebelde com causa, Shanell e Kollene recebem um pedido de ajuda de Mattie, uma jovem que violou as duras regras do culto. Ela quer fugir da religião para evitar uma iminente reclusão. No entanto, liberá-la não será uma tarefa fácil, já que está sendo observada em cada um de seus movimentos. CI: 14 anos

16/11, sexta-feira, 22h30

A&E Movies exibe o longa Parker, com Jason Statham e Jennifer Lopez

Na trama de Parker, destaque de hoje da faixa A&E Movies, Parker (Jason Statham, Megatubarão), um ladrão reconhecido por sua ética profissional, é traído pelo resto de seu bando - liderado por Melandre (Michael Chiklis, Gotham).

Dado como morto, ele assume uma nova identidade e, com a ajuda de uma infiltrada, Leslie (Jennifer Lopez, A Sogra), ele irá em busca de vingança apropriando-se do resultado de um novo e importante roubo de seus antigos camaradas. CI: 16 anos




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.