Home Top Ad

A história de um pioneiro da black music brasileira é narrada em "Erlon Chaves: Maestro do Veneno", no Curta!

Share:

Imagem/Divulgação Curta!
Mestre do suingue e referência na história da black music brasileira, Erlon Chaves teve uma incrível trajetória artística, interrompida durante a ditadura. Prodígio, começou a estudar no Conservatório Musical Carlos Gomes aos sete anos. Após se tornar um competente arranjador, pianista e cantor, foi trabalhar no rádio, compôs trilhas sonoras para o cinema e a televisão e esteve na vanguarda da soul music no Brasil, com a banda Veneno. 

Foi um dos responsáveis pelo I Festival Internacional da Canção, em 1966. Na quinta edição desse festival, em 1970, Erlon protagonizou uma performance escandalosa, com mulheres loiras no palco, e acabou levado a uma delegacia e proibido de trabalhar por 30 dias. Abalado pelo episódio, que entrou para a história da MPB como um flagrante ato de racismo, ele não se apresentou mais ao vivo até 1974, quando morreu, aos 40 anos.

Produzido com exclusividade para o Curta! com financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual pela Chá Cinematográfico, o documentário “Erlon Chaves: Maestro do Veneno” narra essa história com imagens de arquivo, depoimentos, encontros musicais e recriações sonoras. Estreia na Segunda da Música, 19, às 22h35.


Susanna Lira entrevista João Moreira Salles no episódio de estreia da
série exclusiva "Nós, Documentaristas"



Os processos criativos, os propósitos e os desafios dos realizadores brasileiros que se propõem a filmar a realidade estão em destaque na série inédita e exclusiva “Nós, Documentaristas”. A partir de entrevistas conduzidas pela cineasta Susanna Lira, diretora de mais de 20 obras, entre séries e longas documentais, alguns dos principais cineastas brasileiros revelam suas motivações e reflexões. O episódio de estreia traz João Moreira Salles, realizador de documentários como “Santiago”, “Notícias de uma guerra particular”, “Entreatos” e “Nelson Freire”. Estreia na Quarta de Cinema, 21, às 23h30.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.