Home Top Ad

Investigação Discovery exibe o especial Isto não é Amor no dia internacional de combate à violência contra a mulher

Share:


Neste domingo, 25 de novembro, dia internacional de combate à violência contra a mulher, o Investigação Discovery exibe o ESPECIAL ISTO NÃO É AMOR, a partir das 13h40. O objetivo da programação é chamar a atenção para as diferentes formas de violência contra a mulher e a urgência de atitudes individuais orientadas para o combate.

A programação se baseia em casos reais que servem de alerta e trazem relatos sobre as manifestações de violência contra a mulher no Brasil e no mundo.  Abusos físico e psicológico, assédio sexual e crimes hediondos, como o feminicídio, são investigados com a ajuda dos apresentadores do canal, entre eles Tamron Hall, Tony Harris e Chris Hansen – os três se destacam pela experiência profissional na apuração de crimes e abordagem humana nas entrevistas com vítimas e seus familiares.

O especial é composto por 12 atrações, entre episódios de séries e documentários, que seguem no ar durante a toda tarde e noite, até meia-noite. TAMRON HALL INVESTIGA:  ASSÉDIO SEXUAL NA UNIVERSIDADE inicia a programação do ESPECIAL ISTO NÃO É AMOR às 13h40 com as iniciativas que visam conter a violência sexual contra estudantes universitárias. Nos Estados Unidos, estima-se que uma em cada cinco mulheres é vítima desse tipo de crime durante a passagem pela faculdade.

O documentário começa com o caso de uma aluna da Universidade de Minnesota que foi violentada. Depois, participa a estudante da Universidade de Maryland que também sofreu estupro. Tamron Hall entrevista as duas, que compartilham seus relatos na esperança de que outras jovens não passem pelo mesmo pesadelo.

Às 18h o especial traz um episódio de VIVENDO COM O INIMIGO com uma terrível história de relacionamento abusivo envolvendo esposa, sobrinha e filhas. Jill Garrison achava que havia encontrado um amor para durar até o resto da vida sem imaginar o monstro que havia permitido morar em sua casa.

Em seguida, às 14h30, em ASSASSINATOS CHOCANTES, Chris Hansen investiga outro crime que chocou a comunidade acadêmica: o desaparecimento da pesquisadora Annie Le, pesquisadora da Universidade de Yale, uma das mais prestigiosas do mundo, que foi vista pela última vez a caminho do laboratório.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.