Home Top Ad

Investigação Discovery estreia a série inédita "Perseguição com John Walsh"

Share:

Imagem/Divulgação ID
Em 25 anos de carreira, John Walsh se especializou em trabalhar ao lado da polícia para encontrar pessoas: de fugitivos da lei a crianças desaparecidas. A partir de quarta-feira, 30 de janeiro, às 22h10, o Investigação Discovery participa dos esforços investigativos de John e de seu filho, Callahan Walsh, com a nova série PERSEGUIÇÃO COM JOHN WALSH (In Pursuit with John Walsh).

A série traz à tona casos que ainda estão em aberto – os suspeitos dos crimes hediondos reconstituídos na produção encontram-se foragidos. John espera que, com a divulgação dos casos, surjam novas informações que desempenhem função crucial para a descoberta dos paradeiros de seus perpetradores.

São dois casos por episódio – com a ajuda de depoimentos de oficiais e de familiares das vítimas, imagens de arquivo e dramatizações, John narra esses crimes e atualiza a audiência sobre os últimos passos das investigações.

Na estreia, PERSEGUIÇÃO COM JOHN WALSH retorna a 2013, quando a policial Janett Reyna foi morta brutalmente com mais de quarenta facadas. O ataque ocorreu na frente dos três filhos da vítima.

Janett se dedicava à prevenção de casos de violência doméstica e havia, há apenas dois dias, obtido ordem de restrição contra o ex-marido e pai das crianças, Luis Octavio Frias.  Luis tinha histórico de abusos e violência contra Janett, que se esforçava para manter o casamento em nome dos filhos. Com o fim da relação, as ameaças de Luis se tornaram ainda mais frequentes. 

Após o crime, Luis fugiu. Mesmo depois de esforços intensos para encontra-lo, a polícia, uma equipe formada por colegas de trabalho de Janett, permanece por anos sem informações de seu paradeiro. Os oficiais acreditam que ele possa ter ido para o México, onde viveria sob nome falso. Entretanto, ele pode estar em qualquer parte do mundo.

Na segunda história do episódio de estreia, o caso estarrecedor de Harold Wesley Knight, conhecido como “Butch” Knight: o homicida que ligou para a polícia em meio à própria fuga para confessar o crime que cometera e fornecer a localização do corpo da vítima, Sara Lee, sua esposa.

Antes do crime, Sara e Butch pareciam um casal apaixonado. Entretanto, Roxanne, filha de Sara de um relacionamento anterior a Butch, relembra que seu padrasto apresentava comportamentos estranhos ocasionalmente – “era como se fossem duas pessoas completamente diferentes”, diz. Mesmo assim, ninguém poderia prever que em um dia de neve intensa, em janeiro de 2015, Butch iria estrangular a esposa na sala da própria casa.