Home Top Ad

Série explica como Revolução Industrial influenciou o mundo moderno

Share:

FOTO: Divulgação TV Brasil
O sétimo episódio inédito da série "História Mundial com Andrew Marr" neste sábado (9), às 20h30, na TV Brasil, mostra como a Revolução Industrial da Grã-Bretanha definiu parâmetros para o mundo moderno. Realizada pela emissora pública inglesa BBC, a produção documental traça um panorama sobre a história da civilização humana.

A velha ordem agrícola de proprietários de terras aristocráticos, servos e camponeses foi substituída por um novo mundo de máquinas, cidades e industriais. Em todo o mundo, muitos resistiram a essa mudança radical. Da China à América, da Rússia ao Japão, batalhas amargas foram travadas entre os modernizadores e aqueles que rejeitaram o novo estilo de vida.

Na Europa, novas potências industriais competiam entre si para criar vastos impérios que dominavam o mundo. Mas essa intensa competição levaria ao abate e à destruição em escala industrial da Primeira Guerra Mundial.

Andrew Marr conta como a Revolução Industrial criou o mundo moderno com inventores como James Watt e George Stevenson, aprimorando as locomotivas a vapor e as ferrovias. O comércio com a China foi aberto, embora ilegalmente, com as guerras do ópio chinês nos portos de Guangzhou.

Seguindo os passos da Grã-Bretanha, na Rússia, a mudança social estava em andamento quando o conde Leo Tolstoy tentou libertar seus servos. Enquanto isso, a série também mostra a realidade americana com Abraham Lincoln e a Guerra Civil de 1860 nos Estados unidos.

O fim do era feudal com o poderio samurai e o desenvolvimento do Japão moderno em 1877 também ganha destaque em "História Mundial com Andrew Marr". A produção ainda revela a realidade africana no final do século XIX e acompanha a Primeira Guerra Mundial e a entrada dos EUA no combate a partir do telegrama de Arthur Zimmermann.