Home Top Ad

TV paga registra uma queda de quase 90 mil assinantes em Fevereiro

Share:

Divulgação Anatel
Números do mercado de TV por Assinatura no Brasil divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações, nesta quarta-feira (27), informam que a TV por Assinatura encerrou o mês de fevereiro de 2019 com 17,37 milhões de contratos ativos. Em 12 meses, a maior aceleração da expansão do serviço ocorreu no estado Maranhão. Os maranhenses registraram aumento de 29,46% (mais 52,28 mil novos contratos ativos).

A perda líquida, somando todas as operadoras, foi de 89,6 mil assinantes, fechando fevereiro com uma base total de 17,37 milhões de clientes. A maior perda em números absolutos foi do grupo Claro Brasil, que perdeu 80,5 mil assinantes, para uma base total de 8,43 milhões de clientes. A maior perda do grupo foi no DTH, com 44,5 mil clientes a menos (fechando com 1,46 milhão em fevereiro), mas a operação de cabo da Net também teve uma perda de 36 mil assinantes, para um total de 6,97 milhões de clientes. Foi a primeira vez desde maio de 2015 que a Net apareceu com menos de 7 milhões de clientes.

A Vivo TV também teve uma perda expressiva, de 18 mil assinantes em fevereiro, ficando com um total de 1,53 milhão de assinantes. Já a Sky perdeu 12,7 mil assinantes em fevereiro, para um total de 5,26 milhões no total. A Oi TV também teve pequena queda, de 2,4 mil assinantes, fechando o mês de fevereiro com 1,59 milhão de clientes. A queda do mercado só não foi maior porque as pequenas operadoras cresceram 24 mil assinantes e chegaram a uma base total de 538 mil.

Nos últimos 12 meses, os demais estados que registraram aumento de assinantes na TV Paga foram Rio Grande do Norte, Pará, Amazonas, Ceará e Tocantins. Apesar disso, o serviço de TV por Assinatura teve redução de 3,45% entre fevereiro de 2019 e fevereiro de 2018 e, na comparação entre fevereiro e janeiro de 2019, diminuição de 0,51%.

Em fevereiro de 2019, a Claro registrou 48,54% de participação no mercado de TV por Assinatura no Brasil (8,43 milhões de contratos ativos), a Sky 30,32% (5,27 milhões), a Oi 9,20% (1,60 milhão) e a Vivo 8,84% (1,53 milhão). Dessas, a Oi foi a única a registrar crescimento nos últimos 12 meses, mais 4,87% (74,29 mil novos contratos ativos).