Home Top Ad

A poesia de João Cabral de Melo Neto é relembrada pela TV Brasil na noite de sábado

Share:

Divulgação TV Brasil
Às 19h30 de sábado (18), a TV Brasil relembra a vida e o legado do poeta João Cabral de Melo Neto. O Recordar é TV resgata uma edição de "Os Mágicos", programa originalmente exibido pela TVE do Rio de Janeiro em 1977. Em entrevista ao jornalista Araken Távora, o poeta discorre sobre seu processo criativo, o início da carreira e a vida de fora do Brasil, atuando como diplomata.

"Quando eu era adolescente e comecei a me interessar por literatura, não comecei me interessando pela poesia. Comecei me interessando, sobretudo, pela crítica (literária). Sempre me interessei e meu ideal era ser crítico”, confessa o poeta. “Mas acontece que com 17 ou 18 anos, eu sabia que não teria cultura para me dedicar à crítica literária, de forma que então descobri a poesia e comecei fazendo poesia até que um dia minha cultura me permitisse fazer crítica literária. É por isso que o traço principal de minha poesia é o espírito crítico."

Conhecido como o "engenheiro da palavra", João Cabral de Melo Neto foi um dos expoentes da terceira geração modernista – ao lado de Clarice Lispector e Guimarães Rosa –, que dava o rumo vanguardista da poesia brasileira de então. O poeta pernambucano se desprendeu da escrita acadêmica e denunciou em verso as injustiças vividas pelos nordestinos.

Recordar é TV leva ao telespectador momentos importantes da televisão brasileira a partir do acervo da TV Brasil, com registros feitos na época da TVE do Rio de Janeiro. O programa revisita shows, programas de auditório, entrevistas, matérias jornalísticas, musicais e peças de teledramaturgia.