Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 6 de 12 de maio

Share:

Divulgação Canal Brasil
Conheça os filmes em destaque na programação do Canal Brasil de 06 a 12 de maio.

SEGUNDA-FEIRA, 06 DE MAIO

Sequestro Relâmpago (2018) (85’)
Horário: Segunda, dia 06, às 16h55
Classificação: 16 anos
Direção: Tata Amaral

Sinopse: Depois de uma semana de trabalho, Isabel (Marina Ruy Barbosa) encontra com as amigas em um bar. Pouco tempo depois de chegar, ela recebe uma mensagem de um rapaz com quem ela saiu algumas vezes e a convida para um encontro. No caminho para o carro, no entanto, ela é abordada por Matheus (Sidney Santiago) e Japonês (Daniel Rocha), criminosos em busca de uma presa para um sequestro relâmpago. A intenção dos comparsas é levar a moça até um caixa eletrônico e limpar a conta bancária dela. O horário, no entanto, não permite mais grandes saques e os bandidos decidem mantê-la como refém até a manhã do dia seguinte.

TERÇA-FEIRA, 07 DE MAIO

Unicórnio (2018) (122’)
INÉDITO E EXCLUSIVO 
Horário: Terça, dia 07, às 21h45
Classificação: 10 anos
Direção: Eduardo Nunes

Sinopse: A história, inspirada livremente em dois contos de Hilda Hilst, passeia pelo período de descobertas de Maria (Barbara Luz), uma adolescente abandonada pelo pai. A jovem vive um cotidiano simples com a mãe (Patricia Pillar), mas a chegada de um homem desconhecido (Lee Taylor) transforma a vida das duas. A coprodução entre o Canal Brasil e a 3 Tabela Filmes foi selecionada para os Festivais de Berlim (Alemanha) e do Rio. 

QUARTA-FEIRA, 08 DE MAIO 

Ultraje (2019) (93’)
[É Tudo Verdade]
INÉDITO E EXCLUSIVO 
Horário: Quarta, dia 08, às 20h
Classificação: 12 anos
Direção: Marc Dourdin

Sinopse: Documentário que retrata a história de uma das bandas mais reconhecidas do cenário musical brasileiro das últimas décadas. O Ultraje a Rigor invadiu os rádios e TVs na década de 1980, fim da Ditadura Militar, a banda estava por toda parte no dia a dia dos brasileiros. É assim que começa a trajetória do grupo, que tem sua carreira e a vida de seus membros, retratadas no filme.

QUINTA-FEIRA, 09 DE MAIO

O Grande Circo Místico (2018) (111’)
Horário: Quinta, dia 09, às 22h15.
Classificação: 16 anos
Direção: Carlos Diegues

Sinopse: A tradicional família austríaca Knieps é a dona do Grande Circo Místico. A arena torna-se palco do improvável romance entre o jovem Fred (Rafael Lozano), médico e herdeiro do aristocrata Dr. Frederico (Antonio Fagundes), e a acrobata Beatriz (Bruna Linzmeyer). Após a morte do patriarca, o rapaz pede à Imperatriz (Catherine Mouchet) o comando do picadeiro. Tem início, então, a história de um clã criado à frente de seu respeitável público ao longo de um século, com todas as gerações de artistas das mais diferentes especialidades. O fio condutor da trama, no entanto, não carrega o mesmo sobrenome e responde pelo nome de Celavi (Jesuíta Barbosa), um mestre de cerimônia que não envelhece e repete sua alcunha como o famoso bordão francês c’est la vie ¬– é a vida, em português.

SEXTA-FEIRA, 10 DE MAIO

Heleno (2011) (116’)
Horário: Sexta, dia 10, às 11h
Classificação: 14 anos
Direção: José Henrique Fonseca

Sinopse: Baseado no livro “Nunca Houve um Homem Como Heleno”, de Marcos Eduardo Novaes, o filme retrata a história do jogador de futebol Heleno de Freitas (Rodrigo Santoro), que era considerado o príncipe do Rio de Janeiro dos anos 40, numa época em que a cidade era um cenário de sonhos e promessas. Sendo ao mesmo tempo um gênio explosivo e apaixonado nos campos de futebol, além de galã charmoso nos salões da sociedade carioca, tinha certeza de que seria o maior jogador brasileiro de todos os tempos. Mas seu comportamento arredio, sua indisciplina e a doença (sífilis) foram transformando o que poderia ser uma grande jornada de glória numa trágica história.  

SÁBADO, 11 DE MAIO

A Ostra e o Vento (1997) (116’)
Horário: Sábado, dia 11, às 19h40
Classificação: 12 anos
Direção:  Walter Lima Jr.

Sinopse: A jovem Marcela (Leandra Leal) vive numa ilha em companhia do pai, o faroleiro José (Lima Duarte), e de seu auxiliar, o velho Daniel (Fernando Torres). Seu único contato com o resto do mundo se dá através de uma embarcação que regularmente vai levar mantimentos. Sem amigos da mesma idade para compartilhar as descobertas da vida, ainda em meio à solidão, Marcela torna-se adolescente e, em busca de dar outro sentido à sua existência, começa a imaginar uma relação amorosa com o vento, que a conduzirá a um desfecho imprevisível. 

DOMINGO, 12 DE MAIO

Como Nossos Pais (2017) (106’)
Horário: Domingo, dia 12, às 19h15
Classificação: 14 anos
Direção: Laís Bodanzky

Sinopse: O filme mostra os diversos embates da vida de Rosa (Maria Ribeiro), uma jornalista de 38 anos cheia de conflitos familiares. O casamento com Dado (Paulo Vilhena), um antropólogo imerso em projetos ligados a causas ambientais e indígenas, está prestes a ruir. O trabalho também não lhe traz qualquer prazer e ela amarga um emprego sem perspectivas e méritos enquanto sonha em escrever uma peça de teatro, sua grande paixão profissional. O relacionamento com os pais, divorciados, também é tumultuado; as brigas com a mãe, Clarice (Clarisse Abujamra), são frequentes, com o pai, Homero (Jorge Mautner), ela tem mais afinidade. O estopim para a crise acontece no momento da descoberta da infidelidade da matriarca e da revelação que seu verdadeiro pai é Roberto Nathan (Herson Capri), um poderoso ministro do governo brasileiro.