Home Top Ad

'Hadestown', musical baseado no mito de Orfeu e Eurídice, é o grande vencedor do Tony Awards 2019

Share:

Divulgação
No último domingo (9), o Film & Arts transmitiu ao vivo a 73ª edição dos Prêmios Tony, que teve como grande vencedor o musical "Hadestown" e marcou a volta do anfitrião James Corden ao palco da noite mais importante do teatro musical. Para quem perdeu a exibição ao vivo, o canal reapresentará com legenda a premiação no próximo sábado, dia 15, às 22h, juntamente com um especial do tapete vermelho.

O musical "Hadestown", trabalho produzido pelo argentino Ricardo Hornos, levou sete estatuetas, incluindo Melhor Musical, Melhor Diretor e Melhor Ator Coadjuvante. Hornos adicionou uma estatueta à sua coleção composta pelos prêmios recebidos por "Angels in America" e "O curioso incidente do cachorro à meia-noite". “Ain’t too proud”, “Oklahoma!”, “Tootsie”, “Beetlejuice”, “The Prom” e “Kiss Me, Kate” foram alguns dos indicados que se destacaram no palco durante a cerimônia, fornecendo apenas uma amostra do melhor da Broadway.

Entre as estrelas que participaram da premiação estavam Bryan Cranston, que recebeu seu segundo Tony como Melhor Ator Principal em uma peça, Samira Wiley, Abigail Breslin, Tina Fey, Jake Gyllenhaal, Samuel L. Jackson, Michael Shannon, Darren Criss, Regina King, Laura Linney, Ben Platt, Audra McDonald, Sutton Foster e Billy Porter.

Esta edição foi marcada pelo tom de diversidade. Em seu discurso como premiada, Rachel Chavkin, vencedora do prêmio de Melhor Direção em um musical por “Hadestown”, falou sobre a necessidade de maior diversidade e representação na indústria, recebendo fortes aplausos de seus colegas. Por sua vez, Ali Stroker, premiada como Melhor Atriz Coadjuvante em um musical por “Oklahoma”, deu uma mensagem forte e encorajadora em relação à deficiência. Stroker é a primeira atriz a usar uma cadeira de rodas para mobilidade em um palco da Broadway.

LISTA DOS VENCEDORES:

Melhor musical
“Hadestown”

Melhor diretor em musical
Rachel Chavkin, “Hadestown”

Melhor ator protagonista em musical
Santino Fontana, “Tootsie”

Melhor atriz protagonista em musical
Stephanie J. Block, “The Cher Show”

Melhor ator coadjuvante em musical
André De Shields, “Hadestown”

Melhor atriz coadjuvante em musical
Ali Stroker, “Rodgers & Hammerstein's Oklahoma!”

Melhor coreografia em musical
Sergio Trujillo, “Ain’t too proud”

Melhor adaptação de livro
Robert Horn, “Tootsie”

Melhor peça
“The Ferrymen”

Melhor diretor em peça
Sam Mendes, “The Ferrymen”

Melhor ator protagonista em peça
Bryan Cranston, “Network”

Melhor atriz protagonista em peça
Elaine May, “The Waverly Gallery”

Melhor ator coadjuvante em peça
Bertie Carvel, “Ink”

Melhor atriz coadjuvante em peça
Celia Keenan-Bolger, “To Kill a Mockingbird”

Remontagem de musical
“Rodgers & Hammerstein's Oklahoma!”

Remontagem de peça
“The Boys in the Band”

Melhor figurino em musical
Bob Mackie, “The Cher Show”

Melhor figurino em peça
Rob Howell, “The Ferryman”

Design cênico de peça
Rob Howell, “The Ferryman”

Desenho de som para peça
Fitz Patton, “Choir Boy”

Desenho de som para musical
Nevin Steinberg e Jessica Paz, “Hadestown”

Melhor iluminação de peça
Neil Austin, “Ink”

Melhor iluminação de musical
Bradley Kind, “Hadestown”

Melhor orquestração
Michael Chorney e Todd Sickafoose, “Hadestown”

Melhor música original em musical
Anais Mitchell, “Hadestown”

Tony Award especial pela trajetória
Harold Wheeler
Rosemary Harris
Terrence McNally