Home Top Ad

Discovery Turbo estreia "Bad Chad: Fora do Padrão" e a quarta temporada de "Máquinas Muito Loucas"

Share:

Divulgação Discovery Turbo
Chad Hiltz e Steve Darnell compartilham da mesma excentricidade no exercício de suas funções: os dois criam carros customizados a partir de propostas malucas, materiais improváveis e carcaças enferrujadas. Não é à toa que as séries que acompanham os trabalhos de cada um deles estão juntas no Discovery Turbo a partir de segunda-feira, 8 de julho.

A programação começa às 19h45, com a inédita BAD CHAD: FORA DO PADRÃO (Bad Chad Customs), série que se baseia na engenhosidade de seu protagonista. Na oficina modesta da Green Goblin Customs, localizada na pequena cidade canadense de Canning, Chad cria carros “do nada”, improvisando peças com metais reciclados, partes de máquinas e carrocerias que ele encontra completamente abandonadas.

Os recursos são limitados, Chad tem poucos funcionários e até as suas ferramentas são criadas por ele próprio. Mas não faltam conhecimento, ousadia e criatividade. O resultado são protótipos sem igual, carros fantásticos, alegóricos, completamente personalizados – no design e no desempenho. Com essas criações, Chad ficou famoso, colocou sua oficina no mapa internacional de customização e conquista cada vez mais clientes.

A cada episódio um trabalho está em foco. Na estreia da série, Chad visita seu amigo Jim, que tem um quintal cheio de material e ideias para novos carros. Lá, Chad encontra a carcaça de um Studebaker Commander, datada de 1939. Depois de muito trabalho sobre ela, Chad apresenta um modelo que mantém as linhas originais, mas ousa em uma versão rebaixada e envenenada.

Divulgação Discovery Turbo
MÁQUINAS MUITO LOUCAS (Vegas Rat Rods) chega à quarta temporada na sequência, às 21h20 da mesma segunda-feira, dia 8.  Steve Darnell lidera o time de mecânicos, designers e funileiros excêntricos na oficina Welderup, localizada no deserto de Las Vegas. Juntos, esses profissionais criam rat rods, automóveis customizados de aparência rústica e peculiar: motores envenenados à mostra, latarias pintadas com inscrições e acessórios inusitados como lança-chamas.

Cada um dos episódios acompanha o processo de montagem de um carro, desde a reunião inicial com os clientes, passando por esboços e contratempos mecânicos, até a entrega. Esquecidas em ferros-velhos, garagens e quintais, as carcaças que chamam a atenção de Darnell recebem a segunda chance de ganharem as ruas sob a condução da clientela da Welderup. Os compradores procuram mais que um meio de locomoção e não se importam com a fama de espalhafatosos. O que buscam é justamente o reconhecimento imediato como donos de uma das obras de Darnell. Com jeito de que acabam de sair de uma distopia ao estilo Mad Max, as máquinas são pensadas para impressionar à primeira vista e surpreender com o desempenho.

Na estreia da nova temporada, a equipe trabalha em um projeto de grandes proporções: um caminhão Federal de 1947 para Tyron – o cliente é serralheiro e quer um autêntico rat hot que incorpore uma máquina soldadora antiga, celebrando seu ofício. Ainda na estreia, Steve garimpa um Dodge Coronet de 1967 em um ferro-velho e, antes mesmo de iniciar o trabalho de restauração, já sabe para qual cliente irá oferece-lo depois de pronto.