Home Top Ad

Sem Censura de quinta na TV Brasil recebe diretor Thiago Mattar para um papo sobre documentário “O Barato de Iacanga”

Share:

Divulgação TV Brasil
O Sem Censura que a TV Brasil transmite ao vivo às 17h de quinta-feira (15) recebe o diretor e roteirista Thiago Mattar, que traz detalhes sobre o recém-lançado documentário “O Barato de Iacanga”. O filme revê a história do lendário Festival de Águas Claras, evento musical ao ar livre que ficaria conhecido como o “Woodstock do Brasil.”

Entre 1975 e 1984, sobre um palco montado em uma fazenda da pequena Iacanga, a 378km de São Paulo, apresentaram-se nomes como Gilberto Gil, Raul Seixas, Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal, Jorge Mautner, Erasmo Carlos, Alceu Valença e João Gilberto. O Festival de Águas Claras gerou polêmica na época. Para alguns, era um símbolo de  vanguarda e resistência política. Para outros, uma afronta aos valores sociais de então.

Motivado pelo fato de seu pai ter ido ao Festival e de sua bisavó ter vivido em Iacanga, Thiago Mattar mergulhou de cabeça na história do evento. O documentário – que levou 10 anos para ficar pronto – reúne entrevistas com artistas, fundadores, além de imagens raras dos shows e dos bastidores desse festival que foi símbolo da contracultura no Brasil.

O Sem Censura de quinta recebe ainda as atrizes Leticia Isnard e Claudia Ventura, em cartaz com a peça "Agosto", o diretor da Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, em curta temporada com "Modo Sleep" e "O Instante do Aquilo." E a cantora guineense Fattú Djakitté leva ao palco do programa um pouco de seu primeiro álbum: "Minina D'Oru".

Sob o comando de Vera Barroso, com Bruno Barros e Carol Rocha, o Sem Censura está no ar desde 1985. O programa tem uma hora de duração e extensão de 15 minutos no Facebook.

A interação com o público se dá via hashtag #semcensura no Twitter, Instagram e Facebook. O programa foi um dos primeiros da TV brasileira a abrir espaço para a participação dos telespectadores, ainda nos anos 1980.