Home Top Ad

Profissionais bem-sucedidos que superaram limitações compartilham experiências no Programa Especial

Share:

Divulgação TV Brasil
O Programa Especial inédito que a TV Brasil exibe no sábado (14), às 12h30, apresenta a história da advogada Jacqueline Blajchman e do engenheiro mecânico Marcus Valle. Os dois contam suas experiências profissionais e de vida enquanto surdos oralizados. A edição de sábado ainda mostra o trabalho do profissional de tatuagem Tauê Lago, que é amputado do braço direito, e acompanha um dia de trabalho na vida do barbeiro Arthur se Souza, que tem deficiência auditiva.

Quando a advogada Jacqueline Blajchman vai a uma reunião de trabalho em que os participantes não sabem de sua surdez, logo acham que ela é "gringa". “Mas depois que tudo é explicado, as pessoas sempre se surpreendem, fico até muito emocionada quando falo isso, poque as pessoas não conseguem ter ideia de o quanto meus pais lutaram para eu conseguir falar desta forma”, conta Jacqueline.

Arthur já era graduado em RH atuava no mercado, mas encontrou sua real vocação na barbearia, após fazer um curso na área. O barbeiro, que ficou surdo na infância após contrair meningite, contou ao Programa Especial de que modo a oralização facilitou sua entrada nesse nicho.

O tatuador Tauê Lago recebe a repórter Fernanda Honorato no estúdio da tatuadora Laura Pereira, seu local de trabalho. Tauê explica que perdeu o braço direito após um acidente de carro e que um dos tratamentos para desenvolver a coordenação do braço esquerdo era desenhar, o que despertou seu interesse pelas artes visuais.

No dia em que Tauê decidiu ter sua primeira tatuagem sobre a pele, procurou Laura, a quem confidenciou o sonho de ser tatuador. Para ele, isso nunca ocorreria devido à deficiência física.

"Ela simplesmente botou uma das mãos para trás e começou a me tatuar com uma mão só, para me mostrar que era possível tatuar com uma mão só”, relembra Tauê, que largaria o emprego meses depois para se dedicar ao aprendizado da tatuagem.

No ar há 15 anos, o Programa Especial aborda temas como mercado de trabalho, lazer, esporte e saúde de forma inclusiva e descontraída. O programa é apresentado pela publicitária cadeirante Juliana Oliveira e tem matérias de Fernanda Honorato, a primeira repórter com Síndrome de Down do país.

Para ser 100% acessível ao telespectador, o Programa Especial conta com janela de LIBRAS – a Língua Brasileira de Sinais –, legendas em português e audiodescrição, em que as imagens são descritas por um locutor assim que aparecem na tela, para que as pessoas com deficiência visual saibam o que está sendo mostrado.