Home Top Ad

A&E estreia a série 'Cold Case' com exclusividade

Share:

Divulgação A&E
A partir de 10 de outubro ás 21h10, o A&E traz de volta à TV com exclusividade Cold Case. Uma das produções favoritas dos fãs do gênero policial e investigativo, já pode ser considerada um clássico da TV nos anos 2000, com sete temporadas de sucesso, exibidas originalmente de 2003 a 2010. Estrelada por Kathryn Morris (O Resgate de um Campeão, Minority Report: A Nova Lei), como a agente Lily Rush, a série acompanha o trabalho da Divisão de Homicídios da Filadélfia responsável por solucionar crimes antigos – de anos ou até mesmo décadas atrás - não resolvidos. 

“Cold Case é atemporal e marcou época por seu estilo único, deixando uma legião de fãs órfãos, pois não está disponível em nenhuma plataforma. Nesse período de revival, em que séries mais antigas estão em alta, é uma excelente oportunidade para rever ou conhecer essa produção investigativa icônica”, afirma Maria Vianna, diretora de Marketing do A&E.

Com características singulares e marcantes, a série emocionou e conquistou telespectadores em todo o mundo. Cada episódio termina com uma música diferente, relacionada ao tema abordado ou um dos personagens. Ao longo de sete temporadas, canções de Elvis Presley, Nirvana, Oasis, Fleetwood Mac, Journey, Aretha Franklin, Frank Sinatra e Carly Simon, entre outros, embalaram as emoções finais de cada caso apresentado. Para celebrar a estreia, o A&E criou uma playlist especial no Spotify, com as melhores músicas da série.

Outra característica marcante de Cold Case são as cenas finais, que mostram as vítimas encontrando a paz – mesmo que no além. Esse, inclusive, é dos lemas de Lily: que a justiça seja feita e que nenhuma vítima seja esquecida. Para isso, ela lança mão de todo seu conhecimento, técnicas e recursos modernos e parte em busca de novas pistas para esses crimes. Ao mesmo tempo, Lily tem de lidar com as consequências emocionais dessas investigações, pois seu trabalho reabre velhas feridas, podendo levar os suspeitos a cometerem novos crimes.

Quando chega a um ponto sem saída em suas investigações, a detetive busca a orientação de seu respeitado mentor, John Stillman (John Finn, The Walking Dead, Ad Astra), e do detetive Will Jeffries (Thom Barry, Velozes e Furiosos, West Wing: Nos bastidores do Poder), que estão na área há tempo suficiente para a auxiliarem na conexão com o passado.

Também fazem parte da equipe, o detetive Nick Vera (Ratchford Jeremy Ratchford, Olhar de Anjo), um policial durão considerado o cara certo para conseguir confissões; o detetive Scotty Valens (Danny Pino, Law & Order: Special Victims Unit, Scandal), confidente de Rush e parceiro obstinado; e a detetive Kat Miller (Tracie Thoms, 9-1-1, UnREAL), uma detetive jovem, vinda do departamento de narcóticos, que se juntou ao time depois de ajudar a solucionar um caso de 1973.

O A&E exibirá dois episódios inéditos por semana (21h10 e 22h):

No episódio de estreia, Violência, o caso de um tiroteio em um shopping, em 1995, em que dois adolescentes mataram e feriram várias pessoas e depois cometeram suicídio, é reaberto pela equipe de Lily Rush - logo após descobrirem que uma terceira pessoa pode estar envolvida no ataque.

Em seguida, em Operários, o esqueleto de um mineiro desaparecido em 1947 reaparece e, entre os suspeitos de seu assassinato, se encontram o chefe da companhia de mineração, que queria evitar que ele sindicalizasse os seus companheiros, e outro mineiro que se recusava a participar do sindicato. Classificação indicativa: 14 anos