Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 18 a 24 de novembro

Share:

Divulgação Canal Brasil
Conheça os filmes em destaques na programação do Canal Brasil de 18 a 24 de novembro.

SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO

Mare Nostrum (2018) (102’)
Horário: Segunda, dia 18/11, às 17h40 
Classificação: Livre
Direção: Ricardo Elias

Sinopse: Roberto (Silvio Guindane) e Mitsuo (Ricardo Oshiro) são dois desconhecidos que, após uma série de coincidências, voltam para o Brasil no mesmo dia, depois de um longo tempo no exterior. Eles se encontram devido a um terreno que foi negociado por seus pais decádas atrás e decidem tentar ganhar dinheiro em cima do local. No entanto, eles entram em conflito quando começam a achar que o lote possui poderes mágicos.

TERÇA-FEIRA, 19 DE NOVEMBRO

Machuca (2004) (116’)
[Latinidades]
Horário: Terça, dia 19/11, à 0h15
Classificação: 12 anos
Direção: Andrés Wood

Sinopse: Chile, 1973. Gonzalo Infante (Matías Quer) é um garoto de família rica que estuda no Colégio Saint Patrick, o mais conceituado de Santiago. O padre McEnroe (Ernesto Malbran), diretor do colégio, inspirado no governo de Salvador Allende decide implementar uma política que faça com que alunos pobres também estudem na escola. Um deles é Pedro Machuca (Ariel Mateluna) que, assim como os demais, fica deslocado em meio aos antigos alunos da escola. Quando alunos brigões ordenam que Gonzalo bata em Machuca, mas ele se recusa e o ajuda a fugir, nasce uma grande amizade entre os dois, apesar do abismo social que existe entre eles. 

QUARTA-FEIRA, 20 DE NOVEMBRO

Eu Não Sou Seu Negro (I’m Not Your Negro) (2016) (93’) 
[É Tudo Verdade]
Horário: Quarta, dia 20/11, às 20h
Classificação: 12 anos  
Direção: Raoul Peck

Sinopse: James Baldwin nunca conseguiu concluir Remember This House – Lembre-se desta Casa, em tradução livre –, livro sobre a história do ativismo racial nos Estados Unidos a partir de suas principais três figuras: Martin Luther King Jr., Malcolm X e Medgar Evers. Quase três décadas após a morte do romancista, Raoul Peck tratou de finalizar a narrativa não em papel, mas a partir das lentes do cinema. Narrado por Samuel L. Jackson e com um rico acervo do autor original, o filme foi indicado ao Oscar de melhor documentário e conquistou 29 troféus em eventos pelo mundo, com destaque para os prêmios no Bafta (Inglaterra) e em Berlim (Alemanha). Por seu avassalador sucesso mundo afora, o registro estrela a nova fase da sessão É Tudo Verdade, que mantém o princípio de mostrar o melhor da produção nacional recente, agora agregando obras internacionais de grande relevância.

QUINTA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO

Beatriz (2015) (102’)
INÉDITO e EXCLUSIVO
Horário: Quinta, dia 21/11, às 22h15
Classificação: 16 anos
Direção: Alberto Graça

Sinopse: Beatriz (Marjorie Estiano) e Marcelo (Sergio Guizé) são um jovem casal recém-expatriado para Lisboa (Portugal). A mulher é uma advogada rapidamente estabelecida em terras lusitanas, mas seu sucesso não é acompanhado pelo marido, um escritor às turras com a redação de seu novo livro. Os cônjuges são provocativos, frequentemente instigando um ao outro com mensagens sexuais cifradas e fantasias a serem realizadas em locais públicos. A brincadeira é constante fonte de inspiração para o dramaturgo. Para tentar motivar o esposo e alimentar sua criatividade na construção de sua protagonista feminina, a jurista potencializa o tom libidinoso, eleva o jogo a novos patamares e procura situações mais intensas que podem a levar a uma vida sem controle.

SEXTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO

Deslembro (2019) (97’)
INÉDITO e EXCLUSIVO
Horário: Sexta, dia 22/11, às 19h30
Classificação: 14 anos
Direção: Flavia Castro

Sinopse: Joana (Jeanne Boudier) precisou deixar o Rio de Janeiro para se exilar com a família em Paris, ainda muito pequena, quando o pai foi feito refém e prisioneiro político durante os anos de ditadura no Brasil. Quando a Lei da Anistia foi decretada, a adolescente volta, a contragosto, a sua cidade natal. As memórias amargas de tempos difíceis vêm à tona, causando um forte desconforto.

SÁBADO, 23 DE NOVEMBRO

Gabriel e a Montanha (2017) (131’)
Horário: Sábado, dia 23/11, às 21h50
Classificação: 12 anos
Direção: Fellipe Barbosa

Sinopse: Baseado em uma história real, o filme narra o último ano de vida de Gabriel Buchmann, amigo de infância do diretor Felipe Barbosa, morto em 2009 aos 28 anos. Gabriel estava com viagem marcada para começar um doutorado em políticas públicas para países em desenvolvimento em uma prestigiada universidade americana. Antes da teoria, no entanto, ele decidiu fazer uma pesquisa de campo para entender os dilemas dessas nações e, para isso, percorreu 26 estados do Sudeste Asiático, Oriente Médio e da África. Antes de voltar ao Brasil, seu último objetivo era alcançar o topo do monte Mulanje, no Malawi. 

A retrospectiva dos momentos finais da vida do protagonista traz apenas dois atores profissionais – além de João Pedro Zappa (Gabriel), Caroline Abras (Cristina) vive a namorada do retratado. Todos os demais papeis da obra são interpretados por pessoas cujas trajetórias se cruzaram com a do personagem principal durante os últimos 70 dias de sua jornada pela África. O roteiro foi montado a partir das últimas cartas enviadas pelo economista, fotos encontradas em sua câmera e da memória de quem teve a oportunidade de cruzar seu caminho.

DOMINGO, 24 DE NOVEMBRO

As Boas Maneiras (2018) (135’)
Horário: Domingo, dia 24/11, às 21h40
Classificação: 14 anos
Direção: Juliana Rojas e Marco Dutra

Sinopse: Ana (Marjorie Estiano) vive sozinha em seu apartamento após ser abandonada pela família e amigos por engravidar fora de seu então noivado. Ela contrata Clara (Isabél Zuaa), uma mulher negra e pobre para ajudar quando o neném nascer. A partir daí o roteiro dá sinais a respeito da natureza intrigante do bebê. Os tons azulados e as imagens noturnas prevalecem na tela, ampliando o clima de mistério, ao mesmo tempo em que a gestante exibe uma drástica mudança comportamental. A jovem dá à luz uma criança em uma das cenas mais impressionantes da película. A história inicia um novo capítulo alguns anos depois, acompanhando a saga dessa criatura (interpretada por Miguel Lobo).