Home Top Ad

TV Brasil pré-estreia nova temporada de Atos com Cauã Reymond neste sábado

Share:

Divulgação TV Brasil
A TV Brasil faz uma exibição especial de três episódios inéditos da segunda temporada de Atos, série produzida em parceria com a Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), a partir deste sábado (7), semanalmente, às 21h30.

Apresentada em sua nova leva de edições por Bruno Barros, a produção recebe Cauã Reymond no primeiro programa para um bate-papo informal com alunos de interpretação sobre carreira, dramaturgia e processo de formação do ator.

Claudia Raia e Marcos Frota são outras personalidades das artes cênicas que estrelam os próximos episódios da atração previstos para os dias 14 e 21 de dezembro, respectivamente, na telinha da emissora pública.

Com direção de Manoel Borges e Waldecir de Oliveira, a produção investiga os bastidores da dramaturgia. Atos busca identificar um sentido mais amplo das artes cênicas a partir dos desafios de experientes profissionais que atuam na área.

As entrevistas conduzidas pelos quatro atores em formação é um dos destaques da programação especial de verão que a TV Brasil exibe este mês em horário nobre, aos sábados. O conteúdo fica disponível no aplicativo EBC Play e no site do canal.

Papo sobre a trajetória com Cauã Reymond

Na edição especial de abertura da segunda temporada de Atos, Cauã Reymond é sabatinado por um grupo de estudantes de artes cênicas da CAL, mediados pelo apresentador Bruno Barros.

O ator abriu o coração ao lembrar do início da carreira quando ingressou em "Malhação" (2002) para interpretar o personagem Maumau. Destaca alguns dos papéis mais marcantes que vivenciou como Jorginho, na novela "Avenida Brasil" (2012), e Leandro, na série "Amores Roubados" (2014).

"Inicialmente eu sofri muito preconceito porque eu era lutador, surfista e ex-modelo. Eu entrei na televisão super 'verde', ainda em 'Malhação', e fui crescendo a cada trabalho. Eu cresci pelo meu desejo e coragem. O ator tem que ter muita coragem de olhar para o que não está legal", explica.

O convidado ainda brilhou em outras produções de dramaturgia nas telinhas. Cauã teve papel de destaque nas tramas de "Belíssima" (2005), "A Favorita" (2008), "Cordel Encantado" (2011) e "A Regra do Jogo" (2015). Também protagonizou e fez sucesso na série "Ilha de Ferro" (2018).

Cauã Reymond lembra do tempo de atleta, reflete sobre a diferença entre talento e vocação na arte de atuar e revela que se interessa muito pela psicologia de seus personagens

Na produção da TV Brasil, o ator também recorda quando começou a estudar interpretação em Nova Iorque e conta algumas das dificuldades que passou por lá nessa fase da sua trajetória artística.

"Às vezes é muito fácil você se esconder por trás de um pensamento, ou de uma ideia... Somos vaidosos, a vaidade faz com que a gente chegue num lugar melhor. Quem tem uma grande vaidade trabalha mais e quer ser melhor. Mas a vaidade também pode cegar. Essa harmonia é o mais difícil de encontrar".

O galã também propõe exercícios de improvisação e destaca o ator e professor Antônio Amâncio como referência e fonte de inspiração. Ele também cita o ator espanhol Javier Bardem. Cauã é homenageado pelos estudantes que representam uma cena da série "Amores Roubados", obra dirigida por José Luiz Villamarim.

O ator comenta a interpretação dos estudantes de dramaturgia. "O Leandro é um personagem super ambíguo, com pouquíssima referência masculina, por isso que mesmo apaixonado pela Antônia, ele está sempre incerto. É tão difícil falar de uma cena que você fez. Você fica relembrando a cena...", reflete o convidado.