Home Top Ad

TV Brasil estreia seriado de ficção "Os Ovos da Raposa" nesta sexta

Share:

Divulgação TV Brasil
A série de dramaturgia "Os Ovos da Raposa" ganha janela em rede nacional pela TV Brasil a partir desta semana quando estreia na emissora pública na madrugada de sexta (24) para sábado (25), à 1h.

Com 13 episódios de 26 minutos, a produção de humor foi escrita e dirigida pelo jornalista Valdir Oliveira. O seriado pernambucano vai ao ar de segunda a sexta, sempre à 1h, com dois capítulos em sequência, na faixa Maratona Verão.

A obra independente é uma comédia de costumes que traz referências do anedotário popular brasileiro. A trama faz uma sátira política que se desenvolve na fictícia cidade de Bakatu, no estado de Pernambuco, em período eleitoral, com personagens hilários, grotescos, brincantes e fantásticos.

A trilha sonora apresenta sucessos de Alceu Valença como "Anunciação", "Coração Bobo" e "Como Dois Animais". O elenco de "Os Ovos da Raposa" é formado essencialmente por artistas nordestinos.

Produção independente

Realizado pela Cabra Quente Filmes em parceria com a produtora 3 Brasis, a série é um dos conteúdos audiovisuais independentes selecionadas pelo programa Brasil de Todas as Telas, linha do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual (Prodav/TVs Públicas).

"Os Ovos da Raposa" estreou em dezembro na TVU, em Pernambuco, e na TV O Povo, no Ceará. Agora, o seriado vai ao ar para todo o país na TV Brasil durante a Maratona Verão, sessão especial que integra a programação da emissora pública para a estação.

A TV Brasil é um dos canais que mais exibe conteúdo independente nacional. Além de ser uma grande apoiadora da produção de conteúdo no mercado independente do país, a emissora estimula novos realizadores e reforça valores como não violência e tolerância às diferenças.

Trama

O prefeito José Abelinto (Cláudio Ferrario) vê sua candidatura afundar com a chegada do forasteiro Roque (Jorge de Paula) que muda o domicílio eleitoral para Bakatu com o propósito de enfrentar o velho cacique nas urnas.

A primeira dama Geninha (Lívia Falcão) e a irmã Lila (Marcélia Cartaxo) não seguram a língua e expõem as fragilidades do prefeito, ao contrário de Alzira (Mayara Millane), que se alia ao candidato Roque, apaixonando-se por ele e influenciando radicalmente na campanha.

Em meio à furdunça política, Hilda (Lais Vieira), uma feirante proativa e talentosa, usa sua capacidade de estilista para se destacar no comércio local e sua clientela começa a aumentar gradativamente.

Tudo pode acontecer em Bakatu e todos os fatos são acompanhados criticamente pelo locutor Miro dos Cordeis (Pedro Wagner) que usa a rádio Boca Falante para denunciar os desmandos da cidade.

Elenco regional

Com larga experiência em teatro, cinema e televisão, o elenco reúne em sua maioria atores pernambucanos que têm destaque tanto nos papeis centrais como na interpretação de personagens coadjuvantes.

Em cena no enredo de "Os Ovos da Raposa", eles vivem o cotidiano de uma cidade da zona da mata na região Nordeste, mas sem carregar no sotaque. O tom naturalista das atuações mostra que não há necessidade de se forjar caricaturas.

O elenco reúne Marcélia Cartaxo ("Pacarrete" e "A Hora da Estrela"), Pedro Wagner ("Irmandade"), Lívia Falcão ("Lisbela e o Prisioneiro"), Lula Terra ("Aquarius"), Maycon Douglas ("Onde Nascem os Fortes"), Laís Vieira ("Lado a Lado") além de Jorge de Paula, Mayara Millane, Walmir Chagas, Cláudio Ferrário, Giordano Castro, Roberto Vasconcelos, Beta Ferralc, Hilda Torres, Marcondes Lima, Fábio Caio, Olga Ferário, Lissa Marrie, entre tantos outros.

A produção independente não recorreu a artista do sudeste do país. Com locações no município pernambucano de Paudalho, a cidade tem no elenco da série João Batista Silvino e José Carlos, além de mais de 100 figurantes.

De fora de Pernambuco foram convidadas as atrizes paraibanas Marcélia Cartaxo, reconhecida com diversos prêmios de melhor atriz pela atuação no filme "Pacarrete", inclusive do Festival de Gramado, e Soia Lira, eternizada como Ana, de "Central do Brasil", que no mesmo festival recebeu o prêmio de atriz coadjuvante.

O trabalho de preparação de elenco para a série "Os Ovos da Raposa" ficou a cargo da atriz pernambucana Lívia Falcão, que, entre várias produções em cinema e televisão, participou do filme "Lisbela e o Prisioneiro".

Equipe técnica

A trama de comédia reúne equipe técnica com bastante experiência em televisão e em filmes premiados do cinema pernambucano. Hamilton Filho e Maurício Correia assinam a produção executiva e João Miguel a direção de produção.

"Os Ovos da Raposa" tem fotografia de Roberto Iuri, som de Moabe Filho e Pedrinho Moreira, arte de Helga Queiroz, além de figurino Babi Giácomo e Cris Garrido. Zé Lucas e Cris Malta, entre outros profissionais, fizeram a caracterização e a maquiagem.

Trilha sonora

Além dos hits de Alceu Valença, a série "Os Ovos da Raposa" traz músicas de Arina Costa, Isaar França, Rafael Marques e Petrônio Lorena. A produção conta, ainda, com sucessos do cantor Conde do Brega que se apresenta na fictícia cidade de Bakatu.

A produção da trilha sonora original é de Flávio Souza, ex-integrante da banda Som da Terra. Várias composições foram gravadas para marcar a passagem dos personagens com obras que transitam por diversos gêneros musicais.

Direção do seriado

Autor e também diretor da obra que estreia na TV Brasil, Valdir Oliveira é roteirista, jornalista, escritor e ator. O profissional tem ampla trajetória no universo audiovisual com a realização de produções para diversas emissoras.

Valdir Oliveira foi roteirista e diretor da série "Poetas e Prosadores Pernambucanos", exibida pela TV Brasil em 2019. Também fez a série "Camões dos Lusíadas e dos Cordéis", realizada em Portugal e no Brasil, apresentada em rede nacional em 2014 pela emissora pública.

Episódio de estreia

A caminho de Bakatu, para onde está mudando seu domicílio eleitoral, Roque (Jorge de Paula) oferece carona a Alzira (Mayara Millane) que prefere seguir em sua bicicleta. O forasteiro chega na cidade e faz seus primeiros contatos com a população.

Na praça há uma apresentação de Ramon dos Bonecos, um brincante que, através de suas marionetes, faz críticas aos desmandos da administração municipal. Arquimedes (Giordano Castro), assessor do prefeito José Abelinto (Cláudio Ferrario), descobre as intenções políticas do forasteiro Roque e conta para o prefeito que se diz preparado para enfrentar quem quer que seja nas urnas.

Como estratégia para mostrar-se idôneo e bem-intencionado em seu propósito, Roque se aproxima de Alzira, moça inteligente, mas igualmente interesseira, no intuito de apresentá-la ao eleitorado como provável primeira dama.

Já a esposa do atual prefeito, Geninha (Lívia Falcão), vai à feira e procura, na barraca de Hilda (Lais Vieira), calcinhas sensuais para animar o marido, enquanto outras pessoas visitam a barraca da hábil feirante para adquirir outros produtos.

No final do capítulo, Padre Otelo chega a Bakatu e conversa com o prefeito José Abelinto sobre coisas estranhas que vê na cidade.