Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 24 de fevereiro a 01 de março

Share:

Divulgação Canal Brasil
Conheça os filmes em destaque na programação do Canal Brasil de 24 de fevereiro a 01 de março.

SEGUNDA-FEIRA, 24 DE FEVEREIRO

O HOMEM QUE DESAFIOU O DIABO (2007) (106’)
Horário: Segunda, 24/02, às 19h45
Classificação: 14 anos
Direção: Moacyr Góes

Sinopse: Zé Araújo (Marcos Palmeira) é um homem boêmio, que gosta de frequentar cabarés e ouvir cantadores de viola. Após tirar a virgindade de uma turca, ele é obrigado pelo pai dela a se casar. Durante anos Zé passa por seguidas humilhações, provocadas por sua esposa. Um dia, ao ouvir uma piada sobre sua situação, ele se revolta, destrói o armazém do sogro e ainda dá uma surra na esposa. Ao terminar ele monta em seu cavalo e parte sem destino, decidido a ter uma vida de aventuras. A partir deste dia Zé Araújo passa a ser conhecido como Ojuara, enfrentando inimigos e vivendo situações inusitadas.

TERÇA-FEIRA, 25 DE FEVEREIRO

MACHUCA (2004) (120’)
[Latinidades]
Horário: Terça, 25/02, às 22h
Classificação: 14 anos
Direção: Andrés Wood

Sinopse: Chile, 1973. Gonzalo Infante (Matías Quer) é um garoto que estuda no Colégio Saint Patrick, o mais conceituado de Santiago. Gonzalo é de uma família de classe alta, morando em um bairro na área nobre da cidade com seus pais e sua irmã. O padre McEnroe (Ernesto Malbran), o diretor do colégio, inspirado no governo de Salvador Allende decide implementar uma política que faça com que alunos pobres também estudem no Saint Patrick. Um deles é Pedro Machuca (Ariel Mateluna) que, assim como os demais, fica deslocado em meio aos antigos alunos da escola. Provocado, alguém segura Pedro por trás e um deles manda que Gonzalo o bata, que se recusa a fazer isto e ainda o ajuda a fugir. A partir de então nasce uma amizade entre os dois garotos, apesar do abismo de classe existente entre eles.

QUARTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO

ABRINDO O ARMÁRIO (2018) (91’) 
Horário: Quarta, 26/02, às 17h45
Classificação: 12 anos 
Direção: Dario Menezes e Luis Abramo

Sinopse: O documentário de Dario Menezes e Luis Abramo promove um mergulho no universo LGBTQ+ para entender como é ser minoria em um país com altos índices de violência e preconceito contra quem difere da heteronormatividade. A coprodução do Canal Brasil com a Luba Filmes conversa com homens gays, mulheres trans e drag queens de diferentes gerações e origens sociais, artistas famosos, militantes e anônimos para entender como eles lidam com a descoberta e a aceitação da sexualidade, a opressão religiosa e das famílias, a pouca representatividade, os episódios de intolerância vividos ao longo dos anos e como suas próprias personalidades tornaram-se constantes quebras de padrão. O filme propõe um amplo mosaico de entrevistados para possibilitar as mais diversas discussões sobre o assunto.

QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO

FAROESTE CABOCLO (2013) (108’)
Horário: Quinta, 27/02, às 20h05
Classificação: 16 anos
Direção: René Sampaio

Sinopse: João (Fabrício Boliveira) deixa Santo Cristo em busca de uma vida melhor em Brasília. Ele quer esquecer o passado repleto de tragédias. Lá, conta com o apoio do primo e traficante Pablo (César Troncoso), com quem começa a trabalhar. Já conhecido como João de Santo Cristo, o jovem se envolve com o tráfico de drogas, ao mesmo tempo em que mantém um emprego como carpinteiro. Em meio a tudo isso, conhece a bela e inquieta Maria Lúcia (Ísis Valverde), filha de um senador (Marcos Paulo), por quem se apaixona loucamente. Os dois começam uma relação marcada pela paixão e pelo romance, mas logo João se verá em meio a uma guerra com o playboy e traficante Jeremias (Felipe Abib), que coloca tudo a perder.

SEXTA-FEIRA, 28 DE FEVEREIRO

PRAIA DO FUTURO (2014) (106’) 
[Festival de Berlim]
Horário: Sexta, 28/02, às 23h10
Classificação: 14 anos
Direção: Karim Aïnouz

Sinopse: Donato (Wagner Moura) é um salva-vidas na turbulenta Praia do Futuro. Seu ofício nas areias gera grande admiração de Ayrton (Jesuíta Barbosa), seu irmão mais novo, orgulhoso das proezas do protagonista em evitar tragédias nos mares cearenses. Um dia, no entanto, a desgraça não é evitada e ele não consegue salvar um amigo de Konrad (Clemens Schick), um turista alemão em viagem ao Brasil. O contato com o europeu, no entanto, muda radicalmente sua vida; eles se apaixonam e Donato decide abandonar a vida nas ensolaradas orlas de Fortaleza para viver na fria e distante Berlim (Alemanha). Longe de sua realidade e de sua família, o personagem principal vai precisar colocar suas habilidades a seu próprio benefício, em águas muito mais turbulentas do que as das praias brasileiras.

SÁBADO, 29 DE FEVEREIRO

BIXA TRAVESTY (2019) (75’) 
INÉDITO E EXCLUSIVO
[Festival de Berlim]
Horário: Sábado, 29/02, às 23h10
Classificação: 18 anos
Direção: Kiko Goifman e Claudia Priscilla

Sinopse: Linn da Quebrada, cantora e ativista trans, faz de sua arte e da própria vida um ato político e libertário para a militância LGBTQ+. O documentário coproduzido pelo Canal Brasil em parceria com a Válvula Produções tem a performer como ponto central de uma discussão ampla sobre identidade de gênero, homofobia, fluidez sexual e padrões sociais, tudo isso a partir de uma mescla de momentos que vão desde a vida privada e caseira da artista, encenações em banheiros e saunas até os espetáculos extravagantes por ela realizados.

DOMINGO, 1º DE MARÇO

CORPO E ALMA (2017) (97’) 
ESTREIA
[Festival de Berlim]
Horário: Domingo, 1/03, às 23h10
Classificação: 18 anos
Direção: Ildikó Enyedi

Sinopse: Endre (Géza Morcsányi) é o diretor financeiro de um matadouro com um cotidiano nada emocionante. Sem família, com poucos amigos e uma deficiência física que o impede de mexer um dos braços, seus dias são passados em meio às carcaças do frigorífico em uma rotina exaustiva de trabalho. A contratação de Mária (Alexandra Borbély), recém-chegada inspetora de qualidade da empresa, lhe traz uma nova perspectiva de vida. A moça, bem mais jovem, tímida e com um comportamento robótico, altera o dia a dia da firma e, após um assalto no local, eles descobrem que estão tendo os mesmos sonhos, por pontos de vista diferentes: ambos imaginam que são cervos em meio à natureza.