Home Top Ad

Produção e uso da bioenergia no Brasil são pauta do Agro Nacional de sábado na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
O Agro Nacional que a TV Brasil exibe no sábado (15), às 7h, reapresenta as principais reportagens de 2019 sobre inovação na produção de bioenergia.

A canola é um produto tradicional no mercado norte-americano. Embora no Brasil esteja comumente associado a óleo de cozinha, tem se mostrado especialmente relevante na produção de biodiesel, bioquerosene e outros biocombustíveis.

Desde 2004, pesquisas da Embrapa buscam "tropicalizar" a canola (Brassica napus L.), até então mais afeita às regiões de clima temperado. No Cerrado, os resultados surpreendentes: cerca de três mil quilos por hectare (kg/ha). Hoje, os estudos da instituição visam a expandir a produção da canola para locais de clima Semiárido.

A equipe do programa visita ainda o projeto Conexão Mata Atlântica, que ajuda na preservação ambiental para produção agrícola nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. O produtor rural que preserva ou recupera esse bioma do sudeste brasileiro é recompensado pelo projeto.

Em outra reportagem, o Agro Nacional revela as novidades na produção caseira de biocombustível renovável. A empresa israelense Homebiogas criou um sistema que transforma resíduo orgânico em biogás, que pode ser usado em casas e restaurantes. Além de dar um destino melhor para o lixo produzido, a iniciativa contribui para a diminuição dos gastos com energia.

Uma fazenda em Brasília usa bioenergia na suinocultura. Ali, a criação de suínos está integrada com a agricultura, o que reduz custos. A fazenda produz desde o milho a ser utilizado na ração até bioenergia a partir dos dejetos.

Toda semana, o Agro Nacional apresenta reportagens sobre tecnologia para a produção, culinária, atrações turísticas do interior do país e a cobertura de feiras agrícolas. O programa vai ao ar aos sábados, às 7h, com reprises na madrugada de domingo para segunda-feira, às 4h.