Home Top Ad

Globoplay e serviços digitais da Globo adotam medida para garantir estabilidade do streaming

Share:

Divulgação Globo/João Cotta
'Amor de Mãe' terá todos os capítulos da primeira parte liberados para não assinantes

Pensando na preservação da infraestrutura da internet brasileira e para que mais pessoas tenham acesso aos seus conteúdos nesse período de expansão de consumo em streaming, o Globoplay e os demais serviços de vídeo online da Globo terão uma limitação na entrega de dados a partir desta segunda-feira, dia 23. A medida tem como objetivo gerar um perfil de consumo de tráfego mais conservador para evitar um possível colapso da infraestrutura de troca de tráfego público e também garantir uma experiência de qualidade em todas as plataformas.

Os perfis de resoluções mais altas como 4K e Full HD (1080p) serão temporariamente suprimidos. A maior resolução para conteúdos ao vivo e em VOD será a HD (720p). A taxa de bitrate praticada na resolução Full HD, de 5,8 Mbps, cairá para 2,8 Mbps na transmissão HD. Um capítulo de novela com 60 minutos de conteúdo em Full HD, que consumia 2,5 Gb, passará a requerer 1,2 Gb, uma economia de dados de 52%. A mudança nos perfis também alcança os produtos G1, Globoesporte.com, GShow e Globosat Play. A medida só afeta o tráfego de dados, não havendo limites para a quantidade de vídeos nem para o total de horas consumidas.

A decisão foi tomada após a observação de um grande crescimento nas curvas de consumo da Internet brasileira, como consequência do isolamento das famílias em suas residências. Medidas semelhantes já foram tomadas na Europa. A Globo espera que, no Brasil, seu movimento seja acompanhado por outros provedores de serviços na Internet, especialmente os de streaming.

“Esta é uma medida de solidariedade e responsabilidade”, diz Raymundo Barros, diretor de Tecnologia da Globo. “Temos que agir proativamente para evitar um cenário de colapso na infraestrutura da Internet brasileira num momento tão delicado, em que os serviços digitais são fundamentais para a população”.

O executivo pontua também que a limitação é temporária. “Tão logo a pandemia seja superada e consigamos obter novamente algum nível de normalidade e rotina nas nossas vidas, iremos reverter esta decisão para entregar, como sempre, a melhor qualidade possível para o nosso usuário final. É importante frisar que em plataformas como celulares e computadores, a mudança será imperceptível. Somente em smart TVs a partir de 65 polegadas é que os efeitos se tornam visíveis”, conclui.

A medida visa também a viabilizar o consumo de conteúdos do Globoplay em vídeo por mais brasileiros neste momento de crise, inclusive os não assinantes. Na semana passada, o serviço franqueou o acesso a 60 títulos infantis e a 14 juvenis, incluindo todas as temporadas de ‘Malhação’ disponíveis em seu acervo e séries como ‘Shippados’ e ‘Sandy & Jr’.

A partir desta segunda-feira, todos os capítulos da primeira parte de ‘Amor de Mãe’ também estarão disponíveis para não assinantes, bastando o preenchimento de um cadastro e a realização de login na plataforma. Desta forma, quando a exibição da novela for retomada, mais espectadores estarão atualizados com a trama.