Home Top Ad

No Mundo da Bola recebe duas jornalistas no Dia Internacional da Mulher

Share:

Divulgação TV Brasil
O programa esportivo No Mundo da Bola celebra o Dia Internacional da Mulher neste domingo (8), ao vivo, às 21h, na TV Brasil, com a presença das jornalistas Chris Mussi e Patricia Lopes no estúdio do tradicional debate esportivo. Elas participam do papo com o apresentador Sergio du Bocage e o comentarista titular Marcio Guedes.

A pauta traz a convocação da seleção masculina para as eliminatórias, a disputa da seleção feminina no Torneio da França, os resultados dos times brasileiros na Copa Libertadores da América, as partidas dos principais campeonatos estaduais pelo país, a Copa do Brasil e o mercado do futebol.

Um dos temas é a primeira convocação da seleção do técnico Tite no ano. Ele reúne 23 atletas para os primeiros jogos do Brasil nas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, de 2022. O país enfrenta a Bolívia, no Recife, no dia 27 de março, e o Peru, em Lima, no dia 31.

A mesa redonda exibida pela emissora pública também aborda a contratação do técnico argentino Jorge Sampaoli pelo Atlético-MG após demissão do venezuelano Rafael Dudamel que comandou o Galo por poucas semanas. O ex-treinador do Santos inicia seu trabalho no clube após o clássico mineiro contra o Cruzeiro.

A atração da TV Brasil adere à campanha "Março Azul Marinho" e, por isso, o No Mundo da Bola entra no ar com um laço em sua identidade visual na cor azul escura. A ideia da mobilização é incentivar a conscientização para a prevenção e o combate ao câncer colorretal.

Jair Pereira é entrevistado em série especial

Essa edição do programa esportivo também traz a primeira parte da entrevista exclusiva do técnico Jair Pereira que conversa sobre a carreira com o jornalista Sergio du Bocage durante o quadro "No Álbum da Bola".

Aos 73 anos, o experiente profissional também foi jogador e atuou como meia nos anos 1960 e 1970. Jair Pereira foi campeão brasileiro como atleta do Vasco em 1974. Após pendurar as chuteiras, o veterano se consagrou como treinador em uma carreira vitoriosa.

Jair Pereira deu o primeiro título mundial para a seleção brasileira sub-20, além de dois sul-americanos como técnico da Amarelinha. Foi campeão estadual por Paysandu, Fortaleza, Corinthians, Atlético-MG, América-MG e Cruzeiro.

Também ganhou a Taça de Prata com o Campo Grande e o título da a Copa do Brasil com o Flamengo. Jair Pereira está há quase uma década fora da rotina do esporte. Ele discute os desafios do futebol contemporâneo e reflete se há preconceito com profissionais da sua idade.