Home Top Ad

Acervo Musical seleciona trilhas sonoras sobre desilusão amorosa neste sábado na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
Um vasto repertório de composições históricas sobre corações partidos inspira o bate-papo dos apresentadores Bia Aparecida e Waldecir de Oliveira na edição inédita do programa Acervo Musical que a TV Brasil exibe sábado (11), às 21h. A produção resgata performances marcantes sobre o tema.

A série recorda clássicos do cancioneiro nacional que marcaram época como "Retalhos de cetim", de Benito di Paula; "Bye bye, tristeza", de Sandra de Sá; "Só louco", de Nana Caymmi; e "Tudo acabado" na voz da saudosa Ângela Maria.

A produção seleciona composições que se popularizaram pelas ondas do rádio e na tevê a partir de pesquisa no conteúdo de acervo preservado pela TV Brasil, com registros da antiga TVE do Rio de Janeiro, e da discoteca das Rádios MEC e Nacional.

Quem nunca sofreu por amor? Se tem uma dor que todo mundo sente é a dor de cotovelo. E é nessa vibe de corações partidos, mas cheios de amor ainda, que o Acervo Musical apresenta sucessos da música brasileira ao tocar em um assunto que rende muita canção boa.

Atualmente é o sertanejo universitário que se encarrega de falar sobre a chamada 'sofrência', mas outros gêneros como o bolero e samba também produziram obras que traduzem muito bem esse sentimento que parece não ter fim.