Home Top Ad

'É de Casa' fala do impacto da quarentena na Páscoa

Share:

Divulgação 
O momento é de isolamento social e reclusão. Mas em meio às notícias, dicas e atualizações sobre o novo coronavírus, o 'É de Casa' deste sábado, dia 11, sob o comando de Zeca Camargo, Patrícia Poeta e Ana Furtado, também vai falar de uma das datas mais celebradas no país: a Páscoa.  
 
Além de ser responsável pela reunião de família em volta da mesa do almoço, a data traz consigo receitas especiais para a ocasião. Pensando nisso, a repórter Duda Esteves vai ao mercado de São Pedro, em Niterói, no Rio de Janeiro, para mostrar o movimento e conversar com o diretor da associação de comerciantes do mercado, Atílio Guglielmo, cuja família tem um box de peixes no local desde 1969.  
 
Já em um mercado de São Paulo, Valéria Almeida vai mostrar o impacto da quarentena nas vendas de peixe, além de dizer qual foi a estratégia dos comerciantes para contornar a situação. A repórter vai falar ainda com compradores no local sobre a importância de manter a tradição em tempos tão peculiares.  
 
Entre as dicas do programa, André Curvello, acompanhado das filhas de 4 e 7 anos, vai falar da rotina durante este período e o que tem feito para entreter as meninas e evitar brigas entre as irmãs. Na parte da manhã, elas fazem o dever da escola, na parte da tarde brincam. E para este momento tão esperado pelas duas, o jornalista criou carimbos, instrumentos musicais de material reciclado, e stop motion com papel.  
 
Outra forma de entretenimento, mas em sua maioria voltada para os adultos, é a cantoria nas janelas. Patricia Fazan vai visitar um condomínio em São Paulo onde a prática virou febre entre os moradores. Ela vai conversar com alguns deles, além de acompanhar uma sessão de música pela janela.  
 
Em meio a tanta notícia triste sobre o COVID-19, uma matéria promete encher o coração do púbico de esperança. Por chamada em vídeo, os apresentadores vão conversar com Valdecir, de 62 anos, e Maria, de 52, que contrariam a doença e agora estão curados. Moradores de Penápolis, interior paulista, o casal passou quatro dias internado, ambos isolados, incomunicáveis e usando oxigênio. No dia da alta, eles saíram de mãos dadas e foram aplaudidos pela equipe médica e de enfermagem do hospital, cena que viralizou na internet e emocionou a dupla.  
 
E o 'Bem Estar' também vai levantar temas essenciais para o momento. Isolamento; máscaras; tratamento; saúde agora; ira, gula e preguiça estão entre os assuntos abordados no quadro, que entrará cerca de cinco vezes ao longo do programa.   
 
O 'É de Casa', amanhã, começará mais cedo, logo após o 'Como Será?', e seguirá por cerca de cinco horas no ar.