Home Top Ad

"Quarentena pra quem?" é o tema do Caminhos da Reportagem de domingo na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
O programa jornalístico Caminhos da Reportagem que vai ao ar no domingo (10), às 20h, na TV Brasil, revela as dificuldades de alguns grupos da sociedade para praticarem o isolamento durante a pandemia do coronavírus."Quarentena pra quem?" mostra que, se antes a distância social era imposta pela renda, saneamento básico, acesso à saúde e à educação, hoje as vielas das comunidades ficaram ainda mais estreitas.

De acordo com Instituto Locomotiva/Datafavela, 13,6 milhões de brasileiros moram em favelas. Brasileiros que dividem tetos inacabados onde quem tem uma laje para tomar sol se considera um privilegiado. 

Esta edição do Caminhos da Reportagem aponta que as famílias acostumadas a habitar e transitar em espaços contíguos agora se veem obrigadas a conviver 24 horas por dia. Para agravar a situação, ainda sofrem com o peso do desemprego.

Para as famílias do treinador de rubgy e fotógrafo David Pereira Martins Prates, da comunidade de Paraisópolis, e de Dante Nogueira, da Vila Curuçá, zona leste de São Paulo, o coronavírus já é um monstro que tem nome e rosto.

Não muito distante dos moradores de comunidades estão os imigrantes e refugiados que saíram de seus países de origem para uma sobrevivência possível no Brasil. Estavam se adaptando bem à nova vida, até chegar a pandemia, as contas do aluguel, água e luz, e também, a desocupação.

Durante entrevista à equipe do programa, Kofi, professor que veio do Togo, na África, Felicita Urbieta e Analia Ayala, do Paraguai, os venezuelanos Manuel Carvaval, Somny Garcia e Marifer Vargas, e Talal Al-tinawi, da Síria, mostram que, apesar do medo, vivem seu dia-a-dia com resiliência.