Home Top Ad

'Fantástico' celebra os 50 anos do título da Copa de 70

Share:

Divulgação Globo
Domingo, 21 de junho de 1970. No estádio Azteca, no México, a seleção brasileira conquistava o tricampeonato mundial. A goleada por 4 a 1 sobre a Itália garantiu o título, a Taça Jules Rimet, e consagrou Pelé como o craque da Copa. O ‘Fantástico’ deste domingo, dia 21, data que celebra os exatos 50 anos do triunfo histórico, revela curiosidades sobre uma das camisas usadas pelo Rei do Futebol na grande final. Ela pode ser vista no Museu do Futebol, em São Paulo, e de tempos em tempos precisa ser retirada da vitrine para “descansar”.
 
O repórter Renato Peters revela os cuidados com a relíquia e conta como é feita a manutenção da peça. “A mítica camisa 10 de Pelé tem tratamento de rainha. Ela fica exposta na posição vertical, o que pode fazer com que o tecido - de algodão - estique. Para evitar que isso aconteça,  ela fica oito meses em exposição e três em um quarto escuro, na posição horizontal. É o distanciamento social da camisa”, brinca Peters, que segurou uma réplica da camisa feita pela mesma fábrica da original, responsável pelas camisas da seleção brasileira de 1950 até a década de 70.
 
No terceiro episódio de “Como lidar?”, o humorista Paulo Vieira mostra que, após três meses de quarentena, os sentimentos já estão à flor da pele, e promove uma verdadeira conversa entre eles. “É um diálogo entre o ódio, a fé, a consciência, a vontade de viver, o bom senso e a ansiedade, calcado no momento que estamos vivendo”, adianta o humorista.
 
Já “Tradição de Risco”, produzida pela BBC, traz histórias extraordinárias sobre sobrevivência em condições adversas. A tradição de quase 200 anos de cultivar chá nas Planícies de Assam, na Índia, coloca os vilarejos na rota perigosa de manadas de elefantes selvagens, que matam cerca de 65 pessoas por ano na região. E em um dos lugares mais remotos da Sibéria, homens mergulham em águas congelantes em busca de presas de mamutes enterrados há milhares de anos.
 
O ‘Fantástico’ vai ao ar na noite de domingo, dia 21, depois do ‘Domingão do Faustão’.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.