Home Top Ad

Camila Queiroz se diverte ao rever os momentos marcantes de seu núcleo em 'Êta Mundo Bom!'

Share:

Divulgação Globo/João Cotta
Ela não perde um capítulo de 'Êta Mundo Bom!' no 'Vale a Pena Ver de Novo'. Na pele da ingênua Mafalda, Camila Queiroz esteve presente na maioria das sequências divertidas da trama de Walcyr Carrasco que envolvem o núcleo da fazenda. Pelas redes sociais, as pessoas voltaram a comentar com a atriz sobre o famoso 'cegonho'. Nesta semana, a família que criou Candinho (Sergio Guizé) se muda para o palacete de Anastácia (Eliane Giardini), já que a propriedade onde moram no interior de São Paulo está prestes a ir a leilão. Mafalda estará no centro de situações memoráveis da trama, como quando a família se senta à mesa para comer lagosta. Na entrevista abaixo, Camila relembra o trabalho e fala sobre sua rotina atual.
   
Entrevista com Camila Queiroz
A Mafalda é uma personagem muito divertida, e as cenas envolvendo o núcleo da Fazenda Dom Pedro II sempre rendem boas gargalhadas. Você também se divertia em cena? Conte um pouco da sua relação com esse núcleo.
Esse núcleo, com toda sinceridade, era realmente uma família. Quis levar todos para a vida. Era muito gostoso gravar as cenas, muito divertido e leve. Está sendo maravilhoso rever a novela.

Uma grande questão para Mafalda é conhecer o famoso "cegonho". Como foi construir essa personagem? As pessoas ainda comentam com você sobre o "cegonho"?
Aproveitei o meu sotaque do interior e me joguei de cabeça, inspirada nas minhas avós e em como elas viviam nessa época. Quanto ao “cegonho” realmente foi um grande sucesso, esse com certeza foi o assunto mais comentado durante a novela. Agora com a reprise de 'Êta Mundo Bom!' as pessoas voltaram a comentar bastante sobre isso. Me divirto muito!

'Êta Mundo Bom!' tem uma mensagem muito positiva, de esperança. Como você enxerga essa novela diante do momento que estamos vivendo?
"Tudo o que acontece de ruim na vida da gente é 'pra meiorá’”, esse é o lema da novela! Nada mais propício para o momento atual. Em meio ao caos, o que pode nos ajudar a sobreviver é a esperança de dias melhores. Sem esse sentimento, não haveria motivação. Espero que todo esses problemas  gravíssimos  que estamos passando sirvam para o aprendizado e evolução da sociedade. Também fico muito contente em saber que, em meio a tantas noticias ruins todos os dias, nós ainda conseguimos provocar o sorriso no telespectador. É gratificante.

Como tem sido sua rotina na quarentena?
Eu tenho feito de tudo um pouco, menos sair de casa. Eu e o Klebber (Toledo) estamos cuidando da casa toda, então isso acaba ocupando a maior parte do nosso dia, além das nossas quatro filhas de quatro patas (risos). Tenho feito exercícios, yoga e meditação… ajuda muito para aliviar o estresse.

De volta ao 'Vale a Pena Ver de Novo' 'Êta Mundo Bom!’ é escrita por Walcyr Carrasco, com direção geral e de núcleo de Jorge Fernando.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.