Canal Brasil homenageia Sérgio Ricardo

Divulgação Canal Brasil
Para homenagear o artista múltiplo Sérgio Ricardo, morto na última quinta-feira, dia 23, o Canal Brasil exibe, na terça, dia 28, a partir das 14h, o show “Cinema na Música de Sérgio Ricardo” (2019) (90’), uma celebração que une sua obra musical e cinematográfica e que conta com as participações especiais de Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Dori Caymmi e João Bosco. Na sequência, vai ao ar o clássico “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964) (119’), assinado por Glauber Rocha, cuja trilha sonora foi composta pelo homenageado.

Sérgio Ricardo participou de diversos movimentos culturais fundamentais para o país, como a Bossa Nova e o Cinema Novo. Além da forte veia musical, o cantor e compositor chegou a dirigir e atuar no cinema e na TV. No Terceiro Festival de Música Popular Brasileira, da TV Record de São Paulo, em 1967, Sérgio Ricardo protagonizou uma cena célebre ao quebrar seu violão e jogar na plateia após ser vaiado pelo público. O momento é parte do documentário “Uma Noite em 67” (2010), de Renato Terra e Ricardo Calil – que está disponível para aluguel nas plataformas NOW (NET/Claro) e Vivo Play.

A homenagem continua no Canal Brasil Play onde é possível, também para não assinantes, assistir a “Deus e o Diabo na Terra do Sol”; “Terra em Transe”; “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro”; e aos episódios dos programas “Arte na Capa” e “O Som do Vinil” dedicados ao artista. Este último, também estará disponível no YouTube.

Anderson Ramos

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato