Home Top Ad

Recordar é TV homenageia Luiz Melodia neste sábado na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
Em tributo ao cantor e compositor Luiz Melodia, que morreu há três anos, em 4 de agosto de 2017, vítima de um câncer raro, o programa Recordar é TV apresenta atrações do acervo preservado pela TV Brasil com a participação do músico neste sábado (1), às 20h30.

Autor de sucessos como "Pérola Negra", "Congênito", "Juventude Transviada" e "Magrelinha", o artista é lembrado no especial que resgata duas entrevistas que Luiz Melodia concedeu aos programas "A vida é um show" (2002), apresentado por Cláudio Lins; e "Por acaso" (2003), sob o comando de José Maurício Machline.

As produções foram ao ar pela TV Educativa do Rio de Janeiro e integram o vasto acervo televisivo que é mantido pela emissora pública. As entrevistas já podem ser conferidas pelos fãs no aplicativo EBC Play.

Na homenagem ao artista preparada pela TV Brasil, Luiz Melodia canta clássicos que marcaram seu repertório e revela passagens curiosas de sua carreira. O artista saiu de cena aos 66 anos, mas sua poesia ficou marcada para sempre na história da música nacional.

Durante o programa "Por Acaso", o músico conta a história do título da composição "Pérola Negra" no descontraído bate-papo com o apresentador José Maurício Machline e convidados à beira da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

"Quando eu compus a música o nome era 'My black, Meu Negro'. O Waly Salomão era muito meu amigo, como é até hoje, estava sempre no São Carlos, onde eu fui nascido e criado, e volto para visitar meus amigos. Ele deu a ideia de por o nome do Pérola Negra, um travesti chamado Edilson, que era meu amigo e já não é vivo hoje. A música aconteceu na voz de Gal Costa e ficou conhecida", explica o saudoso artista.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.